10 Livros apaixonantes para ler nas ferias

12 de janeiro de 2017 28 comentários

Livros apaixonantes para ler nas ferias


Não sou uma grande leitora, pois o blog me consome muito tempo, mas procuro ler o que de melhor foi lançado pelas editoras. Em 2016 li bem mais do que 10 livros, mas este post ficaria imenso se colocasse todos, Então separei os 10 livros apaixonantes que li em 2016, pois creio que você poderá ler nas férias e se apaixonar por eles também.

Eu dei nota aos livros de uma a cinco estrelas e separei aqui apenas os livros quatro e cinco estrelas que li em 2016, também eliminei os livros de contos e me foquei mais em romances, mas coloquei uma biografia.

Condensei ao máximo cada resenha, para que você possa ter uma ideia do livro, mas que não durma antes do post chegar na metade. Creio que este post poderá ajudar a quem gosta de ler em qualquer época, mas que pode aproveitar as férias para ler mais.

Peço desculpa por não tirar uma foto dos livros que li, pois eu leio apenas e-books no tablet e não livros de papel, então usei uma foto do Pexels.


Os livros estão em ordem alfabética...


A História Secreta - Donna Tartt


1. A História Secreta – Donna Tartt 

⭐⭐⭐⭐⭐

Se você leu O Pintassilgo, de Donna Tartt, então já se apaixonou pela autora. Se não leu, então leia, pois é literatura de primeira. A História Secreta foi escrito antes de O Pintassilgo e, embora não seja um livro tão incensado, também é uma obra magistral.

A História Secreta conta a história de Richard Papen, um aluno que foi aceito numa das melhores e seletas universidades americanas, e mais do que isto, ele acaba por ser aceito no curso sobre a Grécia Antiga, ministrado pelo professor Julian, que um top intelectual da universidade. A turma de Julian só tem cinco alunos além de Richard e todos são bem elitistas, diferentes do protagonista principal, que veio da Califórnia, de uma família de classe média baixa.

Richard Papen passa a integrar esse grupo e nesse círculo fechado ocorrem várias discussões filosóficas, viagens, porres homéricos e até mesmo orgias. O problema é que o grupo perde o freio moral e acaba por cometer assassinato.

Não vou me adiantar mais, mas você, como leitora, terá a sensação de estar fazendo parte da história, ou ao menos ouvindo a confissão do narrador em tom sussurrado e bem secreto.



As Irmãs Romanov - Helen Rappaport


2. As Irmãs Romanov – Helen Rappaport 

⭐⭐⭐⭐

Fiquei sabendo deste livro através da resenha feita por Adriana Balreira, em seu blog.

O livro mostra desde o casamento de Alexandra com Nicolau, ou mesmo antes disto, pois mostra as origens familiares de ambos os czares.

Através da história das grã-duquesas: Olga, Tatiana, Maria e Anastácia, bem como de seu irmão Alexei, a autora vai mostrando a derrocada do império e a revolução bolchevista.

A família Romanov era uma das famílias mais fotografadas de sua época. O livro é cheio de fotos e através delas dá para acompanhar a trajetória dos Romanov até o exílio, que acaba com a execução de toda a família.

É um livro interessante e envolvente, pois não se atem apenas aos fatos históricos, mas mostra também a personalidade de todos os envolvidos na trama, inclusive Rasputin, um charlatão de quem a família real pensava depender para manter o herdeiro Alexei vivo, pois ele sofria de hemofilia. A presença de Rasputin acelerou os nefastos acontecimentos para a família.


Caçando Carneiros - Haruki Murakami


3. Caçando Carneiros – Haruki Murakami 

⭐⭐⭐⭐⭐

Sou apaixonada por Haruki Murakami e estou consumindo avidamente tudo o que ele escreveu ou escreve. Muitas frases que coloco aos sábados, aqui no blog, são do Haruki Murakami, e preciso me segurar para não ficar só postando frases dos livros dele.

Os enredos de Haruki Murakami transitam entre o real e o onírico, mas são tão bem escritos que você lê sem espanto, como se tudo aquilo fosse normal e possível.

