Como fazer um desapego em seu armário e melhorar a sua vida

Como fazer um desapego em seu armário e melhorar a sua vida
Desconheço a autoria - via tumblr


Confesso que sou consumista (não tenho orgulho disto e pretendo mudar o quanto antes), mas tenho uma qualidade: desapego com facilidade. Nem sempre fui assim e tinha um armário abarrotado de roupas, sapatos, agasalhos, bolsas e bijus, dos quais não usava nem 20%. Um dia, uma pessoa olhou uma blusa linda que estava no meu guarda-roupa e perguntou: “Você usou esta blusa no ano passado?” – eu disse que não – “Usou no ano retrasado?” – não – “Então pode estar certa que não vai usar este ano também”. Relutante eu tive que ver que estava na hora de aprender a desapegar.
Hoje, no meu armário tenho poucas peças com mais de três anos de uso.
Se você tem problemas de se desapegar do que não está usando, então aqui vão algumas dicas...

1) A primeira dica é aquela que já foi dita no início do post: Pergunte-se se você usou determinada peça no ano passado? Se a resposta for não a chance dela ir para o desapego é de 80%. Pergunte depois se você a usou no ano retrasado. Se também respondeu não, a chance de ir para o desapego é de 100%. Garanto que você não vai usá-la este ano também.

2) Desapegue pelo menos duas vezes por ano. Eu faço dois desapegos monstros: um no verão e outro no inverno. Não adianta querer doar roupas de frio em janeiro e nem biquínis em junho. Desapegue pensando que o que você não está usando pode fazer a felicidade de outra pessoa e ninguém vai ficar feliz com o seu cashmere na época do carnaval.

3) Desapegue por partes. Este ano eu comecei o meu desapego por roupas e depois passei para sapatos. Ainda faltam itens a serem completados, como bolsas e bijus. Não dá para desapegar de tudo ao mesmo tempo, daí eu fazer por partes. Este sistema sempre dá certo.

4) Desapegue daquilo que você gosta, que está inteiro, bonito e que vai ser recebido com carinho pela pessoa que vai ganhar.
Eu não me desapego de calcinhas sem fundo, roupas manchadas e nem desbotadas, sapatos sem salto. Isto é lixo e lixo não é desapego. Antes de ir para o desapego eu vejo se a peça está inteira e se está limpa.

5) Como escolher quem vai ser a beneficiária de seu desapego? Eu começo por minha filha. Se ela quer, ela leva. Depois passo para as amigas e colegas de trabalho. Tenho uma freguesa certa para os meus sapatos, pois ela é a única pessoa que conheço que calça o meu número. Minhas roupas eu normalmente dou para a minha funcionária ou para as colegas de serviço. Não gosto de dar minhas preciosidades para desconhecidas. Então na minha lista de beneficiárias estão as pessoas que eu amo. Faça uma lista de beneficiárias e assim você não terá a sensação de que está jogando fora suas coisas, mas sim passando algo que você gosta, mas não usa, para alguém que vai usar e gostar.

6) Sei que algumas das minhas beneficiárias não vão usar tudo que eu vou doar, então deixo claro que elas podem repassar o desapego para pessoas que elas gostem.

7) E o que fazer com aquilo que não está em bom estado de conservação? Eu tenho vergonha de chamar lixo de desapego e fazer com que uma pessoa use aquilo que eu não usaria, mas pergunto se querem explicando que não são peças boas. Se ninguém quer, embalo tudo limpinho e dobrado e coloco na frente de casa. Sempre passa alguém que leva bem feliz aquilo que não tem dono.

8) Não gosto de doar para instituições de caridade, pois não sei o que uma velhinha ou uma sem teto vão fazer em cima de um salto de 15 cm ou de uma blusa de renda com transparência nas costas.

9) Já vendi algumas roupas para brechós, mas se você optar por fazer isto, tenha em mente que o preço que irão pagar é simbólico. Que roupas vender para brechós? Aquelas roupas difíceis de usar, como vestidos longos sociais, por exemplo. Eu nunca usei um vestido social duas vezes, pois minha cidade não é tão grande assim e este tipo de roupa é muito marcante. Já me vi com meia dúzia de vestidos sociais no armário só ocupando espaço. Se você tem este tipo de roupa encalhada, sugiro que venda para brechós, pois dificilmente vai encontrar uma beneficiária que vai querer usá-la.



