Expectativa – Cuidado para não se decepcionar





Até que ponto criar expectativa sobre coisas e pessoas é bom? No meu caso posso dizer que não é bom e tenho tomado cuidado para não criar expectativas, mas recentemente caí na armadilha da expectativa.

Eu estava vendo todo mundo na net com aqueles cadernos de colorir para adultos e falando maravilhas a respeito. Foi me dando uma vontade, até que eu comprei os materiais, incluindo aí uma caixa de lápis de cor que na minha infância seria tida como ostentação de tantas cores de lápis que tem. Sentei e lá fui eu desestressar. Depois de uma hora eu já estava pra lá de entediada. Então era isso? Cadê aquele momento mágico que todo mundo estava me prometendo nas redes sociais? Até que a pintura estava ficando bonitinha, mas e daí? Daí que eu criei expectativa em cima do ato de pintar. Se eu não tivesse criado a malvada da expectativa, talvez até gostasse da brincadeira, pois iria me jogar nela sem nenhuma pretensão, mas não, eu fui esperando muito e me decepcionei.

O mesmo aconteceu com a minha viagem à Bahia quando eu era adolescente. Todo mundo falava maravilhas de Salvador (Salvador não tinha passado pela remodelagem que passou e era uma cidade bem menor do que é hoje). Lá fui eu, junto com os meus pais para a mítica Bahia, terra de nascimento de minha mãe, a qual saiu de lá bebê e não conhecia sua terra.  Nem preciso dizer que Salvador foi uma decepção para mim e também para meus pais. Acho que a Bahia do nosso imaginário era bem mais bonita do que a Bahia real.

Falei sobre Paris no blog, na semana passada e uma amiga virtual, que voltou de Paris há pouco tempo, comentou que a cidade não era tudo aquilo. Taí, para mim Paris sempre foi e será maravilhosa, mas verdade seja dita, eu nunca esperei nada de Paris, tive o cuidado de não criar expectativa a respeito da cidade. Pelo jeito o mesmo não se deu com a comentarista, ela deve ter criado uma Paris imaginária, muito mais bonita do que a real.

Mesmo pessoas podem gerar expectativas. Enquanto estava separada, ou seja, solteira, conheci uma pessoa na internet que era tudo o que eu queria. Até que eu o conheci pessoalmente. O cara era até inteligente, mas a inteligência era limitada ao campo de atuação profissional dele (cinema), na internet ele parecia um gênio, pois o conheci em uma sala de bate-papo sobre cinema. Ele era a pessoa mais reclamona e rabugenta que já deparei e, se não bastasse, ele batia na minha cintura. Não se esqueça que eu só tenho 1,60 m! Talvez, se eu não tivesse criado tanta expectativa, poderia tê-lo como amigo até hoje, mas diante da irrealidade que minha mente criou, ele foi uma decepção!

Já conversei com várias amigas que marcaram encontros pela internet e a maioria se decepcionou quando tentou sair do virtual para o real. No entanto, conheço várias pessoas que se casaram com gente que conheceu on line. Acredito que este último grupo saiba controlar melhor a expectativa.
Quando dizem que o melhor da viagem é esperar por ela, tem uma certa verdade, mas tome cuidado, pois esta espera pode gerar expectativa e a expectativa pode gerar uma decepção.

Tem alguma maneira de controlar essa tal expectativa? Se tiver eu não sei qual é, mas sempre que me vejo criando castelos nas nuvens, tento brecar a minha imaginação para não cair das alturas, embora sonhar seja muito bom!


