28 de fevereiro de 2018

É muito amor próprio para pouca empatia

É muito amor próprio para pouca empatia



Sempre chega aquele momento na vida, e geralmente é na adolescência, quando estamos nos debulhando em lágrimas por um amor não correspondido, que ouvimos de nossas mães que é preciso ter amor próprio.

Algumas pessoas passam por esse perrengue na vida adulta e, se não por um perrengue amoroso, pode passar por outras crises emocionais devido à profissão e outros motivos sociais ou familiares, e lá vem alguém falando do amor próprio.

A gente entra em qualquer rede social e é inundada por um monte de banners falando de amor próprio, de engrandecimento pessoal, nos lembrando que “quem não se ama – não é amado”, e um monte de clichês que parecem que vão resolver, ou ao menos melhorar a nossa vida pessoal.

Se não bastasse ter que ter amor próprio, tem que ter autoestima. Não, não é a mesma coisa. Acredito que amor próprio foque mais o lado psicológico, intelectual da pessoa, enquanto a autoestima é mais ligada ao lado material. Com a autoestima em alta eu posso me dar o direito de comprar um biquíni fio dental pouco importando o corpo que eu tenho, já o amor próprio diz como eu me sinto com relação às outras pessoas, como eu me aceito como EU intelectual e espiritual.


É muito amor próprio para pouca empatia


Amor próprio e autoestima, pelo dicionário são sinônimos, mas eu não costumo usá-los como tal.
O problema da autoestima muito elevada é que ela abafa a nossa autocrítica e você acaba vendo algumas Gretchen por aí, ou seja, gente que se acha linda para usar determinadas coisas e não está tão bem quanto pensa. Autoestima, sem autocrítica, pode transformar a pessoa num monstrengo de assustar criancinhas, mas embora uma autoestima muito inflada possa levar à pessoa ao ridículo, ela não costuma fazer mal a ninguém, nem à pessoa, nem àqueles com quem ela convive.

Separados os termos, então vamos falar sobre amor próprio...

Estou vendo tanta gente com egos inflados de amor próprio e vidas tão vazias que chega a dar eco!
É um tal de “eu posso e eu consigo” que as pessoas não param para se perguntar qual o preço que vão pagar por este poder e conseguir, a quem vão empurrar para longe, quem vão ferir nesta caminhada louca rumo ao sucesso pessoal. Que sucesso pessoal é este que não deixa espaço para um companheiro ou companheira, para um filho, uma família e muitas vezes nem mesmo para um bichinho de estimação? Que sucesso pessoal é este que está transformando a vida das pessoas num deserto?

Eu ia falar de mim e das dificuldades que passei com a doença do meu marido. Você que me segue deve ter notado que o blog ficou parado. Mas vou falar de uma pessoa que foi muito especial para mim.

Minha madrinha de crisma era a governanta de minha casa, minha Tata. Ela me criou e dedicou toda a sua vida a mim e minha família. Não precisava, pois era bem nascida, educada, tinha uma boa casa com suas irmãs, mas assumiu a mim e a minha família como uma empreitada. Se alguém me pedisse para definir a palavra AMOR, eu apontaria minha madrinha, pois ela era amor, amor desinteressado e pleno. Eu agradeço a Deus todos os dias por ter tido alguém como ela em minha vida. Nunca vi essa pessoa falar em amor próprio, no quanto ela precisava de espaço ou de se auto afirmar. Ela simplesmente amava e compreendia todos os nossos defeitos, falhas e necessidades. E ela era feliz assim.

Acho que minha Tata. Maria Toledo Barros, era uma santa, e eu não vou sugerir que você se torne uma santa, mas deve existir um equilíbrio entre a santidade e o amor próprio que vai fazer de você feliz e as pessoas a sua volta também.


É muito amor próprio para pouca empatia


Acho que este equilíbrio se chama empatia, é saber até que ponto você pode ir sem ferir quem está ao seu lado, sem deixar de lado quem precisa de você. Dá para se ter amor próprio amando ao seu próximo também.

Chega de falar em felicidade vazia, chega de tanto amor próprio, de tanta autoestima. Está na hora de rever esses cursos de coaching pessoal que estão criando sociopatas em treinamentos intensivos, que não conseguem olhar além do próprio umbigo.

A vida vai muito além de se amar e ela não vai ser melhor para você e nem para ninguém porque você se ama.

Será que existe algum coaching para treinar bondade, empatia e amor ao próximo? Se não há, então está na hora de inventarem ou de nos inventarmos para sermos pessoas melhores.



Notinha: Você notou as fotos que estão ilustrando o post?  Lindas, não são? Elas são de uma artista e fotógrafa que mora em Beirut, no Líbano. Visite e siga o seu perfil no instagram @larazankoul.




