10 Filmes emocionantes para o Dia das Mães

12 de maio de 2017 12 comentários

10 Filmes emocionantes para o Dia das Mães


O Dia das Mães é neste domingo e um bom programa pode ser assistir um bom filme sobre mães e filhos com a sua mãe ou com os seus filhos. Ainda que sua mãe não esteja mais do seu lado, e eu sei que neste dia essa ausência se faz ainda mais dolorosa, pois já não tenho minha mãe comigo, um filme sobre as relações de mães e filhos, pode despertar emoções especiais e fazer recordar bons momentos que tivemos com nossas mães ou nossos filhos.

Separei 10 filmes emocionantes para o Dia das Mães. Prepare o seu coração e deixe do lado lencinhos de papel, pois as lágrimas vão rolar...


A lista a seguir está em ordem alfabética.


A Escolha De Sofia


A Escolha De Sofia (1982)


Stingo (Peter MacNicol) é um aspirante a escritor que vai morar em uma pensão, em que a proprietária aluga quartos. Lá ele conhece Sofia Zawistoski (Meryl Streep), uma judia polonesa, sobrevivente do holocausto, que vive com seu namorado judeu, Nathan Landau (Kevin Kline).
No desenrolar da trama dá para ver o que Sofia passou no campo de concentração e que ao chegar lá tinha dois filhos.

Eu li o livro e assisti ao filme. Chorei muito com ambos. A cena da escolha foi filmada uma só vez, pois Meryl Streep, por ser mãe, ficou muito emocionada e disse que não tinha condições para gravar novamente.


A atuação de Meryl Streep valeu um Oscar, o segundo na sua carreira.


Flores De Aço


Flores de Aço (1989)


Shelby (Julia Roberts) é filha de M’Lynn (Sally Field) e vai se casar, só que ela é diabética e sabe que não deve engravidar, mas meses após o casamento engravida. Ela fica em coma após o nascimento de seu filho e vai caber a sua mãe decidir se deve desligar ou não as máquinas que a mantem vida. É um filme sobre mulheres, amizade e a força de uma mãe diante de um impasse.


O filme é muito emocionante e tem um elenco de peso, pois além das atrizes já citadas, tem ainda no elenco Dolly Parton, Shirley MacLaine e Daryl Hanna.


Laços De Ternura


Laços De Ternura (1984)


Emma (Debra Winger) não tem uma ótima relação com a sua mãe Aurora (Shirley MacLaine), embora elas se amem.

Aurora é viúva e tem vários admiradores, dos quais vive fugindo por não querer compromisso, até que um astronauta aposentado, Garrett (Jack Nicholson), que bebe além da conta e é um mulherengo, começa a ganhar espaço em seu coração.

Emma descobre que está sendo traída por seu marido, Flap (Jeff Daniels), e que está com câncer.


É filme para chorar de balde, mas consegue arrancar algumas risadas por conta da atuação de Jack Nicholson.


Lado A Lado


Lado A Lado (1998)


Isabel (Julia Roberts) é uma fotógrafa de sucesso que namora um divorciado, Luke (Ed Harris), pai de dois filhos, que não a aceitam bem. A mãe das crianças, Jackie (Susan Sarandon), não morre de paixão pela nova namorada do ex-marido, o que faz piorar a relação dela, Isabel, com as crianças, até que Jackie se descobre com câncer e com muito pouco tempo de vida. Com esta descoberta as coisas vão mudar.


O filme é lindo e muito sensível. Chora, menina, chora...


Nunca Sem Minha Filha


Nunca Sem Minha Filha (1991)


Betty Mahmoody (Sally Field) é casada com um iraniano que vive nos EUA, e tem uma filha com ele. A família viaja para o Irã, mesmo Betty tendo receio de como as mulheres são tratadas por lá. Quando já está no Irã, descobre que o marido não pretende voltar para os EUA e quer que ela e sua filha fiquem por lá.


O filme trata da luta de uma mãe para recuperar sua filha e leva-la de volta para os EUA.


O Destino De Uma Vida


O Destino De Uma Vida (1995)


Khaila (Halle Berry) é negra e drogada. Um dia deixa seu bebê em uma caixa de papelão e vai se drogar. O caminhão de lixo passa e, sem ver do que se tratava, joga o bebê no meio dos destroços. Após o resgate, Margaret (Jessica Lange), uma assistente social, se apaixona pelo garotinho e o adota.

Anos mais tarde Khaila se reabilita e resolve ter o seu filho de volta, legalmente.


O filme é emocionante, pois é a luta de duas mulheres por uma criança que é amada por ambas, independente de laços de sangue, cor de pele ou condição social.


O Maior Amor Do Mundo


O Maior Amor Do Mundo (2016)


São várias estórias sobre mães e filhos entrelaçadas, incluindo um pai que é mãe. Supostamente o filme é uma comédia, mas não espere altas risadas, quando muito um sorriso. O final reserva um desfecho emocionante para a Miranda (Julia Roberts).


Não é um filmão, mas vale à pena ser visto.


O Quarto De Jack


O Quarto De Jack (2015)


Joy (Brie Larson) foi sequestrada quando tinha 17 anos e teve um filho, Jack (Jacob Tremblay), de seu sequestrador, no cativeiro. Eles vivem num quarto fechado, a prova de som e Jack não conhece o mundo do lado de fora do seu quarto.

O filme é lindo, pois Joy tenta dar uma vida digna para Jack, mesmo eles sendo prisioneiros e é impossível não se apaixonar por Jack.