Beijinho da blogueira

Imagem via Studded Hearts
Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

42 comentários:

  1. Ah Betty, tão difícil lidar com isso...
    O bom seria não criar nenhuma expectativa e estar aberta ao que a experiência nos proporciona, mas acho muito difícil não ter expectativa nenhuma sobre algo que se deseja.
    a saída é fazer como você disse, quando achar que está viajando muito nas nuvens, tentar colocar os pés na terra.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tento me manter na realidade, mas não é fácil mesmo! ainda mais que tenho imaginação pra lá de fértil.
      Obrigada pelo elogio da foto. Sempre procuro atualizar a foto, pois não quero colocar fotos de 10 ou 15 anos atrás, então brinco com selfies, é certo que escolho os melhores para colocar aqui.
      Bjs

      Excluir
  2. Betty, naturalmente criamos expectativas. Sorte quando não nos decepcionamos e elas vem ao encontro com os sonhos! Que assim consigamos sempre! bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Chica,
      Acho que eu sonho além do sonho... é aí que me dou mal, pois vou além da realidade e quando me deparo com ela, me decepciono.

      Excluir
  3. Gostei muito do teu blog!
    Se puderes vista o meu blog e se gostares segue...se seguires deixa comentário :)
    Beijinhos

    http://beautifullsecrets.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. Oi Betty!

    Também já tive vários desses momentos de expectativas e decepções. Concordo que o melhor é aprender a dominar a arte de não criar expectativas.
    Pena ter criado expectativa sobre Salvador. Eu, como soteropolitana, acho que a cidade tem lugares muito bonitos e muito feios. O pelourinho mesmo é um centro cultural riquíssimo...mas acho uma bagunça, e não vejo beleza lá.

    Um dia vou a Paris, tenho fé que sim, e tentarei não criar expectativas...até porque já amo Paris sem a conhecer. :***

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bárbara,
      Preciso voltar a Salvador, mas agora sem criar expectativas, pois fui achando que todas as mulheres eram baianas lindas com aqueles vestidos de renda branca até o chão e um tabuleiro de gordices na cabeça, daí deu no que deu. A culpa não foi de Salvador, foi minha!

      Excluir
  5. Expectativa amiga, com empresas, trabalho, etc... aiaiaiai prefiro nem comentar, é pensar demais em quem pouco oferece, enfim... eu procuro nem criar mais expectativa, a gente aprende a ficar com o pé atrás sempre.

    Beijos
    Linda quarta querida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu,
      Eu esqueci de falar de falar sobre expectativa e decepção no trabalho, e já lidei com isto algumas vezes. Boa lembrança.

      Excluir
  6. Bom dia amiga, tbém sou assim crio expectativas e na maioria das vezez não era tudo aquilo que imaginava..kkk bjos

    ResponderExcluir
  7. Aaaaa, Betty querida, se eu soubesse como fazer tal "mágica" ensinaria a todos. Infelizmente criamos expectativas em tudo que nos rodeia. Creio eu faça parte do biológico nosso.

    O interessante é que, com o amadurecimento, essas expectativas ora não são mais em 100%, ora estamos tão calejadas de sofremos baques, que qualquer decepção acaba por sair na urina, por assim dizer.

    Eu não me surpreendendo mais com nada Betty(mentira, surpreendo-me, mas por pouco tempo). Com as pessoas então, isso é 0%.

    O tempo e o aprendizado, pelo menos a mim, trouxeram de bom que criar expectativas é algo muito hercúleo.
    Beijos mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então devo estar amadurecendo muito mal, pois crio expectativas até com um simples livro de pinturas! Mas não se impressione, sempre tive uma veia artística afiada e quem me conhece sempre me perdoou pelas minhas excentricidades por conta disto.

      Excluir
    2. Huahuahauaaa, Betty, faz-me rir com "amadurecendo muito mal". Voce é hilária... Sou muito pé no chão. Deve ser isso. Sou virginiana, deve estar aí a explicação hehehehehe.

      A título de memória, nem que o Brasil seria campeão na Copa eu acreditei. Um ano atrás o 7x1 provou que criar expectativas é falho. E que nem criem nas Olimpíadas. Vai por mim.

      Excluir
    3. Eu achava que o Brasil não ganharia a Copa, mas 7 x1! Nem nas minhas piores expectativas! Não precisavam fazer aquela apoteose!

