As pessoas mais bonitas do mundo

10 de maio de 2017 20 comentários

As pessoas mais bonitas do mundo


Minha filha namorou bastante tempo um cara que não era o genro que eu esperava para minha princesa (mas ninguém seria, afinal minha princesa sempre merecia mais!) e ao terminar com ele, ela concluiu que ele não a amava, pois ele disse para ela que não estava esperando uma grande beleza dela, que existiam garotas mais bonitas do que ela (eu não acho), mas que gostava dela pela pessoa que ela era. Daí ela me disse: “Não importa o aspecto da pessoa, quando a gente ama, acha a pessoa linda. Se ele não me achava bonita, era sinal de que não me amava”.

Minha filha estava certa! Para mim, a garota mais bonita do mundo é minha filha, pois eu a amo, e, como toda mãe, não vejo defeito nela. Meu marido é lindo também! Eu olho para ele e não vejo outro homem mais bonito do que ele. As pessoas mais bonitas do mundo, para mim, são as pessoas que eu amo.

Quando eu era criança e estava no Jardim da Infância (sei lá como chamam hoje, já mudou tanto de nome), do Colégio São José, eu vivia falando de uma tal Irmã Inezinha e a descrevia “tão linda como Nossa Senhora”. Minha mãe ficou curiosa para conhecer a tal Irmã Inezinha e só depois de adulta é que ela me contou que a minha querida Irmã Inezinha era uma freira baixinha, usava óculos grossos e tinha um buço que deixava Frida Kahlo no chinelo, mas eu amava a Irmã Inezinha e a via com meus olhos amorosos de criança.

Pergunte para uma criança qual é a mulher mais bonita do mundo e ela vai dizer que é sua mãe, e não vai estar mentindo, pois seus olhos vão ver a beleza através das lentes do amor que ela sente pela mãe.

Eu não quero entrar muito neste assunto, mas minha mãe não batia muito cré-com-lé e um dia, vendo a Maria Fernanda Candido na televisão disse que gostaria de ter uma filha tão bonita quanto ela, ao que meu marido retrucou, que eu era mais bonita do que a Maria Fernanda Candido (eu não sou, mas ao menos tenho alguém que me acha linda). Minha mãe soltou um muxoxo e deu uma risadinha: não eu não era bonita, nem como a atriz e nem como outras pessoas que ela desejaria ter como filha. Eu nasci para tapar o buraco deixado pela morte do meu irmão, e minha mãe idealizou que eu seria homem, loiro (ele era loiro) e com olhos claros (um bônus que ela idealizou para a criança perfeita que viria). Quando eu nasci morena e mulher, virei uma decepção para ela, uma decepção que ela nunca perdoou.

Minha mãe me amava lá do jeito dela, mas não me traumatizou, pois eu tinha a minha madrinha que supriu toda deficiência de afeto que eu poderia vir a ter. Para minha madrinha eu era a menina mais bonita do mundo, e para meu pai também.


Se o seu marido, namorado, namorido reclamar do seu aspecto, comece a questionar se ele realmente ama você. Olhe para quem está do seu lado: você acha ela ou ele lindo? Fale a verdade, tem alguém mais bonito que seu marido? Mais bonitos que seus filhos? Não tem! Existem pessoas lindas no mundo, e eu estou falando do aspecto externo mesmo. É claro que o Gianecchini é lindo, que todo mundo é sensível à beleza do Brad Pitt, mas isto não altera o fato de que quem amamos é muito mais!




Foto montagem: Betty Gaeta. Desconheço a autoria das fotos.
Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

20 comentários :

  1. Betty
    Ótimo post! Amei o jeito de você lidar com sua mãe! Não traumatizou e isso me deixa super feliz. Sim, os olhos do amor, é mesmo o do coração ahahah Eu acho minha linda demais e ela é kkk
    Ainda ando por aqui na Espanha, mas a saudade do blog (lindo que tenho) é mais forte do que tudo e continuo a postar.
    Beijos,
    DMulheresInstagramFanpage

    Beijos,
    DMulheresInstagramFanpage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sheyla,
      Minha mãe tentava, mas acho que nasci com o couro duro e ela não conseguia. rsrsrs
      Bjs

      Excluir
  2. Que lindo texto,Betty! E claro que tua mãe devia te achar linda, apenas não sabia dizer como tua madrinha! O amor faz mesmo ver beleza, ainda bem,rs...bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha mãe era diferente das pessoas "normais". Ela teve uma infância muito traumática e isto refletia na vida deal.