Em Caçando Carneiros, o personagem principal é dono de uma agência de publicidade e usa uma foto com carneiros em um anúncio. Alguém o procura querendo saber como ele conseguiu aquela foto e porque a usou. Um dos carneiros da foto é muito especial e ele vai precisar descobrir onde essa foto foi tirada e onde está esse carneiro, pois este animal-humano, ou homem-carneiro, é um ente que pode interferir no destino do mundo e da humanidade.

Nesta breve resenha pode parecer que o tema é muito fantástico, mas sob a batuta de Haruki Murakami tudo parece muito plausível.


Kafka à beira mar - Haruki Murakami


4. Kafka À Beira Mar – Haruki Murakami 

⭐⭐⭐⭐⭐

O livro tem dois protagonistas, Kafka Tamura e Nakata. Kafka Tamura é um adolescente que foge de casa em busca da mãe e da irmã, de quem só tem uma fotografia. Nakata é um deficiente mental de 60 anos que possui o dom de falar com os gatos e se fazer entender por eles. As estórias de ambos correm paralelamente.

Este é um dos livros mais oníricos de Haruki Murakami e é recheado de símbolos e simbologias.

Enquanto a gente observa o desenrolar da vida e jornada de Nakata, a gente vive a jornada de Kafka. Não tem como não se apaixonar por ambos.


É um livro poético com elementos surreais, mas como tudo que Haruki Murakami escreve, é muito verdadeiro.


Middlesex - Jeffrey Eugenides


5. Middlesex – Jeffrey Eugenides

⭐⭐⭐⭐

Este é mais um livro do qual tomei conhecimento através do blog da Adriana Balreira.

Jeffrey Eugenides é o autor de As Virgens Suicidas, que virou filme dirigido por Sophia Coppola, mas todo mundo que leu os dois livros diz que Middlesex é muito melhor do que As Virgens Suicidas.

Middlesex conta a vida de Cal Sthephanides ou Calíope Sthephanides, pois Cal está com 41 anos, nasceu em 1960, é homem e mora em Berlim, mas até a adolescência ele era Calíope. Cal é um pseudo-hermafrodita e foi criado como menina.

Cal narra a sua estória desde antes de seu nascimento, quando os seus avós ainda estavam na Grécia, como vieram para os EUA, e vai contando a história dos EUA e dos grandes acontecimentos mundiais, como a Grande Depressão dos anos 30, a Lei Seca, o crescimento de Detroit como a cidade dos carros, o levante contra a Segregação Racial em Detroit de 1968, e por aí vai.

O livro é escrito em flashes do passado e momentos do presente.

Embora seja um livro de muitas páginas, é um livro para ser devorado em um só fôlego, pois prende a atenção da primeira à última página.


Norwegian Wood - Haruki Murakami


6. Norwegian Wood – Haruki Murakami

⭐⭐⭐⭐⭐

Norwegian Wood é uma música dos Beatles, e é uma música bem estranha, na qual eu nunca tinha prestado atenção até ler o livro do Haruki Murakami. Assim que começar a ler o livro, coloque Norwegian Wood para tocar, pois vai dar um significado especial a sua leitura.

Norwegian Wood é o livro menos onírico que li do Haruki Murakami até agora (ainda não li todos os livros dele), mas ainda assim tem aquele contexto estranho e envolvente que só ele consegue criar.

O livro é narrado por Watanabe e conta o seu relacionamento com Kizuki, um amigo da adolescência, e da namorada dele, Naoko.

É um livro suavemente triste, pois trata de pessoas que se suicidam e Haruki Murakami mergulha no universo destas pessoas, não para recriminar, mas de certa forma entender este tipo de atitude.

Existe um filme japonês baseado no livro, mas todo mundo que assistiu desaconselhou, por não ser bom.



O Jogo do Anjo - Carlos Ruiz Zafón


7. O Jogo do Anjo – Carlos Ruiz Zafón

⭐⭐⭐⭐⭐

Eu li os livros da trilogia que trata do Cemitério dos Livros Esquecidos fora de ordem e O Jogo do Anjo foi o último que li, mas dá para ler em qualquer ordem e um livro é independente do outro trazendo uma estória completa em si mesmo.