27 de fevereiro de 2018

Os 10 vestidos mais icônicos do Oscar através dos tempos

Os 10 vestidos mais icônicos do Oscar através dos tempos


A tradição de lindos vestidos na festa do Oscar nasceu assim que o Oscar foi criado e a primeira cerimônia aconteceu em 1929.  Pelo tapete vermelho do Oscar passaram vestidos icônicos desenhados por estilistas mais famosos, mas alguns vestidos marcaram mais do que os outros, não só pelo modelo, pelo luxo, pela originalidade, mas sim porque se tornaram roupas inesquecíveis e alguns deles são copiados até hoje.

Separei o 10 vestidos mais icônicos do Oscar, mas o certo seria chamar de roupas icônicas, pois três desses trajes não são vestidos, como você vai ver, e sim conjuntos, são exceções que só confirmam a regra. Para facilitar vou chamar de vestidos.

Entre os vestidos icônicos estão aqueles que marcaram uma época, que se fizeram inesquecíveis e, mesmo fora do corpo de quem o usou, você sabe que aquele modelo foi usado por uma determinada atriz.

Deixei de lado os vestidos maravilhosos do Elie Saab, Zuhair Murad e outros do gênero, cheios de saias vaporosas e florezinhas, por serem mais do mesmo e não se tornaram marcantes devido a repetição, bem como passei longe de vestidos e trajes bizarros, como foi o caso da Björk, com o seu vestido cisne, em 2001.

com vocês... (rufar dos tambores)

Os 10 vestidos mais icônicos do Oscar através dos tempos



Os 10 vestidos mais icônicos do Oscar através dos tempos
Audrey Hepburn 1954


Vestido Givenchy usado por Audrey Hepburn em 1954


Ela usou este vestido na cerimônia do Oscar, quando recebeu o premio de melhor atriz por sua atuação em "A Princesa e o Plebeu".
Note que é um vestido midi e não longo como normalmente são os vestidos da cerimônia do Osca e este vestido é muito copiado até hoje, podendo ser encontradas réplicas e lojas on line.


Os 10 vestidos mais icônicos do Oscar através dos tempos
Grace Kelly 1955


Vestido Edith Head usado por Grace Kelly em 1955


Grace Kelly usou este vestido de cetim para receber o prêmio de melhor atriz, pelo filme "Amar é Sofrer". Nas fotos feitas na hora da premiação, Grace Kelly estava de cabelo preso e esta foto foi tirada posteriormente para capa de revista . Escolhi esta foto porque nela se pode ver melhor o vestido.


Os 10 vestidos mais icônicos do Oscar através dos tempos
Elizabeth Taylor 1961


Conjunto de saia e blusa Christian Dior usado por Elizabeth Taylor em 1961


Este não é o meu traje favorito do Oscar, mas uma vez visto, sempre será lembrado, pois é muito marcante. Com este conjunto, Elizabeth Tayor recebeu o Oscar de melhor atriz, por sua atuação em "Disque Butterfield 8".


Os 10 vestidos mais icônicos do Oscar através dos tempos
Barbra Streisand 1969


Conjunto Arnold Scaasi usado por Barbra Streisand em 1969


Por esta foto você vê que transparências vêm sendo usadas no Oscar há um bom tempo, muito antes de Beyoncé e Rihanna nascerem.
Barbra Streisand usou este conjunto para receber o prêmio de melhor atriz no filme "Funny Girl - Uma garota genial".


Os 10 vestidos mais icônicos do Oscar através dos tempos
Cher 1988


Vestido com transparência  usado por Cher em 1988


Eu não consegui descobrir quem desenhou este vestido, se você souber quem é o estilista, por favor me avise. A Cher usou este vestido cheio de personalidade na cerimônia do Oscar de 1988, quando recebeu o prêmio de melhor atriz, pela sua atuação no filme "O Feitiço da Lua".
Por aí você vê que Jennifer Lopez e Kim Kardashian não foram nada inovadoras com seus vestidos transparentes.

Notinha: fui sava pela minha comadre virtual, Greyce, o estilista é o Bob Mackie.


Os 10 vestidos mais icônicos do Oscar através dos tempos
Sharon Stone 1998


Saia Vera Wang com camisa masculina usada por Sharon Stone em 1998


Acho este look sensacional, pois a saia é de grife, mas a camisa é uma Gap, marca barata nos EUA. Fica aí uma ideia se você tiver uma festa para ir. Hoje em dia quem usa muito este mix de saia chique com camisa branca básica, é a Carolina Herrera.


