Como lidar com pessoas difíceis nas festas de fim de ano

20 de dezembro de 2017 13 comentários

Como lidar com pessoas difíceis nas festas de fim de ano


Eu não lido muito bem com festas de fim de ano, pois tenho lembranças nada boas de uma festa de Natal em que houve uma ruptura em nossa família devido a uma discussão entre meu pai e uma prima. Então a primeira vez que tive que lidar com uma pessoa difícil numa festa de fim de ano foi quando eu tinha 7 anos de idade e não tinha nenhuma noção de como fazer isso.

Até hoje não sei lidar bem com pessoas difíceis, ou até sei o que devo fazer diante de determinadas pessoas e situações, mas nem sempre faço, eu paraliso e fico sem ação.

Este post é sobre como lidar com pessoas difíceis nas festas de fim de ano, é mais um post de faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço, ou seja, ficar catatônica (me odeio por isso).

Festas de final do ano costumam reunir familiares que não se vêm todos os dias, amigos e conhecidos que não têm tanta convivência assim ou colegas de trabalho com os quais você tem pouco ou nenhum contato, como o rapaz que trabalha no almoxarifado no subsolo e a garota que é assistente de diretoria que trabalha no 15° andar do mesmo prédio.

Essa mistura de gente heterogênea, que nem sempre têm muito em comum, pode gerar situações de saia justa e é melhor estar preparada para enfrentar. Arrume um saco maior do que o do Papai Noel, pois você vai precisar ter paciência, muita paciência.

Ainda que você não tenha que lidar com todos os tipos de pessoas que descrevo no post, com certeza vai lidar com alguns destes tipos, seja nas festas de família, amigos ou mesmo no trabalho.

Tipos de pessoas difíceis e como lidar com elas


1. Pessoas invasivas


Você passa 6 meses sem ver aquela prima querida que vai passar o Natal na sua casa e mal ela entra e já critica o seu gato que está dormindo no sofá, chamando de anti-higiênico. Para você é o seu gato, aquele ser querido que é tão dono da sua casa quanto você e ela está transformando ele em coisa!
É melhor encarar como uma brincadeira e dizer para ela falar baixo, pois seu gato não sabe que é um gato e poderá se sentir ofendido por estar sendo chamado de anti-higiênico.

Lembre-se que esses dias são poucos no ano e é melhor engolir alguns sapos do que arrumar uma encrenca com alguém da família.

2. Pessoas que reclamam de tudo e de todos


Não entre numa competição de doenças e desgraças com a sua tia ou com uma amiga. Para mim, me livrar desse tipo de gente ficou fácil depois do câncer. É só a pessoa começar a desfilar um rosário de desgraças que eu tasco logo: Sei o que é passar por um período difícil, pois eu tive câncer.

Se a pessoa insiste em saber do meu câncer, digo logo que foi uma fase ruim e que superei, e que prefiro não falar mais nisso.

É um cala boca e tanto que desarma pessoas reclamentas.

Quando você vir que vai enfrentar uma pregação de desgraças dignas de Jó, corte logo, diga que é uma fase e que a pessoa vai superar. Se você teve alguma doença grave, use-a para calar a boca da desinfeliz, se não teve, simplesmente dê um corte, mas jamais entre numa competição de desgraças, contando mais e mais infortúnios.

 3. Fofoqueiros


Fofoqueiros existem em todos os lugares e não apenas em festas de fim de ano, e não venha me dizer que você detesta fofoca, pois todo mundo diz isso, mas revistas de fofocas vendem muito e perfis em redes sociais que fazem fofoca são os mais acessados. Então vamos combinar que todo mundo gosta de fofoca, mas é melhor não fazer.

O fofoqueiro é sempre bem informado e sabe tudo sobre todos, mas não dê corda para este tipo, pois se ele está entregando os podres de X para você, logo estará falando mal de você para Y.

Não precisa dar uma de moralista e chamar a atenção do fofoqueiro fazendo uma pregação pelos bons costumes em plena festa. Basta dar um sorriso e se afastar demonstrando desinteresse. Nada corta mais uma fofoca e desmorona um fofoqueiro do que a falta de plateia.


Como lidar com pessoas difíceis nas festas de fim de ano


4. Mentirosos


Eu sei quando as pessoas estão mentindo, só não sei quando as pessoas estão mentindo para mim ou para si mesmas. Em festas é muito comum ver pessoas contando fatos e casos que você sabe que são mentirosos, mas é melhor deixar que os mentirosos vivam a sua ilusão.

Se a mentira não vai fazer mal a ninguém e até pode fazer o mentiroso se sentir melhor, então deixe que minta.

Eu não costumo desmascarar mentirosos, mas tenho uma amiga que não consegue ficar quieta e numa dessas festas de fim de ano não aguentou quando uma pessoa, que estava na nossa mesa, se disse vegana, sendo que estava com o prato lotado de carne. Acho que essa pessoa achava bonita a palavra vegana e queria ser uma, só não sabia bem o que é ser vegana.

Eu só desminto um mentiroso quando vejo que a mentira vai atrapalhar a vida de alguém, mas ainda assim faço de forma discreta.

5. Atrasados


Meu marido faz parte do time dos atrasados e eu tenho tentando ficar zen. Tem coisa mais irritante do que uma festa rolando e alguém chegar na hora da sobremesa querendo fazer o prato do jantar?

Se você é a dona da festa, então prepare-se para ficar zen, pois os atrasados existem e um ou mais deles vão aparecer e vão quebrar o esquema montado.