David Martín teve uma infância miserável, daquelas que tem tudo para transformar um ser humano num marginal ou num escritor, e ele escolheu ser escritor.

Entre um lance de sorte e outro acabou por trabalhar em um jornal e sendo protegido pelo editor.

Tudo corre relativamente bem para David Martín, mas sua saúde começa a deteriorar e ele parece estar condenado a uma morte prematura.

Um dia conhece Andreas Corelli, um misterioso editor, estrangeiro (de onde ele é fica meio indefinido), que o contrata para escrever um livro mediante uma alta soma de dinheiro. A simples aproximação deste editor restabelece a saúde de David Martín, mas isto vai ter um preço a pagar e o preço é bem alto.

Se você assistiu ao filme Coração Satânico, de 1987, baseado no livro de William Hjortsberg, com Robert De Niro e Mickey Rourke, vai traçar um paralelo entre ambos, pois algumas cenas são muito parecidas, e depois de um tempo eu comecei a acreditar que o desfecho seria o mesmo, mas o livro tem um final bem diferente do filme. Se você leu o livro, então procure assistir ao filme, pois, certamente, encontrará semelhanças entre ambos.


O Prisioneiro do Céu - Carlos Ruiz Zafón


8. O Prisioneiro do Céu – Carlos Ruiz Zafón

⭐⭐⭐⭐

Quem leu a Sombra do Vento, de Carlos Ruiz Zafón, com certeza se apaixonou pelo clima noir do livro, com muito mistério e uma pitada certeira de suspense.

O Prisioneiro do Céu é praticamente uma continuação de A Sombra do Vento, mas nada impede que você leia este livro sem ter lido o primeiro, pois ele é interessante por si só e tem vida independente.

Daniel Sempere e Fermín, heróis de A Sombra do Vento, aparecem neste livro, mas Daniel está casado, tem um filho e mora em um apartamento em cima da livraria de seu pai, onde trabalha.

O enredo começa a se desenrolar quando um personagem misterioso entra na loja e pede por uma edição rara de O Conde de Monte Cristo. Ao comprá-lo, por uma fortuna, escreve uma dedicatória para Fermín:

 "Para Fermín Romero de Torres, que retornou de entre os mortos e tem a chave do futuro". 

Se você gosta de mistério e suspense, então vai amar a trilogia formada por:
O Jogo do Anjo
A Sombra do Vento
O Prisioneiro do Céu

Embora A Sombra do Vento tenha sido publicado antes dos outros dois livros, pela ordem cronológica dos fatos narrados, o primeiro livro é O Jogo do Anjo.


Uma Vida Pequena - Hanya Yanagihara


9. Uma Vida Pequena – Hanya Yanagihara

⭐⭐⭐⭐⭐⭐⭐⭐⭐⭐

Com certeza foi o melhor livro que li em 2016, pois para dar estrelinhas de um a cinco, eu daria dez estrelas para este livro.

Uma Vida Pequena conta a história de quatro amigos de faculdade, que continuam a amizade pela vida adulta: Willem, Malcolm, Jude e JB. No decorrer da narrativa, a vida de Jude vai ganhando destaque e se tornando o tema central do livro.

Não é um livro fácil de ler por ser um livro denso, verdadeiro e muito triste, mas na medida em que a gente se envolve no enredo, passa a fazer parte dele e, embora seja um livro de mais de 700 páginas, no final você vai acabar desejando que tenha muitas páginas mais. Eu não queria que o livro chegasse ao fim!

No Brasil o livro não está fazendo tanto sucesso como tem feito no resto do mundo e nos EUA você pode encontrar camisetas, eco bags e outros objetos com referências aos personagens do livro.

Uma Vida Pequena é um romance psicológico que pode ser comparado a Anna Karenina, de Tostói, Crime e Castigo, de Dostoiévski, Cem Anos de Solidão e outros romances de peso da literatura mundial. Para ler, pensar e até perder o sono em algumas noites.


