Os conselhos de nossas mães


.
Yvette Inufio


Como já andei falando aqui, li e adorei Como ser uma parisiense em qualquer lugar do mundo. O livro não é apenas sobre moda, mas sim sobre estilo de vida e virou livro de consulta para mim.
Separei este capítulo sobre os conselhos de nossas mães, pois todo mundo sabe que mãe adora dar conselhos (a minha adorava) e depois que a gente vira mãe, incorpora uma conselheira rapidinho.
As mães francesas não são diferentes de nós e, embora eu não concorde com todos os conselhos das mães francesas, eles não deixam de ser interessantes.
Vamos a eles...


* Esteja sempre preparada, ele pode estar na próxima esquina.
Minha mãe era ciumenta demais para desejar que o homem de minha vida estivesse na próxima esquina, mas ainda assim falava para eu estar sempre preparada, imagine ser atropelada e ao ser levada para o hospital, todo mundo ver que eu estava com uma calcinha furada! Minha mãe era bem dramática.

* O amor, por si só, nunca é suficiente. É preciso dedicar-se.
Não recebi este conselho de minha mãe, mas concordo com ele. Aprendi isto com o tempo.

* A idade nunca deve ser uma desculpa para ir dormir cedo.
Gostei deste! Por que será que minha mãe nunca me deu um conselho deste? A sua mãe deu algum conselho assim para você? Acho que não...

* Seja independente financeiramente, para que todos os amores sejam verdadeiros.
Acho que é o melhor conselho que uma mulher pode dar ou ouvir.
Eu fui criada para ser independente financeiramente. Minha avó trabalhava e sustentou duas filhas sozinhas, ela era música e bacharel em letras. Minha mãe era médica. Eu não tive a chance de virar madame, pois não me criaram pra isso. Prezo muito minha independência financeira e criei uma filha que também é dona do seu nariz e da sua conta bancária.

* Quando vocês não quiserem mais se se amar, vocês ainda estão apaixonados. Quando vocês ainda quiserem se amar, vocês não estão mais apaixonados.
Será que eu entendi direito? Não acho que amar seja uma questão de querer.

* Se for para ser, ele vai voltar correndo.
Acredito muito nisto. Não adianta ficar correndo atrás de alguém que não quer você. Deixe quem não se interessou por você, livre para ir, pois só assim você deixará espaço para a pessoa certa chegar. E ela vai chegar, pode crer.

* Não é porque temos só uma vida que precisamos ter medo de estragá-la.
O bom da vida é que ela sempre admite consertos, por maior que seja o erro. Minha mãe sempre dizia que "na vida tudo tem jeito, só não tem jeito para a morte".


Qual o melhor conselho que você ouviu de sua mãe?


Beijinho da blogueira

Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

26 comentários:

  1. Oi Betty, bom dia!
    Não só a minha mãe, mas tbm meu pai, eles me davam muitos conselhos. A minha mãe sempre foi de falar mansinho, baixinho, já meu pai sempre foi de falar mair forte, duro, ele era mais enérgico e talvez por isso eu me lembre mais dos conselhos dele e ele sempre me dizia: nunca chore por homem nenhum, nunca se deixe levar por ninguém, seja vc mesma sempre, se tiverem que te amar, vão te amar pelo que você é...", meu pai falava por longas horas e até dias sempre a mesma coisa, até hoje entre a minha família, dizemos que meu pai não falava, ele dava palestra, rs, mas dizem que a repetição é o início da sabedoria, acho que foi ele que criou essa frase, rsrs.
    Com a minha mãe eu aprendi a dialogar sempre e brigar jamais!
    Sábios conselhos, Betty!
    Bjs =)

    Vivendo e Aprendendo
    Fotos e Prosas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Betty, voltei para te agradecer pela visita ao Fotos e Prosas! Um espaço criado para os meus devaneios, rsrs.
      Bjs =)

      Vivendo e Aprendendo
      Fotos e Prosas

      Excluir
    2. Oi Si,
      Gostei do cantinho, não sabia dele.
      Bjs

      Excluir
  2. oi Betty,

    por incrível que pareça,minha mãe sempre falou muito pouco,
    não me recordo de nenhum conselho não...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Betty!
    Conselhos de mãe são como preces, nunca falham.
    A minha mãe sempre me deu conselhos, principalmente para não dar ouvidos à fofocas.

