Linguagem corporal dos gatos


Linguagem corporal dos gatos


Quem me conhece há um tempinho sabe que eu sou gateira. Tenho 6 gatos e  gatos são animais especiais com uma linguagem corporal toda deles.

Diferentes dos cães, que tem uma musculatura facial rica, o que faz com que eles sejam expressivos, os gatos têm expressão facial pobre, por falta de musculatura, então, para entender um gato, não basta olhar para a carinha, tem que atentar para a sua linguagem corporal.

Quando encontrei o infográfico abaixo, me apaixonei, então fui atrás e descobri uma ilustradora brasileira fantástica: Pri Ferrari. O seu blog Cadê O Meu Café? não tem uma interface muito bem cuidada, mas esqueça este detalhe e se encante com as suas ilustrações, que são tudibão.


Linguagem corporal dos gatos


Espero que este infográfico ajude você a entender melhor o seu bichano.

Não tem um gato?!? Então não sabe o que está perdendo...

Vixe! Quase ia me esquecendo! O lindo da foto é o Fidel, meu gatinho que não bate muito bem.


Participe do sorteio, basta clicar no banner
Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

13 comentários:

  1. Amoooo esses bichanos. *-*
    É bem curioso esses comportamentos, a minha quando quer comer tbm se esfrega nas pernas, isso quando eu não dou atenção à ela. kkkkk
    Bjos.

    http://as-coisas-mais-doces.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Muito interessante! Agora vou entender melhor o "PuPi"!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Oi Betty, ameeeei!
    Seu Fidel é lindo!
    O infográfico é excelente, minha Bianca é exatamente assim, eu consigo "conversar" com ela, até porque ela é faladeira.....Ela é meu primeiro gato, só tive cães porque minha mãe detestava gatos.
    Mas estou encantada!!!
    Na verdade, foi ela quem me escolheu já adulta e isso derrete o meu coração...
    Daqui para a frente quero ter muuuuitos gatos!
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi Betty, não tenho bichinhos de estimação, mas minha irmã tem o Kiri, um gato igualzinho o da foto acima, qdo vou lá ele se enrosca todo na minha perna, ás vezes nem me deixa caminhar, rs. Vou mostrar o infográfico pra ela.
    Bj e bom fds.

    ResponderExcluir
  5. Que fofo é o Fidel! Eu não tenho gato, mas tenho um cachorro já bem velhinho. É o mimo da casa. Bjs

    ResponderExcluir
  6. Fidel é um gato! Amei o infográfico, não tenho gatos , só uma cadelinha hahah

    Beijos e um bom final de semana!
    Blog DMulheresInstagram

    ResponderExcluir
  7. Bom dia, Betty, amei o infográfico!
    Quem é gateira, conhece bem seus bichanos, só que eu não entendo, porque meus gatinhos ficam o tempo todo me rodeando, esparramados em minha cama e, é só chegar alguém em casa, eles fogem para o mato...
    Tenha um excelente final de semana, abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderExcluir
  8. Oi Betty... muito legal o infográfico... o Louis, nosso gato/filho é tudo isso que está aí, mas ele quase nunca fica bravo, é bem calminho, rsrsrs
    Beijosss

    ResponderExcluir
  9. Os gatos são muito fofos, né, Betty? Adoro eles!!Já aprendi a conhecer a linguagem corporal. Essa da piscada longa, eu digo que eles estão sorrindo. Mas fiquei curiosa.... por que o Fidel não bate muito bem? Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Fidel é estrábico, então ele fica procurando foco para enxergar, ele mia muito alto e mia sem motivo, anda aos pulos, fica sempre com o rabo para cima, como se fosse um quati. Ele é todo diferente, mas isto faz que seja muito querido.

      Excluir
  10. Sou mãe de quaro meninos, cada um bem diferente do outro. O pai de todos é super temperamental e ranzinza. Mesmo assim conseguimos lidar bem com ele, e ele consegue lidar bem com os outros. Adorei o post!


    dresstolovebr.blogspot.com

    ResponderExcluir

Voltar ao topo
© Gosto disto!
Todos os direitos reservados.
Personalizado por: Elaine Gaspareto
imagem-logo