Vá, coloque um vigia - Harper Lee


10. Vá, coloque um vigia – Harper Lee

⭐⭐⭐⭐

A autora Harper Lee escreveu dois livros, este e O sol é para todos. O sol é para todos virou filme e foi um sucesso. Ele conta a estória de Atticus, um advogado viúvo, de uma cidadezinha do interior, que cria dois filhos praticamente sozinho. Scout, a garotinha é uma personagem cativante e através dos olhos inocentes dela vemos o seu pai Atticus defender um negro de um estrupo que não cometeu, num estado racista.

O sol é para todos é um manifesto contra o racismo.

O segundo livro foi publicado há pouco tempo, quando a autora já estava idosa e vivia numa casa de repouso, após um AVC. Tudo indica que ela não queria publicar Vá, coloque um vigia, e que o consentimento foi obtido de maneira fraudulenta.

Em Vá, coloque um vigia, Scout já está adulta e vai visitar o pai, que continua na mesma cidadezinha. A autora muda completamente a personalidade de Atticus e, de um combatente do racismo, se transforma em racista!

O livro é bem escrito, envolvente e merece ser lido, mas é um livro menor se comparado com O sol é para todos, e é de certa forma decepcionante.


Eu sempre digo que a vida é muito curta para ler livro ruim, então se começo a ler e percebo que o livro não é bom, largo e passo para outro. Tenho uma lista de mais de 50 livros para ler e acho que não vai dar tempo nesta vida, pois sempre que risco um título como lido, logo aparece outro ou outros que eu também quero ler, e a lista só cresce.

Você lê muito? Está lendo algum livro apaixonante nestas férias? Qual?

Tem algum livro especial que você recomendaria?

Beijinho da blogueira

Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

28 comentários :

  1. Vários títulos interessante,Betty, porém pra mim, não sobra tempo nas férias,rs...Faço de tudo, menos conseguir ler um livro inteiro nelas..Faltam dias!rs...bjs praianos,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Chica,
      Não dá para ler todos os 10 livros nas férias, mas alguns deles sim. Leio quando estou no carro de carona,ou pegando sol...
      Bjs

      Excluir
  2. As irmãs Romanov está na linha lista de metas literárias para este ano e tudo culpa da Adriana Balreira.
    Me interessei por O jogo do anjo, já tá anotado.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que vc vai se apaixonar, mas isto se vc gostar de suspense.

      Excluir
  3. Betty,
    amei sua lista e amei saber que alguns livros te inspirei. Amo o Murakami e tenho que ler mais alguns dele, já que li um que era continuação do Caçando Carneiros e meio que fiquei boiando um pouco na história do homem carneiro...rsrs... :)
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu cometi o mesmo erro que vc com o Murakami, mas ele sempre vale à pena.
      Eu fico no aguardo das suas indicações, não tenho tempo de ler todos, mas amo aquilo que vc resenha.

      Excluir
  4. Betty
    Muitos livros bons, me parece. Estou em débito com a leitura, faz tempo. Sem conseguir me concentrar em nenhum momento hahah Aff isso é estressante demais. Muitos daqui vão para minha lista.
    Beijos e um excelente dia!
    DMulheres@_sheylaxavierFanpage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Blogar atrapalha um bocado a leitura e eu passei a ler menos com o blog, mas não abandonei totalmente.

      Excluir
  5. Oi, Betty.
    Não li nenhum dessa lista. Comecei a ler um de contos do Nikolai Gogol.
    beijos,
    Greyce

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Greyce,
      Do Gogol eu li "Almas Mortas", um livro inacabado, mas é impressionante, pois descreve a escravidão dos servos na época dos czares.
      Adoro os autores russos.
      Bjs

      Excluir
  6. Uma seleção de livros interessantes Betty!
    Fiquei curiosa pra ler As Irmãs Romanov *--*
    Tenha um 2017 abençoado e cheio de coisas boas <3

