Ostentação de afetos - Você não precisa ter uma vida perfeita para ser feliz



Família perfeita



Eu nem sabia como chamar este post, pois ele surgiu devido ao post Ostentação: a diferença entre o que se pode e o que se dever fazer, com um comentário da Lu, do blog Mulher Sem Photoshop. A Lu levantou o fato que, em tempos de rede social, as pessoas não ostentam apenas bens, mas também uma vida que não têm e gostariam de ter. Ela deu exemplo de um casal que estava em fase de divórcio e, um dos cônjuges, postava fotos de uma viagem juntos a Nova Iorque, como se estivessem em plena lua de mel.

É fato que existem pessoas nas redes sociais mostrando o que não são, querendo vender uma imagem bem diferente da vida que levam. Quando chegam as épocas de festas e datas comemorativas a coisa parece piorar muito. Já vi mãe agradecendo, virtualmente, aos seus filhos e sua linda família, sendo que na vida real os filhinhos foram presos e estão sendo processados por crime grave!

Acho que ninguém deve mostrar o pior que tem, e quando falo isto é porque já vi gente compartilhando pé fraturado, queda de cabelo em quimioterapia, criança tomando soro e outras barbaridades mais. Mas também ninguém precisa criar uma persona para viver uma realidade virtual que não corresponde a sua vida.

Você não precisa ser casada para ser feliz, não precisa ser uma mãe maravilhosa e ter filhos lindos para ser feliz. Não jogue a sua felicidade nas mãos dos outros, pois você só pode ser feliz por você mesma e os demais a sua volta são apenas complementos da sua vida, e você não tem como responder por eles, sejam estes eles seus filhos, seu marido, sua mãe, seu padrasto... Sua importância e felicidade reside em você mesma e não nos outros. As pessoas à sua volta podem fazer você feliz, mas ser feliz vai depender apenas de você e você não precisa ostentar uma falsa felicidade para ser aceita socialmente.

Tem um banner que anda rodando no Facebook que diz: Felicidade não se posta, se vive. Tem algo mais verdadeiro do que isto?


Beijinho da blogueira

Imagem: CordZ Photography
Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

54 comentários:

  1. Oi Betty, adorei o tema do seu post!
    Essa frase do banner é demais, concordo plenamente. Quem precisa ostentar felicidade é porque não a vive.
    Vivemos numa era de narcisismo extremo e isso fica muito mais evidente nas redes sociais.
    Além do mais, vida perfeita não existe...
    Bjs querida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cris,
      Tem horas que eu acho que a felicidade virou uma obrigação para as pessoas, obrigação esta que não deixa ninguém ser feliz de verdade.

      Excluir
  2. Bom dia Betty, você tem toda razão, eu mesma quando principalmente em meu blog, muitas vezes manifesto o que estou sentindo naquele momento. Sou muito verdadeira, por isso cultivo poucos amigos.
    Não faço muita questão de agradar, kkkkkk.
    Ninguém gosto de mostrar o pior se si né mesmo? Mas também não deveriam postar o que não são também, apenas demonstrar fatos sem ostentar...
    Bom dia linda, bjusss!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ops; tem uns errinhos em algumas palavras, kkkk. Esqueci de por os óculos, bjusss.

      Excluir
    2. Oi xará,
      Eu tenho a necessidade de agradar, isto foi detectado pelo meu antigo terapeuta, mas tento controlar. Não sei se você viu o post de 3ª sobre tendência para aposentar. Eu soltei os dedinhos no teclado e acabei falando o que pensava. Não é que fui chamada a atenção por uma blogueira!!! Eu nem tinha chutado o pau da barraca e ainda assim por falar a realidade teve gente que se sentiu no direito de dizer que eu poderia estar magoando as pessoas. O que eu deveria fazer? Mentir? Dizer que está na moda o que não está mais? Acho que ninguém vem aqui para isto.
      Para falar a verdade, vc é mais transparente do que eu e eu tenho uma invejinha branca disto.