Espero ter ajudado a dar ânimo para você começar o seu desapego de 2014. Mãos à obra. Divirta-se esvaziando o guarda-roupa. Poder desapegar é muito bom, dá uma sensação de leveza e quando isto vai fazer outras pessoas felizes, é melhor ainda. Dizem que quem fica guardando o que não usa, empata a energia, não a deixa circular e conseqüentemente empata a própria vida. Hora de desapegar e deixar não apenas o seu armário mais limpo, mas também a sua vida melhor.



Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

53 comentários:

  1. Isso é algo faço seguidamente...Tenho uma norma.nADA ENTRA NO ARMÁRIO SEM QUE OUTRA SAIA.aSSIM, ESTOU SEMPRE DOANDO E PASSANDO ADIANTE...BEIJOS PRAIANOS, TUUUUUDO DE BOM,CHICA

    ResponderExcluir
  2. oi Betty,

    costumo fazer isso com frequência,
    não tenho nenhum apego,
    acho muito importante dividir com quem não tem e precisa...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  3. eu também desapego com facilidade! Dou à minha filha, irmã e a uma senhora que conheço com 3 filhas adolescentes que está desempregada e as miúdas vestem o meu número.

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Betty, eu pretendo desapegar de alguns vestidinhos que eu já fiquei cansada de usar, mas confesso que está difícil, rsrs
    Adorei as dicas,
    Bjs e um ótimo dia pra vc

    ResponderExcluir
  5. Bom dia querida . Estou precisando praticar o desapego aqui . Obrigado pelas dicas, adorei ! Bjs no seu coração .

    ResponderExcluir
  6. Betty
    Otimas dicas essas suas de desapego. Faço sempre desapego das roupas. Assim a energia do armário fica sempre boa
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  7. Oi Betty, também pratico o desapego com facilidade. Não adianta guardar o que não está usando.
    Abraços!!!!

    ResponderExcluir
  8. Tenho dificuldades para o desapego... E sinto que quanto mais me desapego de algumas peças, mais peças tenho para retirar dos armários. Já fui consumista e guardo coisas de décadas...

    ResponderExcluir
  9. Oi Betty... eu sempre desapego e nesta ordem também, no inverno e no verão, já fiz a minha limpeza de roupas e sapatos e as beneficiárias são as filhas da minha secretária, elas são pequenas e calçam meu número, o bacana é que eu já vi várias vezes elas usando o que eu dei... quando compro alguma peça e sempre tiro outra do guarda-roupa, esta é uma regrinha que anda funcionando por aqui... beijossse uma ótima terça-feira!!!

    ResponderExcluir
  10. Betty Minha Linda! Que dicas preciosas! Era o que precisava para fazer meu desapego... à 2 anos não faço, imagina como está meu closet! Amei as dicas! Vou fazer o mega desapego o quanto antes.

    Tenha um ótimo dia!

    Beijos, Linda! =)

    Cáhh Chaves.

    ResponderExcluir
  11. Bom dia flor do dia!
    Como sempre vc nos trazendo dicas preciosas, aderir com certeza, rsrs.

    Beijos, sucessos sempre ♥

    ResponderExcluir
  12. Oi Betty,

    fiz isso este ano, chamei minhas primas e elas voltaram prá casa com muitas sacolas cheias. Antes doava para as vizinhas entregarem para as igrejas que elas frequentam mas descobri que elas, mesmo tendo condições de comprar o que quiserem, ficavam com quase todas as peças. Então pensei, vou chamar minhas primas que precisam. Adorei a dica de doar no clima adequado.

    Bejim.

    ResponderExcluir
  13. Amei as dicas ...
    Eu sempre separo tudo e entrego para instituições ...

    Bjs ♥
    http://www.vintagefashion.com.br

    ResponderExcluir
  14. Bom dia, Betty. Sou adepta do desapego e também faço duas grandes doações no ano e outras esporádicas. Me sinto bem fazendo isso. E como vc, também tenho as pessoas certas para doar. Ultimamente tenho separado algumas peças para os bazares das instituições de caridade. Eu doo e as instituições vendem por preços simbólicos. É gratificante. A Aimê já está indo pelo mesmo caminho, ela própria separa as roupas, sapatos e brinquedos que não quer mais. Bjk

    ResponderExcluir
  15. Betty

    Temos que desapegar mesmo afinal não adianta lotar o guarda roupa, e deixar as peças embolorarem por falta de uso. E a cada ano é uma nova moda, as coisas mudam e a gente tem que acompanhar isso tb.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  16. kjhakhsjas. Isso é algo que eu estou realmente precisando fazer. Aqui em casa a gente nunca desapega de nada! :p

    ACESSO PERMITIDO. :3
    http://acessopermitidoblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Olá sempre faço uso do desapego, normalmente no mês de setembro e outubro. Confesso que para aprender desapegar foi dificil, mas não impossivel. Beijos.