    Beijos,
    Pri
    www.vintagepri.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pri,
      Acho que vc vai gostar, sim, e tem fotos bem vintage.
      Bjs

      Excluir
  7. Betty, já peguei a dica de "Uma Vida Pequena". Destes li 3: O Jogo do Anjo, O Prisoneiro do Céu e Vá, Coloque um Vigia.Este último me decepcionei, porque depois que se lê O Sol É Para Todos, considerado um dos melhores livros de todos os tempos, a leitura da continuação, um ano antes da morte de Harper Lee, a gente se decepciona e muito. Acho que ela já estava meio fora da casinha. beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Janeisa,
      Acho que ela não estava bem e que não tinha intenção de publicar "Vá, coloque um vigia", mas sabe que ele foi escrito antes de "O sol é para todos"? Fica a dúvida: qual era a real personalidade do Atticus?
      Bjs

      Excluir
  8. Oi Betty, desta lista eu não li nenhum, mas me interessei muito por "Uma Vida Pequena"... terminei "Dragão Vermelho" de Thomas Harris pois só estava faltando este para a coleção "Hannibal" (sou fã)... dicas anotadas!!!
    Beijosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jane,
      Não sabia desta coleção,vou procurar saber mais.
      Bjs

      Excluir
  9. Oi, Betty. Ano passado li muitos livros mas todos de cunho espiritual: uns sobre Hinduísmo e outros da doutrina Espírita, li alguns romances espíritas também. Então, em outubro do ano passado, comecei com A vida pequena que acabei agora há pouco com lágrimas nos olhos. Curioso que, após ler um pouco sobre a Doutrina Espírita, acabei entendendo porquê algumas pessoas sofrem tanto na vida, como Jude. As séries e os filmes me afastaram bastante da leitura, porque sempre li muito, mas agora com a NetFlix na minha vida, confesso que ela ficou muito de lado. Estou disposta a comprar outro livro, indicado por um amigo chamado O assassinato do Arquiduque.
    Beijos carinhosos,
    Denise
    https://www.facebook.com/50modaebeleza

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Denise,
      Depois me conte se o novo livro é bom.Que bom que vc gostou.
      Bjs

      Excluir
  10. Oi Betty
    Procuro descansar e a leitura é uma ótima opção de lazer.
    Gostei das resenhas e já anotei alguns títulos
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi Betty
    Eu sou ávida por livros, não fico um dia sequer sem ler algumas páginas, quando não tenho nada novo pra ler, pego os meus preferidos e leio novamente.
    Da sua lista já li O Sol é para todos e já vi o filme.
    Interessei-me por vários que você citou, vou anotar os nomes.
    Post delicioso.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cissa,
      Quero muito assistir "O sol é para todos!, mas não sei onde encontrar.
      Bjs

      Excluir
  12. Gostei das dicas, vou tentar algum deles ! Obrigada Betty, beijo para voce ;**

    ResponderExcluir
  13. Terminei sorrindo, pois é minha também essa ideia de que não haverá tempo nesta vida para tudo que acumulei para ler... apesar disso desejei muito o "Caçando carneiros".... foi pra lista, rs
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc vai amar e vai se viciar em Murakami, como eu.
      Bjs

      Excluir
  14. Adorei as sugestões! Se você gosta de romance histórico, não deixe de ler "Beije-me onde o sol não alcança", da Mary del Priore, e "Mundos de Eufrásia", da Claudia Lage. Duas belas histórias, e muito bem escritas também!

    ResponderExcluir
  15. Nunca li nenhum desses, mas eu amo ler.
    www.alecrimdouradosc.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Olá Betty! Conheci seu blog pelo da Adriana. Alguns na sua relação já tenho na listinha de espera(rs), os do Murakami não conhecia, então já vão pra listinha. Eu e minha filha amamos ler. Leio bastante e gêneros variados. De momento estou lendo 'A cruz de cinza - Fran Zabaleta e o livro Tecendo o fio de ouro - Maria Emmir O. Nogueira, bjs!https://qualismatertalisfilius.blogspot.com.br

    ResponderExcluir



SUBIR