      Excluir
  3. Betty, verdade mais que verdadeira, viu?
    beijos


    www.digoporai.com

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Interessante o seu post...vc acredita que acabei enjoando do Face por causa disso?
    Nossa conhecendo certas pessoas pessoalmente e vendo o que escrevem ou as fotos que colocam, começou a me deixar doida, pq não tinha nada a ver...ai parei e pensei, imagina então quem eu não conheço? hehehehe
    Acabou perdendo a graça o Face...kkkk
    Lindo dia!
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Fã Page

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ando meio emburricada com o FB pq o Sr. Zucka, dono do FB, resolveu monetarizar o pedaço e está tentando me vender continuamente um lugar especial na página principal. Eu já tenho este lugar especial no Google, sem pagar e também no Pinterest. Então o Sr. Zucka pode diminuir os meus seguidores da página à vontade, e pode me mandar um monte de ofertas para divulgar minha página por lá, mas eu não vou entrar na dele.

      Excluir
  5. santas palavras, lendo dos filhos presos, lembrei de uma pessoa
    que conheço, que em casa todo dia tem um quebra pau entre o marido e o filho do primeiro casamento, mas no face, tem um monte de fotos onde se fala da sua belíssima família alargada rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fale a verdade, ão são só bolsas Louis Vuitton não pagas que este povo anda ostentando, não é mesmo?

      Excluir
  6. acho que quanto mais um pessoa tem uma vida satisfatória, nenos sente a necessidade de inventar uma virtual.
    eu tiro por mim, quando me divirto, esqueço ate que existe facebook .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O FB para mim é uma plataforma para o blog, mas virou um problema, pois muitos amigos na vida real ficam me cobrando que eu não divulguei que estava com eles em uma festa ou um bar, no meu perfil do FB. Fica estranho isto de ter que divulgar tudo.

      Excluir
  7. Façamos sempre o bem. A felicidade vem de Deus.
    http://exclusividadeebeleza.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Betty!

    Esse assuntp, como costumo dizer, dá pano pra manga,não é?
    Em tempos de rede social parece que as pessoas sentem-se na obrigação de mostrar felicidade. Aparência sempre foi enganadora, mas hoje é muito mais, pode ela pode ser tratada, montada e fingida com recursos tecnológicos! É mole ou quer mais?

    Adorei o post, já esperava mesmo que vc fizesse algo assim quando comentei, e vc sempre tem opiniões interessantes pra dar.

    Beijos!!!

    Luciana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu,
      Seu comentário foi perfeito! Sem ele, este post não existiria. Vc foi a co-autora dele. Obrigada!

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  9. Betty, oi. E não é verdade, queridona? Palavras sábias e exatas na crônica.

    Sempre, sempre aceitei que essa família-margarina, esse trabalho dos deuses e o cotidiano mais certinho e perfumado que as redes sociais transmitem, é para inglês ver.

    O que me abala é uma total falta de auto-estima, de se querer fazer estampar saudável psicoemocional e socioprofissional, que chegam ao ápice de "criar" um mundo cor de rosa. Fica tão nítido, tão cristalina as mentiras, as poses nas fotos dignas de pantomima... Chega a ser ridículo, sabia?

    Como sou super desafeita dessa bobajada de ficar plugada 24h em redes sociais, acabo me sentindo uma ET, eu e meu marido precisamos explicar =^O porque não ficamos focados nessas redes!

    Enfim, tenho pena desses solitários, dessas pessoas que precisam mais TER do que SER. No fundo são sozinhas, amarguradas e precisando urgentemente de um melhor norte na vida.
    Beijos mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paula,
      Eu fico muito nas redes, por conta do blog. Sempre falo que estou sendo engolida pelo blog, mas fico em todas, estou aqui, estou no FB, estou no insta... e por aí vai. Mas não invisto muita pessoalidade no FB, não gosto de me expor, e muito menos expor algo que não vivo só para mostrar para um público que nem sequer está interessado nisto.