    Um grande beijo, sucessos sempre! ♥

    ResponderExcluir
  4. Adorei e dar conselhos aos filhos é a coisa mais importante da vida. Nos leva lá trás quando as mães sabiam quase tudo que diziam.
    Hoje já velha vejo o quanto minha mãe estava certissíma.
    Amei seu post.
    Ótima 4ª feira para vc!
    Obrigada pela visita
    Beijos Coloridos em 2015!!!♥♥♥
    http://www.unhassemprecoloridas.blogspot.com.br/ ( não tenho hábito de colocar endereço, mas me informaram que meu perfil está dando erro, me desculpe isto é para facilitar)

    ResponderExcluir
  5. Nossa Betty!

    Os conselhos que sua mãe te dava são os mesmos que a minha avó deu a minha mãe..e assim ela deu para mim e meus irmãos. Até a frase é igual...interessante, somos de regiões diferentes deste nosso país, mas as mães realmente são iguais.

    E com certeza há uma verdade universal enrustida nessas profecias maternas. Eu concordo com tudo o que disse mas a última frase é bem marcante...tenho medo de fazer muitas coisas na vida, mesmo sabendo que me arrependerei por isso um dia.

    Coisas que minha mãe sempre me ensinou foi a ter caráter e a jamais deixar de pagar uma dívida.
    "PAsso fome se for preciso, mas pago o que devo".


    :***
    belíssimo post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bábara,
      Regiões diferentes, mas embora minha mãe tenha sido criada no RJ, ela era baiana, e minha avé era baiana.

      Excluir
  6. Betty, olá! Gostei dos conselhos. Aliás, conselho é algo para, assim eu entendo, servir para a reflexão e não propriamente dito seguir à risca.

    Minha mãe não era boa conselheira, pelo contrário. Colocou minha irmã caçula numa arapuca, nos braços de um 171 por acreditar que sua vida iria ficar melhor e... deu-se tão mal quanto (ele tirou dinheiro dela por 6 anos) minha irmã e nessa história toda quem mais aconselhou a irmã a não entrar nessa furada, foram os irmãos.

    O conselho que minha mãe deu as 3 filhas, foi a de perceber que em um casamento e numa sociedade machista, é mais prudente que o homem sempre esteja muito mais apaixonado pela mulher que a mulher ao homem, porque qualquer homem sai lépido e fagueiro de qualquer casamento por uma aventurazinha tola.

    E eu percebi isso nos casamentos, desfeitos, de minhas amigas e... da minha irmã caçula.
    beijos mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paula,
      Minha mãe também dizia que homem tem gostar mais do que a mulher para um casamento dar certo. Mas eu tenho minhas dúvidas...

      Excluir
  7. Todos deveriam seguir os conselhos de mãe à risca. Elas nunca erram!
    E tem frases aí que minha mãe vivia dizendo para mim kkkk como é bom voltar e lembrar rsrs

    Beijos;)
    * Blog da Pâm

    ResponderExcluir
  8. Oi Betty, alguns desses também recebi de minha mãe, como o de estar sempre preparada.... o de ser independente financeiramente ela sempre falava, porque sofreu muito no casamento.

    Mas acho que o principal foi o de nunca desistir de um sonho, mesmo que pareça impossível.

    E de que nós (suas 4 filhas) éramos lindas e talentosas e merecíamos ser tudo o que quiséssemos.
    Éramos muito pobres, mas quando queríamos algo ela nunca dizia isso é impossível, ela sempre dizia: vamos tentar, com fé a gente consegue.