    ResponderExcluir

  18. Betty,

    Desde dezembro ando adiando o meu desapego, espero fazer antes de fevereiro chegar...
    Bjo!

    ResponderExcluir
  19. Querida Betty, muito bacana o seu post. Eu faço aquele exercício de: estou precisando mesmo? usarei muito, pouco ou raramente? custo vale o benefício? Desapego com enorme facilidade por entender que um armário lotadinho eu acabo sem usar peças bacanas, então...

    Ri muito com a dica número 8 rsrsrssr e voce esta certíssima.
    Desapegar e consumir com criticidade são exercícios e como tal, precisam prática de fazer e refazer sempre até virar lugar-comum, habitué.

    beijo grande.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paula,
      Preciso fazer meu marido ler meu post e as respostas das comentaristas, pois está uma dureza fazer o homem desapegar!!!
      Bjs

      Excluir
  20. Oiiiii Betty, eu adoro fazer desapegos, pra sobrar espaço pro novo e tbm ver os outros felizes. Tenho muitas sobrinhas e amigas e repasso tudo pra elas, exceto peças com etiqueta que nunca usei e agora vendo no meu brechó online que fica dentro da minha loja virtual. Meu armário tem poucas peças, não deixo mais acumular nada, mas no passado já fui apegadíssima.
    BjoBjo;)
    Celina Alves
    Luxos e Luxos

    ResponderExcluir
  21. Desapegar é comigo, tenho muita facilidade!!Desço tudo do armário, coloco na sacola e doo!Minha mãe distribui para pessoas carente e alguns familiares.Não desapego só de roupas, também doo objetos de decoração que já não me agradam ou que não cabem mais lá em casa.ADORO!Meu marido é o contrário de mim, custa a doar algo, até sofre de pena...fica em dúvida, guarda por anos e não usa!Eu sempre doo as coisas dele escondida, e ele nem percebe, já que não usa, não lembra.Minha filha é como eu e meu filho é como o pai, super-apegado nas suas coisas.Bjs.

    ResponderExcluir
  22. Eu faço isso sempre! =)

    Um beijo, ♡
    Yasmin Christe
    http://fashionfinissima.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. ai amiga eu não me apego mesmo,.,.rsss acabei de fazer um desses de verão na semana que voltei de férias, mas tb j'á tenho' "!clientes" fixas,,rs deixo na minha irma, o que elas não querem, vai pra minha prima que tem um brechó na igreja, dai ela vende e usa o dindim pra comprar material escolar pros alunos da escolinha dominical dela..., as peças do meu filho já tem destino certo, ele tem um primo que e 1 ano mais novo, essas vao td pro primo. Agora to com o armário limpinho,rss ,bjs

    ResponderExcluir
  24. Estou precisando fazer um desapego.
    beijos

    ResponderExcluir
  25. haha eu sempre desapego! Mas sempre tb fico com coisas que não uso! :(
    Preciso melhorar isso, obrigada pelas dicas :DD

    Hoje já saiu post no blog :D Confere lá!

    Já curtiu a página do blog?
    Clica lá e me deixe feliz :DDD
    https://www.facebook.com/blogLadoDeDentro


    Beijo no coração, Nanda,
    http://lladodedentro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Estou sempre despegando e conferindo meu armário, mas tem algumas peças que teimam em ficar... kkkkkkk. Adorei as dicas.
    Bjos, Mari.

    ResponderExcluir
  27. OLá Betty.
    Estive a fazer isso no fim de semana, mas ainda não está tudo. E é uma sensação boa esses desapego.
    Beijinhos grandes.

    ResponderExcluir
  28. Oi Betty
    Eu também sou adepta do desapego, faço isto com frequência, não só em roupas, mas também, utensílios de cozinha, panos de prato, mas só faço doações daquilo que está em bom estado, o que está manchado, rasgadinho, coloco na coleta seletiva.
    Adorei este post, muito legal.
    Beijo e bom dia.

    ResponderExcluir
  29. Certeira como sempre, Betty!