      Excluir
  10. oi Betty, ontem mesmo eu vi uma propaganda de carro, no canal GNT, que falava exatamente isso, que felicidade não se posta, se vive, e isso me chamou a atenção.
    Realmente no FB tá cheio de gente feliz, né, mas que a gente sabe que são só aparências. Meu marido vive rindo do meu face, diz que só tem propaganda de artesanato e coisinhas afins, eu prefiro isso a ficar sabendo da vida dos outros.
    bjk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Karine,
      Meu FB tem tudo, inclusive empresas que invadem meu perfil para fazerem propaganda por lá. Eu gosto do FB, mas não de tanta exposição pessoal e exposição falsa.

      Excluir
  11. Parabéns pela postagem Betty

    Vejo muita gente sobrevivendo e se esforçando para mostrar coisas que não são reais.
    O mundo vive de pura ilusão, tudo nas redes é perfeito e lindo.
    Gente acorda!! Quem é feliz não vai ter tempo de ficar postando toda hora ( Eiii eu sou feliz!!).
    Pra que divulgar tudo que se faz e onde se vai?
    A inveja tem rede social tb, doí isso mas é verdade. Nem todo mundo que está com a gente torce pela nossa felicidade, muitos estão só para observar e saber da nossa vida.
    Pena que não existe um detector de falsidade né?

    bjokas =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho perigosa esta exposição excessiva. Acredito que inveja pode azedar e muito nossa vida. Quem ostenta o que tem e o que não tem, corre sério risco de atrair uma energia que não é legal.

      Excluir
  12. Nossa, um post que queria ler faz tempo! O FB é o lugar onde mais as pessoas ostentam afeto, querem mostrar algo nada condizente com a realidade! E quem realmente é feliz não se preocupa em querer espalhar essa felicidade, nem tem tempo pra isso! Bem disse a Clarice Lispector: "não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito" e vou querer espalhar minha felicidade pra que? Sempre tem um olho gordo a espreita pra secar a felicidade da gente, eu hein?! rs. Qto mais eu vivo mais tenho vontade de deletar o FB, só não fiz ainda porque é um ótimo mecanismo de divulgação dos meus blogs. Fico impressionada com a necessidade das pessoas de se exporem nas redes sociais, muitas vezes ao ridículo até, pra que isso? E ainda reclamam que a gente não curtiu ou comentou! Esses dias recebi uma msg in box dizendo assim: "você é espiã? Nunca curte e nem comenta nada do que eu posto!" Ah, faça-me o favor! Tenho mais o que fazer da vida! "Felicidade não se posta, se vive!" Fechou com chave de ouro! É isso aí!!!

    Bjão Betty! =)
    Vivendo e Aprendendo
    Fotos e Prosas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tb não me desfaço do FB por causa do blog. Até gosto de ver as pessoas que amo e que colocam fotinhos do que fizeram por lá, mas levo cada susto com as mentiras que vejo por lá.

      Excluir
  13. Sabias palavras, Bety.Viver em dois mundos paralelos é bem difícil, e um deles e o desespero pelo reconhecimento pessoal. Curtidas em redes socias significa para alguns, afirmação de identidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Disse muito: desespero pelo reconhecimento pessoal. O que se ganha com isto?

      Excluir
  14. Oi Betty!
    Voce falou tudoooo!! vejo muitas pessoas assim..e sei que nao é essa vida que eles levam.
    Por isso quase nunca publico fotos do meu marido...nao falo muito nele..ate pq quero ser reservada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um dia, meu marido estava todo lindo, todo griffado e eu coloquei uma foto dele no FB. Uma amiga foi bem sincera e me disse para não propagandear o maridex, pois sempre tem gente de olho. Não é que ela estava certa?!?

