Coisas para fazer, para não se arrepender depois


.



Na semana passada fiz o post Coisas que se você não fizer, poderá se arrepender depois e os comentários foram ótimos. Resolvi dar continuidade ao tema de coisas para fazer, para não se arrepender depois, e desta vez as dicas não são minhas, mas das comentaristas.
Vamos a elas...


1. Nunca deixe alguém falar que você não pode alguma coisa

Jossara Bes, do blog Contos e Poemas

Sempre falo para minhas sobrinhas a frase que ouvi assistindo um filme (não lembro o nome agora).
"Nunca deixe alguém falar que você não pode alguma coisa", pois descobri, que podemos o que queremos!
"Não acredite que seus desejos caiam do céu"! Deus ajuda, mas precisamos fazer a nossa parte, bem feita!


2. Não deixe de comprar aquilo que realmente gostou
Bárbara Daisy, do blog In.Material

Quando você vê algo em uma loja e aquilo brilha ou sorri pra você, é como se dissesse "eu pertenço a você", não podemos deixar de levar pra casa. Não estou falando de consumismo, estou falando da oportunidade de comprar algo que realmente te fascinou e que você sentiu que foi feito pra você.
Já passei pela situação de não comprar para economizar e, no fim das contas, deixei de comprar algo relevante para gastar com o que não era prioridade.
É desse amor à primeira vista que estou falando.

Quando li o que a Bárbara escreveu, me lembrei de um fato que aconteceu comigo e com o meu marido.  Quando estávamos na Itália, em San Gimignano, meu marido viu um regadorzinho artesanal, que era para servir azeite na mesa.  Ele queria levar, mas achou que estávamos gastando muito e deixou para trás. Depois se arrependeu e passou o resto da viagem procurando o tal regadorzinho por todas as cidades em que passamos, mas nada de encontrá-lo. Até hoje ele fala do regadorzinho. 


3. Não perca a oportunidade de morar no exterior
Lizzie, do blog Esmalte Sempre

Acho que uma oportunidade que não pode ser desperdiçada é a de morar no exterior. Aprendi muito vivendo em outros países.

Morar no exterior parece ser mais fácil para o europeu, pois na Europa os países são mais próximos e o intercâmbio é bem mais fácil. Para os norte-americanos e para nós, que vivemos num país continental, não é tão fácil assim, mas sempre existem oportunidades.
Eu não pude participar de um intercâmbio cultural, na minha época de colégio, porque minha mãe não deixou (sim, minha mãe era fogo e me atrapalhou um bocado), mas dei todas as chances para que a minha filha pudesse fazer o que eu não fiz, e ela morou na Alemanha por um ano e meio.
Se você puder ir estudar fora, não perca esta chance! Se já perdeu, dê esta oportunidade aos seus filhos.


4.  Não deixe para amanhã o que você pode usar hoje
Yves, do blog Telhados Azuis

Não fico mais esperando uma ocasião especial pra usar uma roupa nova, uma louça bonita que ganhei de presente. Quando eu tiver vontade é a ocasião especial... Não guardo mais nada.

Puxa, a Yves  mexeu comigo! Herdei de minha mãe muitas toalhas da Ilha da Madeira e elas estão todas guardadas. Ela não usou, ficou guardando a vida toda e eu estou fazendo a mesma coisa!!! Preciso mudar isso.


5. Seja presente, antes que seus filhos cresçam
Simone Woellner, do blog Handmade by Simone

O tempo passa muito rápido! Quando você menos esperar os seus filhos já estarão batendo asas, saindo pela porta de frente para estudar, trabalhar, casar. Curta enquanto pode.


6. Tenha em mente que sempre é tempo de aprender
Paula RB, sem blog

E afirmo para aquelas/aqueles que teimam em supor que não podem aprender mais nada, que acham já passou do tempo etc; eu, depois dos 40, fui aprender Tupi e adorei tudo no curso. 


Acho que cabe aqui uma notinha sobre o post anterior. Uma comentarista escreveu que tinha gostado de "reler" a lista. Creio que a pessoa comentou de passagem sem realmente ler o texto, pois esta lista não foi copiada de outro blog ou de algum livro, pois quando uso textos de outros autores, eu coloco no corpo do post ou no final, o link do site onde foi tirado. Dificilmente você vai "reler" algo aqui, pois procuro colocar textos novinhos, fresquinhos pra você. Não gosto de reblogagem e só faço quando é muito pertinente, mas sempre deixo claro que é reblogagem. 
Hoje a lista não foi escrita por mim, mas sim pelas comentaristas, espero que ninguém me diga que está relendo esta lista.