Você não é obrigada a fazer todo mundo passar fome esperando por um atrasado. No Brasil um pequeno atraso é esperado, então se você marcou o almoço de Natal para às 14 horas, espere até às 14:30, depois disso comece a servir aos convidados. O atrasado que se vire com a xepa, você não é obrigada a providenciar um prato quando toda comida que restou já estiver no freezer.

6. Invejosos


Ninguém consegue agradar a todos e num ambiente em que acontece trocas de presentes, pode acontecer de uma pessoa se sentir prejudicada por receber algo de menor valor que a outra.
Às vezes o presente pode ser de maior valor, mas se a pessoa for invejosa, vai esticar o olho no presente alheio.

Tem gente que vai criticar o seu peso, por estar com problema com o próprio peso. Tem gente que vai criticar a sua roupa, por estar se sentindo mal vestida perto de você. Tem gente que vai criticar você, pois tem inveja de você e você não tem como mudar isso.

Se com os atrasados você tem que ficar zen, com os invejosos você tem que ficar duas vezes zen.

7. Ofendidos


Acho que esse é o pior tipo de pessoa para se lidar. Eu não faço segredo que minha mãe era uma pessoa difícil de lidar e ela achava que o mundo girava em torno dela, ao ponto de me ver conversando com alguém e ela perguntar o que eu estava falando dela. Ela se achava o centro do universo e acreditava que todo mundo falava dela e sobre ela!

O ofendido é aquele que fica magoado por tudo e acredita que todos estão falando dele, se preocupando com ele e tentando prejudica-lo. Perto dele, ainda que você não queira, vai acabar pisando em ovos e os ovos vão quebrar.

Você já viu este meme da vaca nas redes sociais?


Como lidar com pessoas difíceis nas festas de fim de ano


Lidar com gente ofendida é assim, não adianta você tentar ser cordata, amigável, a pessoa vai criar uma situação e se ofender. Vai culpar você por magoá-la.

Antigamente eu recuava e esperava o surto passar, mas, não faz muito tempo que lidei com uma pessoa ofendida que acusou todo mundo de destratá-la e começou a criar uma situação horrível. Foi aí que resolvi confrontá-la e mostrar que ela estava errada. A pessoa não pediu desculpas por ter me ofendido e nem por ter ofendido ao meu marido, mas recuou e se acalmou. Se eu não tivesse tomado uma atitude de imediato a coisa iria ficar pior e talvez fosse irreversível.

Se você sabe que não fez nada para magoar a pessoa e ainda assim ela se ofender, então é melhor você esclarecer o quanto antes o mal entendido. Não deixe que um mal entendido se transforme em uma crise de difícil reversão.

 🎄🎅🎄🎅

Festa de fim de ano, como tudo na vida, tem o seu lado bom e o lado ruim, espero que o lado bom prevaleça e com uma ajudinha podemos fazer que esse lado se destaque.

Pense sempre numa coisa: é melhor lidar com uma pessoa difícil, do que ser uma pessoa difícil de lidar.




Fotos: Klaus Hausmann - via Pixabay@cosmobloggers
Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

13 comentários :

  1. Betty, é incrível, mas esses itens que você escolheu para o post são os que realmente aparecem nas festas de finais de ano, seja em família ou no trabalho. Acho super bacana a forma como você escreve. Vou compartilhar!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Brigadim! É muita gente heterogênea junta numa época, daí vêm as saia justas.
      Bjs

      Excluir
  2. Ai Betty, deu até um desânimo das festas de fim de ano agora Betty! Hahaha! Separando JÁ o meu saco gigante de papai noel. :) :) :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma dose de paciência é necessária... rsrsrs

      Excluir
  3. Tens razão Betty: é melhor lidar com uma pessoa difícil, do que ser uma pessoa difícil de lidar.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Ei Betty
    Sei bem o que é saia justa nas festas de família. Tenho uma irmã que é mestra em deixar o ambiente pesado
    e as pessoas constrangidas.
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre tem alguém, seja na família, no trabalho, na academia... e quando rola bebida a coisa pode piorar.

      Excluir
  5. Fico tão feliz de não ter que lidar com isso! Normalmente tanto Natal e Ano Novo passamos ali, só a minha família mesmo, Pai, Mãe e irmãos hahaha. Nada de tios, primos, etc.
    Gostei das dicas!

    Beijos
    http://orangelily.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olha Betty, estou pensando aqui que sou abençoada, rsrsrs Tanto no trabalho como nas famílias (a minha e a do meu marido) é só conversa boa, risadas e diversão... eu amo esta época e curto muito!!!
    Beijosss

    ResponderExcluir
  7. Oi Betty,
    Estas festas sempre tem uma saia justa aqui outra ali, mas consigo lidar bem com elas e sempre levo um saco bem grande para não correr o risco de transbordar, rsrsrs...
    Um Feliz Natal para você e sua família!
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Oi Betty!
    Adorei as dicas! Sou um tanto tipo,"ah é...é", nunca sei o que dizer, na hora!
    Mas vamos lá, como você disse, não será o ano todo!
    Feliz Natal, feliz Ano Novo, para você e sua familia!
    Beijo carinhoso!

    ResponderExcluir
  9. Olá, Betty!
    Conheço um monte de gente que deixa o ambiente pesado, mas infelizmente temos
    que conviver com elas e deixar pra lá se não a gente passa muita raiva.

    Feliz Natal e um 2018 repleto de bençãos junto a sua família!
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  10. Oi Betty,
    Amei as suas dica. Infelizmente existem todos os tipos de pessoas. Prefiro evitar dar corda demais pra essas pessoas chatas.
    big beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir



SUBIR