      Excluir
  8. Betty, muitas coisas que dizemos que não gostamos muitas vezes não são ruins. Nós é que esperávamos demais delas!
    Quantas vezes em coisas simples, como nas postagens que eu faço com resenhas de produtos de beleza. Já disse inumeras vezes essa frase: o produto não é ruim, o problema era a minha expectativa. Agora se você levar isso para outras esferas, acontece a mesma coisa!

    Beijos,
    Luciana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu,
      Por falar em produtos, comprei o removedor de cravos da Ricca por indicação sua e amei! O da Nivea era bem mais fraquinho do que este. O da Ricca superou as minha expectativas.

      Excluir
    2. Ah, que bom, Betty! Agora eu comprei a tal máscara negra, aquela oriental. Estou esperando chegar, e assim que usar mostro também! ;)

      Excluir
  9. Oi Betty, meu marido diz que eu tenho uma anteninha contra decepções, quando eu vejo que algo ou alguém não é nada daquilo que pensamos eu já fico com o pé atrás... mas já me decepcionei muito com pessoas e lugares... a anteninha foi se formando com o tempo, rsrsrs beijosss!!!

    ResponderExcluir
  10. Amiga, como sonhadora inveterada que sou, vivo me esborrachando rsrsrs...
    Pra mim é muito difícil, eu até tento... mas entrar racionalmente em qualquer situação, sem fantasiar um pouquinho, criar expectativas, é difícil amiga!
    Os livros pra colorir que você, e todo mundo tá falando, lembrei que na minha infância tive muitos e adorava. Aliás sempre gostei de pintar e desenhar... Hoje não sei se funcionaria, como todo mundo diz, como um relax... acho que não.
    Uma vez eu brinquei com meu marido, se eu quiser pintar, eu mesma desenho e depois eu ponto rsrsrs...
    Sabe o que funciona como um relax pra mim? Fazer artesanato, costurar...
    Adorei teu post Betty, bjus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho artesanato mais desestressante do que os livros para colorir, pois tem uma função, uma utilidade, vai levar vc a um fim.

      Excluir
  11. Betty, isso é realmente difícil. Pra pessoas ansiosas então... hehehehe. Mas acho que tenho aprendido bem como não nutrir tantas expectativas em relação a muitas coisas.
    Bjs

    www.digoporai.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sou muito ansiosa, mas às vezes a ansiedade tb conta para aumentar ainda mais a expectativa.

      Excluir
  12. Oi Betty

    Sempre vamos ter expectativas e decepções.
    Muitas vezes na vida nada é como a gente quer ou sonhou... mas até das frustrações podemos tirar lições.
    Hj em dia não coloco expectativa em pessoas, pois são falhas.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tento não colocar expectativa em nada, mas nem sempre eu consigo.

      Excluir
  13. Olá!
    Querida Betty!!!
    Eu sou uma criadora de Expectativas...estou a algum tempo na luta para não criar esse monstrinho dentro da minha mente, kkkk
    Eu acabo sempre me decepcionando...nos últimos meses as pessoas até me falaram que eu estava indiferente a certas coisas, ai parei para pensar e notei, que eu não ficava tão animada e criando tanta expectativa, estava mais pé no chão, ai as pessoas não gostaram muito não, kkkkk
    Mas, na boa, estou sendo muito mais feliz...pq como não fico esperando muita coisa, me animo o suficiente para seguir em frente, acabo curtindo mais o momento que realmente acontece a tal coisa tão esperada, kkkkk
    Eu tenho o livro de colorir!
    E estou me divertindo muito...mas sem neuras, sem comprar muitas coisas e ficar pesquisando técnicas e tal, no momento estou apenas curtindo colorir, e lógico qdo isso não for suficiente, lá vou eu procurar outras técnicas e materiais, kkkk
    Agora em relação à pessoas, estou muito mais cuidadosa...pois sempre a minha intuição me avisa, mas nunca dei ouvido, ai...aquela decepção tremenda, hj? Nossa, as vezes fico um pouco na esperança de eu estar errada, mas fico mais na minha dando tempo ao tempo para ter certeza, kkkk
    A Vida é assim mesmo...temos que ser mais leve e viver o Momento Presente!!!!! Assim seremos mais felizes...Acho q. é por isso que criança é Feliz!!!!!
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Fã Page