    Desapegar é muito bom. Pratico isso tbm, não só com roupas e acessórios, mas tbm com materiais de artesanato e roupas de cama, mesa e banho. Algumas vezes acho que sou desapegada demais pq uma vez ou outra acontece uma situação onde eu poderia usar algo que eu dei, mas eu penso que o tempo e o espaço que aquele item ocupou não valia a pena guardá-lo e que a pessoa que pegou tbm fez bom uso dela. Bom, é um mal necessário pra quem desapega com facilidade, né?

    Abraço.

    ResponderExcluir
  30. Betty,
    de tempos em tempos pratico esse desapego, vejo peças que não uso ou não me servem e faço minhas doações.
    Big Beijos
    blog Lulu on the sky | participe da pesquisa de público| sorteio Intensy Modas
    OBS : não se preocupe se não conseguir me responder nesta janela do comentário no seu blog, estou com esse mesmo problema no meu quando vc comenta. :(

    ResponderExcluir
  31. Oi Bety, adorei suas dicas e tb tenho a minha listinha de quem doar primeiro, no caso minha filha e minha irmã, depois primos e minha vizinha que sempre me ajuda e pede para quando for doar algo ela quer, pois tem parentes que precisam, os meus parente mais carentes ficam em outro estado então eu so faço doação para eles quando vem alguém aqui, inclusive isso aconteceu recentemente.
    tinha separado muitas peças para tentar vender, mas quando vi uma prima minha dei logo tudo que lhe servia, ficaram poucas peças.
    Não tenho problema nenhum em desapegar nada! mas tenho uma peça que acho linda e já não uso há 2 anos e tra la la, pois acho ela chique para ser usada em qualquer lugar e além de tudo é para o Inverno!

    bjs

    Gélia

    ResponderExcluir
  32. Olá Betty! ^^
    Muito boas dicas, confesso que tenho imensas coisas no meu guarda roupa que nao uso e sei que nao voltarei a usar... :/

    *Obrigada pela ajuda no meu post <3
    *Beijinhos*
    Caty<3
    http://myfairytale4.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  33. Como já disse num post recente, não me apego a nada material.
    Descarto numa boa qualquer coisa que eu tenha, principalmente roupas.
    Tb tenho as pessoas que faço doações.
    Igualmente, como vc. primeiro são minhas filhas, depois colegas de trabalho.
    Tenho várias que usam roupas que doo. Mando emails para elas com o título de "bazar".
    Adoram, pois as roupas que levo estão em bom estado e são de boa qualidade.
    Como já disse, só tenho o necessário.
    Beijos, Betty.

    ResponderExcluir
  34. Geralmente faço antes do final do ano, mas acho que deveria fazer no mínimo duas vezes ao ano, como você disse. E não faço só no meu armário não...no do maridão e do filho também. Eu praticamente obrigo os dois rsrsrs...
    Muito legal o post Betty, adorei!
    Boa tarde amiga!
    bjus!

    ResponderExcluir
  35. Betty nao tenho muita facilidade de desapegar das coisa, mas ano passado tive que desagarrar rs
    de muita coisa,porque tinha tanta coisa, que acabava nao usando o que gostava, porque elas se perdiam, na multidão de coisa que não usava, mutas doei, outras eram quase novas, e vendi.
    desabarrotei o guara roupa e ainda ganhei uma grana extra.

    baci

    ResponderExcluir
  36. Betty
    Adoro desapegar, no final de ano, sempre faço isso! E eu vejo quanta coisa a gente guarda sem uso. Tenho uma filha que trocamos muita roupas, e qdo ela não quer passo para frente, sem dor.
    Bjos, Sheyla.

    ResponderExcluir
  37. Eu tb desapego das coisas com uma facilidade kkk
    Bju

    ResponderExcluir
  38. Olá Betty. Maravilha de post! Muitas pessoas precisavam ler esta postagem, viu? Tem gente que é tão possessiva aos bens materiais que chega a ser doentio.
    Nunca fui de me apegar às coisas. Minha mãe nos ensinou isto e agradeço a ela por ser assim.
    Inclusive, já fiz minha etapa de desapego neste final de ano e...noossa, como ficamos leves com tal gesto, não é mesmo?
    Bjs.

