Cheiros e Lembranças

Cheiros e Lembranças
Imagem via tumblr, desconheço a autoria


Na semana passada, o diretor da repartição em que eu trabalho disse que estava sentindo “cheiro de Natal”. Como assim? Cheiro de peru ou chester assando. Daí caiu a ficha. Duas colegas de trabalho, que sempre saem na hora do almoço, resolveram ficar naquele dia e preparar o almoço na cozinha da repartição. Elas estavam assando um frango. Foi dali que veio o “cheiro de Natal”.

Quantos e quantos cheiros não nos trazem lembranças deliciosas, aquelas lembranças morninhas, que moram no fundo do coração e quem vêm à tona com uma lembrança olfativa querida?

Toda vez que sinto o cheiro do “Paris”, da Yves Saint Laurent, eu sinto minha mãe por perto. Este era o perfume que ela usava, forte e intenso, como ela era.

Cheiro de lavanda me lembra do meu tio Ulisses, que era casado com minha tia e, depois que enviuvou, casou-se com minha mãe (a história é muito comprida para contar por aqui, mas eu tive um tio-padrasto, que era um amor de pessoa).

Eu não consigo me lembrar do cheiro do meu pai, embora ele fosse uma pessoa que adorasse perfumes, tinha o mau hábito de misturar todos os perfumes que encontrava em cima da penteadeira de minha mãe. Para ele valia tudo, perfume masculino com feminino, dois ou três perfumes de uma vez só. Você já deve estar imaginando que ficava um horror, e ficava mesmo.

Minha madrinha de crisma era também a governanta de minha casa e usava um perfume da Avon chamado “Toque de Amor”. Eu comprei um frasco deste perfume e tenho guardado no fundo do meu guarda-roupa. De vez em quando eu abro o vidrinho só para sentir minha madrinha por perto.

Sentir o cheiro das pessoas que eu amo, de certa forma, traz elas de volta para mim.

Alguns perfumes me remetem a lugares que fui. Fui a um Congresso de Direito Trabalhista em Cuba e comprei o perfume “Lumiére”, da Rochas, por lá (acho que este perfume nem existe mais), mas para mim ele tinha cheiro das praias de Varadero.

Eu sou capaz de seguir uma pessoa só por ter gostado do cheiro dela e perguntar que perfume é aquele que está usando.

Uma vez desci em um posto de gasolina para pagar com o cartão (não tinha maquininha portátil ainda), de repente senti um perfume suave e delicioso. Perguntei para o frentista de onde estava vindo aquele perfume e ele me indicou uma mulher, com um vestido verde menta e me disse que ela era médica. Larguei tudo, eu precisava saber que perfume era aquele: “Amarige”, da Givenchy. Não sosseguei enquanto não comprei, mas toda vez que usava parecia que o cheiro não era meu, mas sim daquela mulher do posto de gasolina.

Eu adoro perfumes e tenho trocentos. Não chego a fazer como meu pai, de usar vários ao mesmo tempo, mas, por não ser fiel a nenhum cheiro, não tenho uma marca registrada aromática, como minha mãe tinha com o “Paris”.

Se você for daquelas que adora perfumes e tem uma boa memória olfativa, assim como eu, vai entender bem o que estou falando e não vai se assustar se um dia, a louca aqui, sair correndo e abordar você, só para saber que perfume você está usando.


Você tem algum cheiro que traga alguma lembrança especial para você?



Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

42 comentários:


  1. Betty,

    Um rapaz na adolescência chamava minha atenção pelo cheiro que deixava nas escadas séculos depois de ter passado por ali, ele usava Monsieur Gucci... rsrs
    Bjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tb lembro de um cara que usava Capitan Molineux, ele passava e deixava um cheiro delicioso.

      Excluir
  2. Betty,cheiro mexe muito com agente mesmo,...cheiro de biscoito de polvilho,de lavanda, e rosa,remete a minha avó,ate hoje sinto ela perto de mim,principalmente quno estou no meu jardim...e tantos perfumes reporta-me a alguem...lindo dia querida,beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Ah, Betty, tenho vários! Sou assim também: outro dia descobri um perfume que me lembra meu pai, outro que era o cheiro da penteadeira da minha avó... o perfume do dia do meu casamento nunca vou me esquecer, e por aí vai. Nossa memória olfativa nos faz reviver os melhores momentos da vida!
    Beijos,


    Luciana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu,
      Fiquei curiosa para saber qual era o perfume do seu casamento...