    Acho que foi esse amor que me fez chegar até aqui e realizar tantos sonhos...
    Bjs
    P.S.: Aquela dica sobre amor e paixão está meio confusa, acho que foi erro de tradução, porque amor e paixão não dependem do querer...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não está esquisito mesmo?!? Eu não entendi...

      Excluir
  9. Que postagem linda, Betty. Amei! Tive e ainda tenho muitos bons conselhos de minha mãe. Sou de uma época em que os sábios ouvem conselhos.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Amei o post!
    Amei o "como parecer rica", o assunto sobre "sorte" 1º blog que reúne praticamente todos os assuntos pelos quais me interesso.

    Estou completamente apaixonada pelo seu blog, nem lembro o que estava procurando na net a 1 hora atrás...só sei que caí aqui! Acho que já li 1/3 dos seus post e olha que não são poucos.

    Beijão
    issoeoqueamo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Foram tantos Betty, a minha mãe também é ciumenta, há uma certa disputa entre ela e o meu marido,
    o melhor conselho foi o de me contentar com o que tenho, beijo amiga

    ResponderExcluir
  12. Oi Betty
    Apesar de ter ficado sem meu pai muito cedo, seus conselhos ou ensinamentos, ficaram bem marcados em mim -"pra tudo há um jeito nesta vida, só pra morte não existe; seja independente financeiramente".
    Minha mãe ainda está conosco, e o que sempre ouvi dela, não sei se é conselho, dito popular - "dois proveitos não cabem num saco só".
    Beijo, Betty.

    ResponderExcluir
  13. Adorei o post, quero muito comprar este livro. O conselho que mais lembro e de não ir pela cabeça dos outros.

    ResponderExcluir
  14. Oi Betty,

    que interessante, realmente as danadinhas sabem das coisas.
    Minha Mae sempre me aconselhou a ser boa e nao boba.

    Bejim.

    ResponderExcluir
  15. Betty li este livro agora em férias e adorei as dicas, claro…tem muita bobagem que descarto, mas o que mais gostei foi sobre a infidelidade, as dicas foram certeiras e faz pensar que as virtudes cristãs estão um pouco ultrapassadas. Beijos
    Neisa
    www.brasildobem.net

    ResponderExcluir
  16. Oi c:
    Minha mãe, minhas avós, meu pai, todos me dão vários conselhos e eu nunca sigo nenhum shuhas e acho que preciso seguir, mesmo a gente não querendo, eles estão certos e os conselhos são ótimos.
    Eu sigo alguns mas as vezes eu nem presto muita atenção, preciso começar e-e
    Beijos!
    ||Crazy Cake ||

    ResponderExcluir
  17. Oi Betty, este de dormir cedo minha mãe sempre dizia quando eu morava com meus pais... a indepedência financeira foi com certeza o melhor conselho, e a minha filha já está sendo educada assim também... beijosss

    ResponderExcluir
  18. Oi, Betty! Minha mãe sempre me aconselhou a não dar murro em ponta de faca. Demorei muito pra quase aprender. :) Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Oiiiii!!
    Minha mãe diz a mesma coisa sobre a calcinha furada...rsrsrsrs
    Sobre a educação financeira, nao foi bem como a mae minha me me disse, mas como eu vi a vida trabalho desde os quinze pra sustentar a casa, pois meus pais se separam muito cedo para mim. Então hoje eu não dependo nem deles para isso.

    Adorei as dicas, quero muito achar este livro...beijos

    ResponderExcluir
  20. O que mudou a minha vida "faça o que o seu coraçao mandar" e acabei aceitando um pedido de casamento e vir embora pra cá...��

    ResponderExcluir

Voltar ao topo
© Gosto disto!
Todos os direitos reservados.
Personalizado por: Elaine Gaspareto
imagem-logo