Eu gostaria de saber se você tem alguma coisa que acha que deve fazer, para depois não se arrepender. Qual?

Beijinho da blogueira


Imagem via tumblr, desconheço a autoria


Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

36 comentários:

  1. Lindo post ,bem como o anterior. E acredito que nunca podemos deixar de viver intensamente o Hoje. Ele passa logo e não volta! bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Chica,
      A Simone, cujo comentário coloquei no post, falou sobre os filhos, que na verdade está inserido em curtir o dia de hoje, que é mais amplo, não é mesmo?

      Excluir
  2. Vi que vc já tinha postado, mas aconteceu comigo ontem: não deixar de fazer alguma coisa por estar com medo!

    BEijos,

    Luciana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu,
      Fiquei curiosa para saber o que vc deixou de fazer por causa do medo...

      Excluir
  3. Oi, Betty! Adorei as dicas das leitoras! Gosto de uma frase que diz que para nunca deixar de fazer algo por causa do tempo que aquilo vai levar. O tempo vai passar de toda maneira. Também adotei a política de usar tudo que gosto, sem reservas para ocasiões especiais. Uma mesa bonita ou uma roupa especial podem parecer supérfluos, mas às vezes têm um poder transformador!
    Beijos,
    Rosa
    Le Paquet

    ResponderExcluir
  4. Oi Rosa,
    Já anotei. Se tem uma coisa que deixo de fazer por causa do tempo que vai levar é cozinhar. Tenho a maior preguiça!

    ResponderExcluir
  5. Betty querida, que minha dica seja inspiradora a muitas. Segue meu agradecimento em... Tupi!

    Xe resãî xe remierobîara rupi gûitekobébo. Muito lindinho, não é?
    Beijos mais

    ResponderExcluir
  6. Oi Betty, gostei da lista. Concordo com elas.
    Eu acrescentaria: Nunca deixe de dizer o quanto ama e de demonstrar no cotidiano o seu sentimento para as pessoas importantes em sua vida. E também que muitas vezes é melhor ser feliz do que querer ter sempre razão. Essas duas coisas mudaram bastante meus relacionamentos e me pouparam de arrependimentos.
    Já saiu o novo livro para ser sorteado em Março. Passa lá.
    Bjs e ótima semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cris,
      A segunda eu demorei para aprender, mas agora já sei.

      Excluir
  7. Oi Betty!
    Adoro essas "postagens interativas"! Você sempre tem ideias bacanas, dividindo o bom ou seria o bem?
    "Afeto e conhecimento não se guarda"! É preciso distribuir!
    Vamos aprendendo, isso é muito bom!
    Beijo carinhoso!

    ResponderExcluir
  8. São grande e valiosas dicas.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  9. Oi Betty, concordo em tudo com você. Me arrependo de não ter estudado em Florença quando tive oportunidade e hoje vejo a alegria de minha sobrinha que está fazendo um intercâmbio em Malta. Mas ainda sonho em morar na França ou Itália , pelo menos 6 meses, kkkkk.
    São dicas preciosas.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  10. Sim dicas valiosas. E muitas aí eu acabei aprendendo também. Principalmente sobre a questão de usar hoje e não deixar para amanhã.

    A cultura da minha mãe e da mãe dela é essa: guardar. Mas eu não penso assim, eu economizo ou uso com cuidado. Mas não deixo de usar. Sabe Deus o dia de amanhã.

    Ótimas postagens.

    ResponderExcluir
  11. Betty,
    Antes esperava uma ocasião especial para usar uma roupa nova, agora não. No mesmo dia já estou com ela! rsrs... E essa de comprar, aliás não comprar e depois se arrepender, já aconteceu diversas vezes comigo. Oh raiva! Viagens pricipalmente! Afff...
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  12. Betty, Muito legal a continuidade do post. O que eu acrescentaria seria "perdoar". Passei por uma situação dífícil com uma irmã e não foi fácil romper com a mágoa, mas o tempo é um exercício que me ver que eu não poderia mudar aquele passado, mas gerar uma prospecção futura e limpar meu coração de uma mágoa que eu não queria mais carregar e aí eu aceitei minha irmã e nossa relação hoje não é íntima, mas amistosa e isso é que importa. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Janeisa,
      Esta é uma dica para se guardar no coração.