      Excluir
  4. Há cheiros que deixam marcas, nos fazem voltar o nosso "filme" Lindo te ler! bjs,chifca

    ResponderExcluir
  5. Não há lembranças melhores que esta, eu amo estes cheiros que me transportam à minha infância principalmente.
    Já fiz isto várias vezes, adoro cheiro adocicado e de flores, outro dia alguém entrou no salão que eu estava com este cheiro não aguentei e perguntei é FLORATA? E era pq ganhei por adorar cheiro de cerejeira, mas em mim não ficou legal, pq tem isto tb. E era e eu amei o cheiro que ela tinha...kkkk
    Ótima quarta-feira para vc!
    Obrigada pela visita.
    Beijos Coloridos!♥♥♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece que têm cheiros que não são feitos para a gente. Eu não me dou bem com cheiros cítricos.

      Excluir
  6. Adoro gente cheirosa marcando presença, mas não tenho memória olfativa para perfumes. Tenho sim, para cheirinho de pão assando que lembra minha mãezinha, cheirinho de lavanda na casa... Tudo de bom! Bjs

    ResponderExcluir
  7. Ai Betty! Acho que até fiz um post sobre minha "memória olfativa" também! Enfim, eu amei a postagem, e sou como você, primeiro, amo perfumes. Segundo, me trazem recordações de pessoas, momentos, lugares. Terceiro...eu também vou atrás das pessoas e pergunto que perfume é aquele!

    Ahh, tenho diversos cheiros marcantes, mas vou citar um que sempre foi incrível pra mim: hidratante nívea da latinha. Minha mãe usava muito quando eu era criança... e eu amava sentir aquele cheirinho pela casa, inclusive uma vez que ela viajou com meu pai, e eu morri de saudade.

    Depois de grande passei a comprar aquela latinha de nivea, mas foi só por um tempo. Para reacender as lembranças!

    :**

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Preciso cheirar o hidratante da Nivea de latinha (que é ótimo), pois faz tempo que não uso e não me lembro mais do cheiro, lembro só que gostava.

      Excluir
  8. Tem vários cheiros que me lembram pessoas, cheiro da minha mãe, cheiro de vó, cheiro de filha, cheiro do namorado...rsrsrs
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Betty, my darling, então somos 2! Também tenho minhas memórias olfativas e adoro todas as vezes que cheiros me levam à lembranças.
    O cheirinho do Chanel no. 5 e do creme Nívea são da minha mãe, assim como um perfume leve de lavanda é da minha madrinha querida. Cheirinho de shampoo Bebê da Granada me leva diretamente ao maridão, que cheira a neném =0)

    Certa vez fui perguntada no metrô sobre meu perfume (Karma da Lush) e me senti lisonjadíssima com o que ouvi, que estava deixando o local com o "melhor cheiro que senti até hoje" (o Karma tem essas atrações mesmo hehehe) e por minhas colegas de trabalho que sempre diziam "a Paula já chegou! Esta tudo cheiroso aqui".
    Bom ouvir essas coisas, não é?!
    Beijo grande.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paula,
      Qdo eu era adolescente, meus pais foram para a Europa e eu pedi para que me trouxessem o Chanel nº 5 (perfume da Marilyn, não é mesmo?) e eles me trouxeram vários vidrinhos de extrato. Guardei tanto, com medo que acabasse que perdi uns 2 vidrinhos, pois o líquido acabou virando um óleo grosso.
      Eu tb sou conhecida aqui no trabalho pelos meus perfumes e meus colegas costumam dizer que sabem qdo eu cheguei pelo meu cheiro.

      Excluir
  10. Ah, tenho vários, mas o mais marcante é o cheiro do creme Nívea, lembra um surfista que namorei em um verão na minha adolescência...é sentir e lembrar dele.Eu também não sou fiel a perfumes, vivo trocando, pois fico enjoada!Meu marido é como o seu pai, cada dia usa um perfume.A mãe dele viaja e traz um, depois outro e lá vai ele usando todos.Minha avó materna não usava perfume, mas o cheiro dela ficou em mim..é lembrar dela e sentir o cheiro da vó! E tem tantos outros cheiros que me trazem recordações! De ex-namorados, são os que mais recordo...acho que eles usavam perfume demais!A memória olfativa é uma marca das mulheres, acho que os homens não tem isso muito presente.Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI RÔ,
      Acho que existem homens com uma memória olfativa poderosa, veja que este post começou por causa do Diretor de minha repartição que sentiu "cheiro de Natal".

      Excluir
  11. Bom diaaaaa!
    Nada melhor que o cheiro da minha mãe, do meu pai, da minha avó materna.
    Cheiro de Giovanna Babby da minha prima Débora.
    Sabonete phebo do meu pai, rsrs

    Bjs, sucessos sempre ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Andréa,
      Cheiro de sabonete da Phebo me lembra da minha avó materna.