      Excluir
  3. É isso. Achamos muitas pessoas lindas, mas quem amamos é a mais linda de todas.
    Bonito texto.
    joturquezzamundial
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Não acho a beleza física tão importante,quantos outros adjetivos de uma pessoa.Exemplo:o namorido da minha irmã,ele não é bonito,mas é difícil encontrar quem não conheça aquele cara e não goste dele de primeira,agora ele tem um defeito imperdoável:é petista...aí eu não consigo perdoá-lo.

    bjs,Betty

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ter certeza que sua irmã acha ele lindo! pergunte para ela...

      Excluir
  5. que post mais bacana, beleza vai além da exterior, o que vem de dentro nos torna mt mais bonitos

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  6. Eu concordo com você se eu não achar o meu filho o mais lindo, ninguém vai achar.
    Acho uma grosseria o cara falar que não achava bonita mas gostava (tem coisa que não se fala), aliás se puder faça uma postagem sobre isso.
    Acho que beleza é relativa, mas todos somos perfeitos porque fomos criados aos olhos do Pai.
    Beleza eterna é passageira.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que ele quis elogiar e se deu mal! rsrsrs
      Gostei da sua sugestão.Vou pensar a respeito.
      Bjs

      Excluir
  7. Oi, Betty
    Já dizia o ditado "quem ama o feio, bonito lhe parece" Rsrs. Você conhece a fábula da A Coruja e A Águia? Ilustra bem essa situação.
    Se você gosta de poesia, leia a cena IV, ato I, da peça O Misantropo, de Molière, que ele diz assim (apenas um trechinho):
    "(...) A que é alta é uma deusa aos olhos dos mortais;
    A anã resume em si as graças celestiais;
    Faz jus a uma coroa a fronte da orgulhosa;
    A hipócrita é engraçada; a idiota é generosa;
    A faladeira tem agradável humor
    E a muda, a sonsa, guarda um honesto pudor.
    Quem sente no seu peito arder do zelo a chama,
    Ama os erros, até da pessoa a quem ama"
    Beijos
    Denise
    https://50modaebeleza.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Denise,
      Não conhecia o texto de Molière, mas achei sensacional! Vou procurar ...
      Bjs

      Excluir
  8. Hello, Betty!
    Ainda bem que a sua mãe não te traumatizou e você teve a sua madrinha para lhe dar amor.
    Tem tanto tipo de beleza, outros só são bonitos porque tem dinheiro e fama.
    Pra mim todo mundo é bonito, é único, só falta uma picada do "ricavirus" rsrs.

    Beijinhos ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrsrs Gostei desse ricavirus, onde consigo um?

      Excluir
  9. Betty,
    Concordo com você, não tem ninguém mais lindo que nossos amores. Não tem como compararmos. São as coisas mais lindas! Sem defeitos. E sua filha está certa, se o cara acha que tem mulheres mais bonitas que ela não a ama. Fato!
    beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  10. Betty, amei o post. Quando amamos, não vemos nem os defeitos....rs... O amor supera tudo!
    Bjks

    ResponderExcluir
  11. Oi Betty
    Gostei do tema de hoje, rende assunto até, mas não vamos nos alongar, é claro que acho minhas filhas lindas, mas nem por isto sou cega aos defeitos, às fraquezas delas.
    Meu marido é maravilhoso como ser humano, romântico, gentil, carinhoso,tem um coração de ouro, mas não é bonito fisicamente, vamos ser honestas, mas isto pra mim não tem a mínima importância.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  12. Oi Betty,
    Isso mesmo, a verdadeira beleza é vista com o coração, não com os olhos!
    Beijos,
    Ana

    ResponderExcluir
  13. Já dizia um velho ditado popular: "Quem ama o feio, bonito lhe parece"! Verdade verdadeira! Quem amamos, para nós, são os seres mais lindos e perfeitos do Universo!

    ResponderExcluir
  14. Adorei!! Ótima observação a da sua filha. As pessoas que amamos sempre são lindas aos nossos olhos.

    ResponderExcluir



SUBIR