      Excluir
  15. Adorei Betty, concordo com cada palavra que você escreveu.
    Além disso, tem uma frase que concordo muito e acho que tem tudo haver:
    "Não grite sua felicidade alto demais. A inveja tem sono leve". Para que tanta exposição né?
    Gosto de compartilhar momentos de felicidades com as pessoas que amo, até porque amo fotografia. Mas se expor demais é um "suicídio" em todos os sentidos.
    Um beijo, querida.

    Dicas para Todas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não conhecia esta frase, mas é perfeita!

      Excluir
  16. As redes sociais banalizaram a felicidade estampada de cada um, assim como a tragédia. O paradoxo entre estes dois estados de alma e estados físicos é o que mais se vê em FB. Sou adepta do: aprecie, mas com moderação, e muitas vezes me lembro daquele ditado que diz: nem tudo o que reluz é ouro. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pior do que banalizar, felicidade está virando obrigação.

      Excluir
  17. Concordo plenamente com o seu post de hoje a felicidade hoje ficou banalizada as pessoas postam mas na real não é nada daquilo que parece..parabéns pelo post
    www.fernandacaterina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Muito bom este texto, realmente a vida se tornou ter do que ser. Cada vez mais o ser humano se torna um egoista sem perceber que a vida, que a felicidade esta em pequenas coisas, se vc acordou neste dia, agradeça. Se seu filho sarou de uma gripe que seja agradeça....Mas é melhor invejar o outro que tem um carro mas nao tem uma familia a ser grato pela familia que tem, mesmo sem carro....beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carlinha,
      Tem gente que sofre de positividade excessiva, mas tem gente que sogre de negatividade, então posta o filho com nariz escorrendo para mostrar para todo mundo que ele está com gripe.
      Tem gente que é estranha, muito estranha...

      Excluir
  19. Adorei ler isso, Betty! Perfeito! Parabéns e afirmo:" Felicidade se vive, não se posta"!

    ResponderExcluir
  20. É bem essa frase mesmo, felicidade naõ se posta, se vive! Não gosto de postar essas fotos de felicidade extrema. Para que? Só para os invejosos? Eu não! Prefiro minha vida off mesmo! Com todos os seus percalços.
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  21. Isso mesmo, Betty! Felicidade não se posta, se vive!
    Bj,
    Lylia

    ResponderExcluir
  22. Concordo com tudo em gênero e número!
    bjsss

    ResponderExcluir
  23. Olá, Betty!
    Bela postagem, amei o texto!
    Minha vida pessoal não faz parte do mundo virtual, a minha família e os momentos
    felizes ao qual Deus nos proporciona fica entre nós.
    "Evitamos a inveja se guardarmos as alegrias para nós próprios." (Sêneca)

    Bjs, sucessos sempre! ♥

    ResponderExcluir
  24. Ótimo texto Betty! Acho que quem é feliz não precisa ficar provando e postando , que é feliz. Simplesmente seja, e pronto. Concordo com você!

    Beijos, Pri
    vintagepri.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. Oi Betty,

    minha mae sempre me diz que sou as vergonhas dela penduradas, porque ela so conta para as pessoas os sucessos, e eu conto os fracassos tambem. Niro, meu namorado tambem faz isso, e muitas vezes a mae dele dizia para uma amiga, que nao foi na festa dela porque chegou visita, e Niro sem maldade diz que ela nao tinha roupa nova.

    Bejim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tb não sou de esconder as coisas. Meu marido fica louco comigo qdo sou sincera com algum vendedor, dizendo que adorei a roupa, mas não vou levar pq não gostei do preço. Ele liz que fama de rico e valente, não se desmente. Mas nem fama eu quero ter.

      Excluir
  26. Oi Betty
    Muito apropriado o seu post e não o que contestar.
    Quem é feliz não tem necessidade de alardear a sua vida. Não gosto de facebook, vejo ali muita falsidade sem falar naquelas pessoas que usam a rede para atacar seus desafetos com indiretas
    Ninguém precisa ostentar uma vida falsa. Fantasiar é lindo mas fica bem para as crianças não é?
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu comecei a usar o FB por causa do blog. Ajuda um pouco o blog, torna ele mais conhecido. Mas nem tudo que vejo por lá é bom, embora tenha muita gente boa por lá, a maioria por sinal.

