Estrelas além do tempo – uma história que merece ser conhecida

10 de fevereiro de 2017 19 comentários



“Estrelas além do tempo” é um filme baseado na realidade, daqueles que no final aparecem fotos e notícias atuais das pessoas que viveram aqueles acontecimentos. Este tipo de filme quase sempre é emocionante e “Estrelas além do tempo”, não foge à regra.
  

Breve resenha


Estrelas além do tempo (indicado ao Oscar de melhor filme e roteiro adaptado) conta a história de três amigas funcionárias da NASA – Katherine, Dorothy e Mary - que fizeram parte de uma das maiores operações espaciais da história norte-americana e se tornaram verdadeiras heroínas da nação. Isso seria natural se elas não fossem negras e tivessem vivido nos anos 60, época em que a segregação racial as faziam trabalhar, almoçar e usar banheiros separados dos brancos. Imaginem o preconceito que tiverem de enfrentar dia após dia, numa área majoritariamente masculina?




Katherine (representada pela atriz Taraji P. Henson) é uma matemática brilhante que vai trabalhar no meio de uns 15 homens brancos sob a supervisão de um ciumento Paul (Jim Parsons, o Sheldon Cooper, da série The Big Bang Theory, fazendo papel sério) que tenta sabotá-la e que, por sua vez, está subordinado ao chefão Al Harrison (Kevin Costner, ainda um gato).

Já a matemática Dorothy (Octavia Spencer, indicada ao Oscar de melhor atriz coadjuvante) chefia um departamento de moças negras e é surpreendida com a chegada à NASA do primeiro computador IBM. Pois ela estuda sozinha a engrenagem daquele monstrengo e não só se sai brilhantemente na tarefa, como coloca no chinelo um grupo de homens brancos e jovens. Só vendo...

Por último, mas não menos importante, vem a Mary, que não vê outra saída senão entrar com uma ação na Justiça para ser autorizada a frequentar as aulas de engenharia na Faculdade de Virgínia, onde não era permitido o ingresso de pessoas de cor. Percebeu o desafio de cada uma delas?




Porque assistir


O filme é um melodrama? Sim, e traz um monte de clichês. Chega a ser previsível em alguns momentos. Mas quem não vibra com o triunfo de pessoas que deram o sangue por um ideal? Quem não se comove em ver três mulheres progredirem tanto em suas carreiras numa época em que isso sequer era permitido? Vocês vão torcer por essas mulheres tão corajosas, festejar cada vitória e se emocionar. Eu chorei todas com Estrelas além do tempo.




Preste atenção


Kevin Costner, ao contrário do que se imagina, não interpreta um diretor linha dura. Na verdade, ele é um fofo. Há uma cena em que ele reclama que Katherine se ausenta todo dia durante muito tempo e pergunta na frente de todos “onde está ela?”. Neste momento, ela chega e responde que precisa se ausentar para ir ao banheiro de “pessoas de cor” num prédio a quase 1km de onde trabalha. Todos ficam em silêncio e Harrison tem uma atitude... Ah, não posso contar.

Há outra cena ótima em que Katherine – com o apoio de Harrison – participa de uma reunião exclusivíssima só de homens de alto escalão e, claro, brancos. Dá um frio na barriga só de se imaginar na pele dela (sem trocadilhos). Haja eficiência para não errar um número ou sua reputação estaria arruinada.




Moda e Figurinos


As três personagens não são ricas, mas se vestem dignamente e conforme o costume dos anos 60. 

Como eram funcionárias de uma grande empresa como a NASA, elas usam muito terninho ou vestidos midi rodados em tons sóbrios.

Os twin-sets, aqueles conjuntinhos de blusa e casaquinho por cima, geralmente de lã ou linha, também aparecem muito pois eram muito usados por mulheres que trabalhavam fora naquele período. 
Você ainda vai se deliciar com chapéus, óculos de armação gatinho (adoro) e broches.

Há uma passagem muito curiosa em que a Katherine chora dizendo que não tem um colar de pérolas. Isso porque, naquela época, era considerado uma joia que simbolizava uma camada mais alta da sociedade. E essa particularidade ganha destaque no filme de maneira bem bacana.  




Além de serem profissionais competentes, o filme mostra também o outro lado da vida das três. Suas famílias, maridos e uma delas conhece um homem super bacana. Isso durante um período de muito estresse em que o primeiro astronauta norte-americano – John Glenn – entraria em órbita da Terra. Fico imaginando se eu teria cabeça para namorar no meio de tanta pressão no trabalho...

Enfim, Estrelas além do tempo, é um drama biográfico de figuras que não devem mesmo permanecer escondidas.






Todas as fotos são de divulgação do filme.
Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

19 comentários :

  1. Que legal! Fiquei curiosa! Lindo fds! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Que legal! Eu tinha visto esse filme para assistir, mas nunca cheguei a ler a resenha! Parece um bom filme para ver no final de semana.

    Beijos
    http://orangelily.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse filme levanta o astral, Lilian! Bom fim de semana! Denise

      Excluir
  3. com certeza quero mt ver esse filme, preciso começar minha maratona oscar logo, esse filme parece incrivel, ótima tematica

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale a pena assistir. A luta delas não é fácil, mas elas são corajosas! Denise

      Excluir
  4. Parece mesmo um filme recheado de clichês ~ mas quem não gosta de ver uma história de sucesso, né? Colocando a indicação na minha listinha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Vá ver o filme com esse espírito! Bom fim de semana! Denise

      Excluir
  5. Estou super ansiosa pra ver esse filme. Primeiro por ser um fato histórico, e como prof de história, amo filmes assim rsrsrs... Segundo por conta dos figurinos maravilhosos!!!

    bjs

    Inajara

    www.vintageandgeek.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O filme é contagiante. Acho que você vai gostar! Bom fim de semana!

      Excluir
  6. Hello, Betty!
    Eu amo filmes, boa pedida para esse fim de semana, parece ser ótimo!

    Beijinhos, tudo de bom pra ti ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Andréa. Tudo bem? O filme é bacana, sim. Vá assistir e conte pra gente o que achou.(Hoje quem escreveu o post fui eu) Beijos pra você

      Excluir
  7. Quero ver este filme, adorei a resenha, deixou-me curiosa.
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Maria Célia. Veja sim e conte depois o que achou. Bom fim de semana. Um beijo

      Excluir
  8. É para sair do cinema feliz por ter conhecido a história delas. Gosto de filmes sobre pessoas que não aceitam injustiças e lutam para mudar a realidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, você vai gostar desse filme. Boa sessão pra você! Denise

      Excluir
  9. Oi Denise, este filme eu verei com certeza, eu amo roteiros baseados em histórias que realmente aconteceram... Beijosss

    ResponderExcluir
  10. Oi, Jane. Também gosto. Adoro quando no final a gente vê as fotos das pessoas reais. É bem bacana. Acho que você vai curtir. Bom cinema e bom fim de semana. Um beijo

    ResponderExcluir



SUBIR