      Excluir
  12. Betty, vários! Memória olfativa é um negócio muito forte mesmo!
    bjs


    www.digoporai.com

    ResponderExcluir
  13. Betty,

    rsrsr Interessante teu texto, pois hoje mesmo no metrô , uma senhora sentou ao meu lado com um cheiro maravilhoso e só sosseguei quando perguntei qual era.. rsrs Outro , foi a mãe de uma colega da minha filha, que perguntei e esse corri pra comprar, mas tá fechado ainda, é o" I love love " da Moschinno. E o cheiro de jasmim, me lembra a época natalina... Todos da minha família , dizem que eu tenho um nariz bom tanto para cheiro quanto para mau cheiro rsrsrsrs Tem coisas que ningué sente,que eu já sinto há séculos.

    Bjos,
    Sheyla.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sheyla,
      Eu tinha um nariz ruinzinho, até que parei de fumar e virei um perdigueiro!

      Excluir
  14. O Rive Gauche lembra-me sempre o toucador da minha mãe

    ResponderExcluir
  15. Amei sua crônica, aliás, amo seus posts, todos!Também, gosto de ler os comentários...
    Amei ver como o creme Nívea, fez parte na vida de tantas queridas, pois na minha não foi diferente...
    Ainda adolescente, disse ao meu namorado - namorico que tive, bem rápido, que amava creme Nívea, o da latinha, bem pequena, azul...rsrs
    Na outra semana, quando foi me ver, pois só nos encontrávamos nos finais de semana, ele chegou com 2 caixas, contendo cada uma mais de 20 latinhas...
    Olha, até hoje, não suporto sentir o cheiro de Nívea...
    O namorico??Acabou!!Não por causa do creme, claro, pois eu o adorava.
    Enjoei do namorado e do Nívea...Coisas de adolescentes1!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lídia,
      Ri muito com as duas caixas cheias de latinhas da Nivea!!! Pode não ter dado certo, mas bem que ele tentou ser o homem da sua vida.

      Excluir
  16. Oi Betty!
    Eu tb adoro perfume e uso o Angel, de Thierry Mugler - um cheiro bem polêmico, mas eu amo! Tb tenho o Chanel Mademoisele e o J'adore, da Dior, mas nunca uso. O meu cheiro mesmo é o Angel. Durante o dia uso o Thaty, do Boticário, o mesmo que minha mãe usa.
    Tenho uma péssima memória olfativa, então não consigo lembrar de um cheiro específico que me lembra alguma coisa do passado...
    Bjos! Saudades daqui!

    ResponderExcluir
  17. sei bem como e isso amiga, se algum homem passar por mim com o perfume do meu pai com certeza vou lembrar dele na hora.,..lembro mt das pessoas pelo perfume delas, e adoro gente perfumada, eu adoro, mas uso um de cada vez ate acabar o vidro todo, depois troco, bjsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não consigo esperar o vidro acabar, pois sou novidadeira e vou comprando novos perfumes.

      Excluir
  18. Boa noite Betty
    Por incrível que pareça o cheiro que eu tenho na minha memória é o perfume do meu 1º namorado, uma fragrância gostosa que eu sentia nele, em suas mãos e depois passava para as minhas.
    Meio estranho mas é isto aí.
    Beijo

    ResponderExcluir
  19. Menina, que post lindo! Uma crônica deliciosa.
    Que coisa chique: governanta e tio-padrasto, isso dá um romance dos bons.
    Eu também sou ligada em cheiros, tenho várias memórias olfativas: café recém coado e bolo de fubá saindo do forno à tarde na varanda com meus avós vendo o entardecer, o perfume do meu marido, o cheiro do shampoo no cabelo do meu filho…
    meus perfumes preferidos são os naturais: rosas e flores em geral, lavanda, erva-cidreira, manjericão, alecrim e sálvia. Não posso passar na frente de um jardim com rosas que tenho que parar para cheirar pelo menos uma, jasmim então…
    Tenho todas as ervas plantadas em casa e começo meu dia regando, conversando com elas e aspirando seu perfume, que pela manhã é bem mais intenso. Aí, vou trabalhar feliz!
    Até hoje, só encontrei um perfume que me agradou, da Givenchy, mas não era esse que você mencionou (vou até procurá-lo para ver se gosto), mas ele saiu de linha e desde então meu perfume é uma gota de óleo essencial de lavanda ou de flor de lótus no peito.
    É incrível, ele vai se misturando com nosso cheiro e fica tão suave, as pessoas me perguntam que perfume é esse, que é uma delícia, e quando digo o que é ninguém acredita!
    Nossa, falei demais…
    Bjs querida, boa semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cris,
      Não falou demais, não! Poderia ter falado muito mais.
      Dos perfumes naturais que amo é o da "Dama da Noite". Meu marido plantou uma no jardim do fundo de casa para eu sentir.
      Se eu contar que minha madrinha-governanta falava francês, será que fica mais chique ainda?
      :D

      Excluir
  20. Oi Betty!