Não vou falar muito para não acabar revelando o final e estragar o suspense, pois em determinado ponto o filme vira um filme de suspense.


Ricki And The Flash - De Volta Para Casa


Ricki And The Flash - De Volta Para Casa (2015)


Ricki (Meryl Streep) abandonou marido Pete (Kevin Kline) e três filhos pequenos para se tornar uma cantora de rock de sucesso, mas o sucesso não aconteceu e ela acabou tocando em barzinho e vivendo uma vida de perdedora.

Quando sua filha, Julie (Mammie Gummer – que é filha da Mery Streep na vida real e muito parecida com a mãe), foi abandonada pelo marido, caiu numa profunda depressão e o seu pai, ex-marido de Ricki, resolve chama-la para ajudar.

Meryl Streep é perfeita em qualquer papel e se sai muito bem como maluquete que abandonou a família para se tornar cantora. Ela é uma ótima cantora.


O filme é uma comédia dramática e vale à pena ver a virada no final do filme.


Zuzu Angel


Zuzu Angel (2006)


Zuzu Angel (Patrícia Pillar) era uma estilista famosa no Brasil e no exterior na época da ditadura militar no Brasil. Seu filho Stuart (Daniel de Oliveira), mesmo contra as opiniões da sua mãe, se tornou um militante contra a ditadura.

Uma noite, Zuzu recebeu um telefonema dizendo que seu filho tinha sido preso, neste momento começou a sua luta para resgatar Stuart, até que ela se dá conta que Stuart foi torturado e morto pelos militares, a partir daí ela começa a lutar para poder ter o corpo de Stuart e enterrá-lo com dignidade.


O filme é muito bom, apesar de ser brasileiro, mas, embora o tema seja bastante dramático, não consegue emocionar. Vale pela conscientização de um período histórico do Brasil o qual não deve e nem pode mais voltar.

💗💗💗

Você já assistiu a alguns destes filmes? Tem algum filme sobre a relação de mães e filhos que você recomendaria para o Dia das Mães, além destes aqui?



Foto de abertura @wedreamoficecream- Montagem e criação intelectual e artística de Betty Gaeta
Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

12 comentários :

  1. Betty r,
    Assisti a quase todos menos os três últimos, o Quarto de Jack, não tenho coragem, pelo contexto do filme, mas o de Zuzu Angel e o da roqueira, eu me aventurarei hahaha. Amo a Meryl Streep.
    Obrigada pelas dicas, aqui na Europa o Dia das Mães foi o domingo passado.
    Um maravilhoso dia das mâes para você e suas seguidoras.
    Beijos e um bom final de semana!
    Blog DMulheresInstagramFanpage

    ResponderExcluir
  2. Lindos filmes indicas!Alguns assisti. Em geral nos comovem ! bjs, ótimo fds ! chica

    ResponderExcluir
  3. Laços de Ternura eu chorei horrores kkkkkkkkkkkkkkkkkk e eu gostei do quarto de Jack achei super interessante!

    Beijinhosss ;*
    Blog Resenhas da Pâm

    ResponderExcluir
  4. Oi Betty!
    Que dicas maravilhosas!

    Já vi três dessa lista (O quarto de JAck, Zuzu Angel e Lado a Lado). Os outros vou pesquisar com certeza! Apesar de serem títulos conhecidos eu ainda não os assisti!!!

    :**

    ResponderExcluir
  5. 1. Assisti quase todos, lado a lado, a escolha de Sophia e nunca sem minha filha quase me mataram de chorar.
    2. Sobre o meu casaqueto de bicicletinha eu comprei em um brechó aqui em Assis há uns 2 anos, tomo aior cuidado ao lavar, acho engraçadinho demais.
    3. Tô com sorteio aberto no blog, se puder divulgar segue link:
    http://www.leiladinizblog.com/2017/05/sorteio-maio17-1-mason-jar-pote-que.html

    Beijinhos mil. Esteja sempre com DEUS.

    ResponderExcluir
  6. Oi Betty, que ótima seleção de filmes para o Dia das Mães! Eu já assisti alguns da seleção, mas o melhor de todos que eu assisti é o Quarto de Jack! Adorei o filme do início ao fim, super recomendo! E uma caixa de lenço pra mim é pouco, sou muito emotiva, rs.
    Super beijo, ótimo final de semana e Feliz Dia das Mães! ❤❤

    ResponderExcluir
  7. boas dicas pra esse fds das maes, filme bem bonitos e emocionantes

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  8. Desses filmes o único que assisti foi "Zuzu Angel", mas fiquei muito interessada nos demais.

    ResponderExcluir
  9. Betty, dos filmes que você sugeriu, assisti apenas ZUZU ANGEL. Amei as dicas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Berry
    vi quase todos esses filmes.
    Mas fiquei curioso para ver laços de ternura.
    Esse nunca vi

    Baci

    ResponderExcluir
  11. Adorei as indicações, sou muito sensivel.
    Ótimo final de semana,com muita paz.
    Obrigada pela visita.
    Beijos coloridos!♥♥♥

    ResponderExcluir
  12. Olá Betty, tudo bem querida. Não poderia de deixar de passar aqui pra ver o que vc escreveu sobre "Dia das mães" e me deparar com sua listinha vip momento #maefilha. Só assisti laços de ternura da sua lista e alguns só ouvi falar. Mas gostei muito das indicações e vou procurar assisti-los. Obrigada!!!
    Bjs e fique com Deus ;)

    Luh
    Blog A Essencial Cosmética

    ResponderExcluir



SUBIR