      Excluir
  27. Oi Betty...parece que estamos vivendo uma época de ostentação em tudo, mas esta de afetividade talvez seja a pior, eu também conheço muitas pessoas quem vivem na ilusão de que enganam os outros nas redes sociais... eu me policio muito, a pedido do meu marido principalmente, as vezes queremos mostrar muito, festas, harmonia, viagens... tem pessoas que olham com bons olhos, mas tem pessoas que dizem ser amigas mas têm muita inveja, está aí uma postagem também, rsrsrs beijosss!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu morro de medo de gente invejosa... pode ser superstição da minha parte, mas acredito em olho gordo.

      Excluir
  28. Muito pertinente sua matéria.
    Só para acrescentar também tem esses comerciais que mostram um belo carrão; com um macho
    alfa kkk aquela bela mulher e aquele lindíssimo bebê no banco de trás. Tudo muito perfeito aquela vida
    extremamente estabilizada. Esse mundo do compre tudo... faz com que as pessoas fiquem
    meio desorientadas em busca de uma felicidade; que muitas nem sabem o que é que procuram na verdade.
    Acho que a melhor maneira de mostrar a felicidade é ter boas maneiras e gentileza com o outro. O
    resto o outro percebe; não precisa falar e nem mostrar tanto.
    Prazer em conhecer.
    Janicce.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Janicce,
      São as famosas famílias margarina. São famílias perfeitas de comercais de TV, que só existem nos comerciais de TV, mas parece que as pessoas estão querendo reproduzir esta farsa televisiva nas redes sociais e postam uma realidade que não é delas.

      Excluir
  29. Otimo, Betty! E eu ja me culpabilizei muito vendo varias fotos como se o dia das pessoas fossem 100% maravilhoso e o meu não. Eu não saio correndo atras do meu filho de 3 anos de salto 12, minha casa não fica 24h/24h arrumada, ...

    Mas acho que muita gente que posta a vida "perfeita" que leva para poder lutar contra a angustia, como no caso dessa mulher das fotos de NY.

    bjos

    ResponderExcluir
  30. Ola Betty bom dia! amo suas postagens por serem verdadeiras, eu não tenho facebook rsrs não tinha nem orkut, naquela época que todos tinha, minha mãe tem então de vez em quando eu entro e vejo algumas coisas, mas eu me espanto, acho que o face deveria ser só mesmo para empresas, no caso minha mãe tem por causa do salão de beleza dela, isso ajuda muito, mas esse negocio de ostentar o que não tem acho ridículo, não tenho whatsap também rsrs, não sinto vontade de ter, as pessoas não falam mais a verdade, ou antes era assim e não víamos, sei la, a unica coisa que amo nesse meio virtual, são meu blog, youtube, e meu skype, o skype so coloco quem eu quero, pois eu fico com ele 24h ligado-------> ligado só no PC.beijinhos amei seu post, adoro ler sobre comportamentos etc...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alessandra,
      Não tenho skype, já tive mas esquecia de usá-lo. Tenho whatsap, mas não participo mais de grupos. Me puseram em um grupo e eu qse enlouqueci. Acho que o pessoal não fazia outra coisa a não ser ficar no whatsap, pois eram 400, 700 msgs por dia! E tudo bobageira!!!
      Hj em dia, nada de grupos do whatsap, só mesmo os amigos e bem íntimos.

      Excluir
  31. Oi Betty, nada a acrescentar, você já disse tudo! Apoio total.
    Beijos e ótimo final de semana.

    ResponderExcluir

Voltar ao topo
© Gosto disto!
Todos os direitos reservados.
Personalizado por: Elaine Gaspareto
imagem-logo