      Excluir
  13. Oi Betty,
    Gostei da lista das comentaristas. Nunca é tarde para gente mudar.
    Experimentar um prato novo, eu mesma não gostava de muitas coisas pois não provava e dizia que não gostava. Hoje eu como, por exemplo estrogonofre.
    Big Beijos
    Lulu on the Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lulu,
      eu era assim com beterraba e depois que experimentei, adorei!

      Excluir
  14. Lindo post!! Especialmente a questão dos filhos, é muito importante estar presente na vida deles.

    ResponderExcluir
  15. Acrescento: nunca deixar de refazer sua vida por conta de familiares. Nunca.
    Sempre vá a procura da sua felicidade.
    Tenho amigas que separaram no casamento, tiveram outras oportunidades e não quiseram casar novamente, por conta de filhos. Hj os filhos casaram, sairam de casa e elas vivem sós e tristes.
    Gostei das outras dicas que vc. deu.
    Bjs, Betty.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana,
      Tb sei de várias histórias assim, mas me pergunto se os filhos não serviram apenas de desculpas.

      Excluir
  16. Acontece muito comigo de bater os olhos, me apaixonar e com medo não levar e depois vem o arrependimento. Aos poucos vou aprendendo! Lista super 10! Um abração!

    ResponderExcluir
  17. Oi Betty,

    me arrependi amargamente de nao ter dado aquele beijo num gato que estava apaixonada, ele era timido e eu nao ia dar uma de assanhada. Por isso nunca perca a oportunidade de dar aquele beijao tipo amasso no gato.

    Bejim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perdi várias oportunidades destas, mas a tímida era eu!

      Excluir
  18. Olá Betty, boa tarde!
    Gostei da frase da Yves, eu tenho um monte de coisas guardadas, depois
    desse comentário preciso usá-las em todas as ocasiões, pois todos os dias são
    especiais e a vida é muito curta e a gente precisa utilizar as coisas que são úteis.

    Bjs, sucessos sempre! ♥

    ResponderExcluir
  19. Muito legal as dicas das amigas Betty, gosto muito quando você faz postagem assim!
    bjus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adoro fazer este tipo de post, mas nem sempre o post emplaca, as pessoas comentam. Acho que este vai dar um 3º post.

      Excluir
  20. Oi Betty, esta lista também está demais de bacana, muitos conselhos eu estou seguindo, só morar no exterior que eu acho que não será possível, rsrsrs bem que eu queria, quem sabe??? Beijosss!!!

    ResponderExcluir
  21. Gosto muito quando você aproveita a participação das leitoras e transforma em posts ;)
    Eu sempre me arrependo em situações como a Bárbara descreveu e que você ilustrou com o regadorzinho de que seu marido gostou; por isso, sempre que possível, compro aquilo que amei :)
    Abraço!

    ResponderExcluir
  22. Ei Betty
    Muito interessante esta lista, duas delas me despertaram mais a atenção- seja presente antes que seus filhos cresçam, sensacional, é isto mesmo. A outra - tenha em mente que sempre é tempo de aprender, tenho comprovado isto comigo.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cissa,
      Esta dica é muito parecida com a da Paula, então não vou aproveitar no próximo post, mas valeu!

      Excluir
  23. Betty!! Falou tudo... mas estar presente quando os filhos são crianças pegou aqui no fundinho, se sabe né?

    Beijos

    ResponderExcluir
  24. A número quatro eu smp pratico, haha. Acho bem chato ter que esperar uma ocasião "especial" pra estrear uma roupa. O melhor momento é agora ;D

    ResponderExcluir
  25. Oi, Betty
    Gostei desse tipo de post porque acaba sendo um exercício para nós mesmas eu por exemplo preciso colocar em prática o do item 4 porque tenho mania de deixar a roupas nova para ocasiões especiais e as vezes essas nem acontece.

    Acho todas deveriam passar um fim de semana só entre amigas, deixando em casa o marido e filhos...já fiz isso é foi ótimo porque percebi que você recarrega as energias, e os que ficam sentem falta de você mais consegue se virar muito bem sozinhos.

    Bjs *.*

    ResponderExcluir

Voltar ao topo
© Gosto disto!
Todos os direitos reservados.
Personalizado por: Elaine Gaspareto
imagem-logo