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu vi um pessoal que estava desenvolvendo técnicas para pintar os livros para colorir e achei de uma besteira sem precedentes. Seria a mesma coisa que eu querer tomar um banho de mar ou de banheira para desestressar e vir alguém me dizer que tinha técnica para isto. Esta histórioa de técnica tira o tesão do ato!

      Excluir
  14. Oi Betty
    Não tem como não criar expectativa em torno de alguém ou algo, uma viagem, um presente, algum evento significativo, é impossível. Contudo, como você comentou, precisamos brecar a imaginação, e situar sempre mais baixo, aí sim, talvez fiquemos surpreendidas.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  15. Eu sou a rainha da expectativa e vivo me frustando! Sobre o livro minha experiência ainda foi pior, ele me estressou ao máximo, já passei pra frente! Me decepciono muito com pessoas, pois sempre acho que farão comigo o que eu faria com elas e isso é uma ilusão enorme! Gostaria muito de uma fórmula para mudar isso em mim...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esqueci de falar sobre isto. eu sempre julgo as pessoas por mim, então espero que as pessoas façam por mim, o que eu faria por elas. Levo cada tombo!

      Excluir
  16. Acredito que conforme vamos amadurecendo vamos diminuindo nossas expectativas e dando lugar a crenças mais reais.Assim como vc. também criei expectativas com lugares e pessoas e me decepcionei como a maioria das pessoas. Hoje já não sofro com estas decepções porque aprendi a usar meu mecanismo de defesa que é deixar acontecer para ver o que é e o que vai ser ou o que pode ser em todas as áreas, assim não fico colocando uma grande energia para não correr o risco de dimensionar o que é comum. Beijos
    www.brasildobem.net



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Janeisa,
      Vc é a segunda que fala em amadurecer, e daí eu caio na mesma coisa... eu devo estar amadurecendo mal, pois crio expectativa até com livro de colorir, imagine o resto.

      Excluir
  17. Hahaha olha eu ai, sempre criando expectativa.....Já quebrei muito a cara, mas a gente vai aprendendo. beijos

    ResponderExcluir
  18. Betty querida,
    Já tive muitas decepções por criar expectativas demais, mas a melhor lição
    é que a gente aprende muito e como aprende, rsrs.

    Bjs, sucessos sempre! ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu aprendo no momento, mas depois vou esquecendo e lá vou eu de novo!

      Excluir
  19. Acho que não tem muito jeito... a gente acaba criando expectativas, especialmente quando desejamos muito alguma coisa. O importante é ter os pés no chão e estar preparado para surpresas.

    ResponderExcluir
  20. As expectativas podem nos frustrar bastante quando alguém as cria em nós e depois descobrimos que as coisas não são bem por aí. Nem sempre as coisas vão se cumprir como queremos, além do mais nem todo mundo tem a mesma visão sobre tudo, então às vezes uma pessoa acha que algo é maravilhoso, mas nós não vamos achar que seja tudo isso e vice-e-versa porque as experiências são bem diferentes.

    http://doce-madreperola.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que a diferença de experiências de vida conta muito diante de uma determinada situação, mas nem sempre tomo o cuidado de não me entusiasmar com o entusiasmo alheio, e daí me decepciono.

      Excluir
  21. tai algo dificil de fazer não criar as expectativas, gostei do post parabens

    ResponderExcluir

Voltar ao topo
© Gosto disto!
Todos os direitos reservados.
Personalizado por: Elaine Gaspareto
imagem-logo