    ResponderExcluir
  39. Preciso urgentemente ter umas atitude...:), faço mas ás vezes e qd vejo estou cheia novamente!
    Quelida, estava de férias e agora de volta, atualizando minhas visitas tão carinhosas...
    Obrigada pela visita...♥♥♥
    Beijos Coloridos!♥♥♥

    ResponderExcluir
  40. Oi Betty!
    Também sou consumista, mas ando melhorando muito, graças à Deus. Meu armário só tem o essencial e quando vejo que coloquei nele algo que não estou usando, penso em alguém que irá se beneficiar e passo adiante. Antes deixava acumular e era aquele stress na hora de arrumar o armário...nada como a maturidade! adorei o post, achei de grande valia! parabéns! beijos e boa semana!

    ResponderExcluir
  41. Adorei as dicas, Betty! Logo colocarei em prática!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  42. Oi Betty,
    Acabei de fazer uma faxina na casa inteira, não ficou uma gaveta nem porta de armário sem passar por uma boa revista. Desde os guarda-roupas até a cozinha!
    Não sou consumista, pelo contrário, se tem um programa que eu não curto é “compras". Gosto de coisas boas e que durem, mas mesmo assim a gente sempre tem mais do que precisa. Mando tudo para uma instituição de caridade que tem um bazar super legal, toda a renda é revertida para as obras sociais.
    A sensação de bem estar e leveza no final é maravilhosa! Enquanto a gente organiza e se livra do que não usa mais no mundo externo, o mesmo acontece por dentro. Vão se abrindo espaços dentro da gente para o novo…
    Bjs querida

    ResponderExcluir
  43. Betty, vou te dar uma sugestão, semelhante a um brechó mas mas simples e talvez mais rentável:
    https://www.facebook.com/groups/535316203223195/

    Trata-se de um grupo do Facebook, de troca e venda de desapegos.
    De repente te interessa...
    beijossss

    ResponderExcluir
  44. Oi Betty,
    Faço este desapego sempre que entra umas pecinhas no armário.
    Beijocas

    ResponderExcluir
  45. Oi Betty

    Acho que a pergunta da primeira questão é sempre fundamental que ela seja respondida para notarmos que alguma peça precisa ser doada.
    Eu tenho uma regra principalmente qndo se trata de calças jeans: sempre que eu compro uma calça nova eu me desapego e dou alguma outra que eu já tenha e não estou usado!
    Outra dica preciosa é doar somente peças em bom estado. Como vc bem falou, lixo deve ir para o lixo e não ser doado!

    Super bjos
    http://www.i-likemovies.com

    ResponderExcluir
  46. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  47. Oi Betty, ótimo post, bem motivador.
    Mesmo achando difícil desapegar, eu faço isso sempre que compro algo novo. Entra uma peça ou calçado e sai uma também. Meu consolo é que eu dou para pessoas que eu gosto e cada peça é dada de acordo com o que eu conheço da pessoa.
    Desapegos monstros, como você disse, eu também faço no início do inverno e no início do verão. Mesmo assim, ainda acho que eu deveria desapegar mais...
    Beijos,
    www.viagensebeleza.com

    ResponderExcluir
  48. Eu sempre faço uma mudança no guarda-roupa nas estações do ano, então acabo praticando desapego mais de duas vezes por ano! Se eu tivesse mais dinheiro acho que seria bem mais consumista, mas sou BEM contida por ser estudante/universitária/sem nada no bolso


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
  49. Olá Betty, engraçado hoje eu estou disposta a dar uma revirada no meu armário, e dou de cara com este post , adorei, vou correndo lá começar o desapego. Parabéns ótimo post, bj no seu coração.

    ResponderExcluir
  50. Volta e meia faço uma limpa em minhas roupas e na casa em geral. Adoro! Não tenho apego a nada material. E também gosto de ficar mudando alguns móveis de lugar, pois acredito que tudo aquilo que não me move, que fica parado por muito tempo em um único lugar vai acumulando energias negativas. Passei muitos anos mudando constantemente de casa, cidade, país (devido ao trabalho de meu marido). Era a casa estar pronta, decorada e lá íamos nós, rumo a outro destino. Acho que isso também me ajudou a encarar o desapego com mais sabedoria. A única coisa que realmente sinto um pouquinho são meus sapatinhos...
    beijo querida
    Denise - dojeitode.blogspot.com

    ResponderExcluir
  51. Eu tô desapegando em média de 3 em 3 meses, porque meu armário não aguenta... primeiro, vai tudo para família, hehehe! =*

    ResponderExcluir

Voltar ao topo
© Gosto disto!
Todos os direitos reservados.
Personalizado por: Elaine Gaspareto
imagem-logo