Os 10 vestidos mais icônicos do Oscar através dos tempos
Gwyneth Paltrow 1999


Vestido Ralph Lauren usado por Gwyneth Paltrow em 1999


Este vestido Ralph Lauren, na época, foi amado e odiado por muitos, pois sua saia é maravilhosa, parece uma nuvem rosa, mas o vestido estava mal ajustado no busto e parecia muito largo na parte de cima.
Gwyneth Paltrow, em 1999, recebeu o prêmio de melhor atriz, por "Shakespeare Apaixonado".


Os 10 vestidos mais icônicos do Oscar através dos tempos
Julia Roberts 2001


Vestido Valentino Vintage usado por Julia Roberts em 2001


A primeira vez que vi este vestido fiquei em dúvida se gostava ou não. O vestido é um clássico e gosto mais dele hoje do que quando vi na cerimônia do Oscar.
Com este vestido, Julia Roberts recebeu o prêmio de melhor atriz por "Erin Brockovich - Um Mulher de Talento".


Os 10 vestidos mais icônicos do Oscar através dos tempos
Angelina Jolie 2012


Vestido Versace usado por Angelina Jolie em 2012


A foto da Angelina Jolie usando este vestido virou meme na internet devido a perna de fora de uma maneira não muito elegante. Foto ruim ou não, o vestido é lindo.


Os 10 vestidos mais icônicos do Oscar através dos tempos
Lupita Nyong'o 2014


Vestido Prada usado por Lupita Nyong'o em 2014


Este é um vestido que nunca será esquecido pois é perfeito na cor, no corte e esta saia plissada com um leve brilho entre as pregas é um verdadeiro sonho. Este vestido me parece a versão chique do vestido usado por Marilyn Monroe em "O Pecado Mora ao Lado".
Com este vestido Lupita Nyong'o recebeu o prêmio de melhor atriz coadjuvante no filme "12 Anos de Escravidão".

💙💙💙

Dia 04 de março vai acontecer a festa do Oscar e mais uma vez todos os olhos vão estar voltados para os vestidos que as famosas vão estar usando no tapete vermelho. Espero que este ano apareçam muitos vestidos interessantes.

Se você gosta de moda, sugiro que assista a premiação pelo Canal E!, pois este canal é mais focado em moda e não apenas mostra os atores e atrizes, mas também descreve os vestidos e diz quais os estilistas responsáveis pelos modelos.




26 de fevereiro de 2018

Como usar saia para trabalhar e multiplicar seus looks

Looks de trabalho com saia


Saia é uma peça muito versátil, pois com uma saia você pode criar vários looks para trabalhar só trocando a blusa. O mesmo acontece com a calça comprida, que também multiplica os looks de seu guarda-roupa com a troca de blusas e camisas.

A vantagem do look de saia é que é um look tão feminino quanto o look com vestido, mas é mais prático, por dar mais opções de combinar peças e acessórios.

Trabalhei looks com saia midi, pois é a saia da vez. Embora a brasileira goste de minissaia, acho que ela vai demorar um pouquinho para voltar a ser fashion, mas não é porque o look é com saia midi que ele precisa ser um look bobo e sem graça, pelo contrário, dá para montar looks muito descolados com saia midi.

A grande vantagem da saia midi é que como look de trabalho ela funciona melhor do que a minissaia.

Separei quatro looks lacradores para você usar saia midi sem parecer uma tia carola no escritório.


Looks de trabalho com saia
Saia midi nude com blusa preta ombro a ombro


Saia nude com blusa preta ombro a ombro


Este look tem duas tendências fortes: a saia midi e a blusa ombro a ombro. Sim, o decote ombro a ombro continua em alta.

Dá para usar decote ombro a ombro para trabalhar? Dá sim, desde que não seja um decote muito baixo.

Veja que a garota da foto está usando sapatilha e dá para usar sapatilha para trabalhar e ainda assim ter um look chique. A sapatilha mas classuda é a de bico fino, então você  pode usá-la sem medo no escritório.


Looks de trabalho com saia
Blusa Quintess, Óculos Marisa, Bolsa Média Santa Lolla, Sapatilha Ana Cristina, Saia Midi Le Lis Blanc


Looks de trabalho com saia
Saia estampada com camisa preta


Saia estampada com camisa preta para trabalhar


Eu amo camisa preta! Tenho uma queridona que uso muito.  Se você ainda não se deu de presente uma camisa preta, não sabe o que está perdendo.

Neste look a saia não chega a ser midi, mas tem um comprimentos que dá para enfrentar um escritório.

Note que neste look, bem como nos seguintes, as sandálias são de salto, mas todas tem saltos grossos e confortáveis.