    Ah, você agora tocou no meu ponto fraco: aromas. Eu sou super ligada em cheiros e eles sempre me trazem lembranças. Moro em uma rua muito movimentada, mas mesmo com todo o movimento eu sinto vários perfumes no ar. Gosto de ficar na janela e muitas vezes vou apenas atrás de um aroma gostoso.
    Engraçado é que justamente agora não consigo lembrar direito para contar "qual me lembra quem", mas também lembrei de um perfume que já não deve existir mais "Aura" - acho que era da Fiorucci- mas que uma amiga querida usava. Outro dia tive a sensação de sentí-lo novamente e fui andando na rua para tentar descobrir de onde vinha, mas o namorado me fez desistir da andança,rsrs.
    Eu sempre fui apaixonada por perfumes tinha muuuuitos (mesmo!) Inclusive o Amarige, mas o que mais me marcou foi um que minha irmã usava e depois eu "adotei" era Cialenga de Balenciaga, mas era tão difícil de achar! Nem sei se existe mais. Infelizmente por causa da minha alergia parei de usar perfumes ( me dá dor de cabeça), joguei quase todos fora, guardei alguns como lembrança, mas não uso mais...sinto uma falta!
    Óia, tá vendo, se deixar eu escrevo um livro! rsrsrs

    Beijos, Renata
    palpitandoemtudo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Re,
      Obrigada por ter compartilhado o meu post no FB.
      Que pena que vc não pode mais usar perfumes!!! Puxa, minha vida ficaria um pouco menos colorida se me acontecesse uma coisa dessas!

      Excluir
  21. Betty querida!
    Que postagem maravilhosa, não tem como não gostar, não é mesmo? memória olfativa, um sentido tão pouco explorado e tão presente nas nossas vidas...os aromas nos remetem a lugares muito distantes, mas muito vivos dentro de nós! eu quando sinto o cheiro da "mimosa", me sinto criança outra vez...era a árvores que estava na janela do meu quarto e quando florescia, perfumava todo o meu quarto...adorei! beijos e boa noite!

    ResponderExcluir
  22. Tenho sim... Coquinhos de árvores 7 copas me lembram infância. Minha casa tinha uma enorme em frente e eu brincava de criar monstro nos com palitos de dente nos coquinhos kkkkk

    bjs

    ResponderExcluir
  23. Oi Betty,

    interessante o assunto de seu post de hoje, adorei! Sinto sim certos odores e me lembro da pessoa, da época, é muito bom.

    Beijão,
    Lu

    ResponderExcluir
  24. Oi Betty, tem umas pessoas que tem um cheiro tão incrível, minha avó paterna tinha cheiro de talco, era tão gostoso que quando penso nela sinto o cheirinho também... beijosss!!!

    ResponderExcluir
  25. Oiiii Betty, esse Toque de Amor fez história heim?! minha mãe usou muito na época. Eu super tenho essa coisa de lembrança olfativa.
    BjoBjo;)
    Celina Alves
    Luxos e Luxos

    ResponderExcluir
  26. Olá minha querida Betty!
    Aaah, cheirinho da casa da vovó sempre traz lembranças, né!? Adooro :)
    Mil beijos, saúde e sucesso sempre.
    Layla da Fonseca | Coisa de Menina

    ResponderExcluir
  27. Amo essa coisa de cheiro Betty, e tenho mtoss perfumes...claro que tenho alguns que gosto mais, alguns enjoei enfim....mas nao sou fiel a um só perfume, uso vários.....e eu pergunto mesmo esmalte, que perfume vc ta usando hahahaha rs, essa sou eu.

    tive amarige, adorava foi meu primeiro perfume importado, comprei a mais de 10 anos atras;

    bjo

    ResponderExcluir
  28. Betty,também tenho alguns cheiros que remetem a algumas lembranças.
    beijos

    ResponderExcluir
  29. Cheiro de hotdog me lembra a quinta série, quando jogava pokemon yellow e comia meu hotdog frente ao pc.

    ResponderExcluir
  30. Betty, querida, que post mais lindo! Uma crônica sobre memória olfativa, um assunto que me agrada demais, pois acho que é um tipo de memória muito suave e, simultaneamente, poderoso. Cheiro de Natal para mim é cheio de brinquedo novo. Sabe aquele cheiro de boneca de borracha novinha? Aquele. Amo!
    Já usei o Amarige, mas como você eu não tenho um perfume pessoal, que me identifica, Gostaria de ter, mas talvez eu seja volúvel demais e goste de me surpreender com novas fragrâncias.
    Parabéns pelo texto lindo!
    Abraço,
    Jussara - minasdemim

    ResponderExcluir

Voltar ao topo
© Gosto disto!
Todos os direitos reservados.
Personalizado por: Elaine Gaspareto
imagem-logo