Looks de trabalho com saia
Camisa Amaro, Colar Lua Mia, Óculos Marisa, Brincos Miosótis, Saia Malwee, Bolsa Renner, Sandália Schutz


Looks de trabalho com saia
Looks em tons de rosa com bolsa laranja


Look colorido com saia midi


Dá para usar cor no ambiente de trabalho, basta saber como. O combo da blusa com a saia formam um ton sur ton muito interessante, e a bolsa laranja dá um destaque ao look criando um ponto forte.

Aí está um look bem moderno e descolado com saia midi. Embora não tenha decote e nem um ponto que exponha mais a pele, é um look ousado devido a combinação de cores.


Looks de trabalho com saia
Blusa Cris Barros, Mini Bag Luiza Barcelos, Saia Quintess, Sandália Amaro


Looks de trabalho com saia
Fátima Bernardes usando saia de pontas e blusa ciganinha


Blusa ciganinha com saia de bicos


Já andei mostrando os looks da Fátima Bernardes aqui no blog e realmente ela é referência de bom gosto e elegância no vestir para mulheres que trabalham. Os looks da Fátima são muito legais! A maioria deles vai bem para o trabalho, ainda que seja um trabalho mais formal.

Este look de saia com barra assimétrica e blusa ciganinha é muito atual e vai bem num escritório.


Looks de trabalho com saia
Brincos Marisa, Blusa Daslu, Colar Amaro, Bracelete Renner, Saia Quintess, Sandália Vizzano


Sempre que monto looks com saias me lembro de minha mãe, pois ela usava muito saia lápis e minha mãe tinha um corpo muito legal, pois era magra e tinha cintura bem marcada. Agora estou vendo minha filha repetir os looks que minha mãe usava para trabalhar e ela brinca que está vestida de avó.

Eu sou reta e não me dou bem com saias, mas se você tem cintura marcada, então faça da saia o seu coringão, pois é uma peça prática e charmosa.

Os looks que montei não servem apenas para trabalhar, mas também vão bem num almoço em família, num jantar mais informal, num happy hour ou até mesmo num cinema com as amigas.



Fotos: @my.miaou@suzie_richetti@myfashionkingdom@alwaysbernardes

24 de fevereiro de 2018

Dicas de final de semana do fim de fevereiro

Bom final de semana


Você nunca será feliz se insistir em tentar descobrir o que é a felicidade. Você nunca viverá verdadeiramente se estiver procurando o sentido da vida.
Albert Camus


10 links legais para visitar no final de semana:





Como eu sei que você ama bichos: Sobre esses bichos que nos fazem pessoas melhores




A diva e os bichos: Marilyn Monroe e os cães





O que rolou no blog esta semana:











Foto @tutudumonde- Montagem e criação intelectual e artística de Betty Gaeta

23 de fevereiro de 2018

Madame Bovary filme de 2014 – razões para assistir e gostar

Madame Bovary filme de 2014 – razões para assistir e gostar



Eu li o livro de Flaubert, Madame Bovary, já faz um bom tempo, então quando encontrei o filme de 2014 na Netflix, fiquei entusiasmada para assistir. Não vi os filmes anteriores baseados no mesmo romance, então não conseguiria apontar qual é o melhor filme sobre livro Madame Bovary, mas gostei e gosto muito da atuação de Mia Wasikowska (Alice no País das Maravilhas), a quem considero como ótima atriz. O tipo físico dela ajuda bastante em papeis de época e só vejo uma possível substituta para ela no papel de Emma Bovary, e essa seria Carey Mullingan (O Grande Gastby, Suffragette).


Madame Bovary filme de 2014 – razões para assistir e gostar


Resenha


A estória se passa no século XIX, numa pequena cidadezinha francesa. Emma Bovary era casada com o médico, Charles Bovary (Henry Lloyd Hughes), um sujeito querido por todos, mas sem brilho próprio e, como as mulheres de sua época, estava condenada a um casamento enfadonho e sem brilho, vez que o seu casamento iria refletir o marido que ela tinha.

Para fugir de seu casamento entediante, Emma se envolve com homens errados e gasta além do que pode, tentando dar um novo colorido à sua vida.

Tanto o livro, quanto o filme, são romances psicológicos, mas sem dúvida o livro é melhor e não foi transcrito na íntegra para a tela do cinema. Por exemplo, no livro, Emma tem uma filha chamada Bertha, e esta filha não aparece no filme.

O final do filme é incompleto, pois o livro envolve a tragédia de toda uma família, enquanto o filme mostra apenas a tragédia de Emma.


Madame Bovary filme de 2014 – razões para assistir e gostar

  

Preste atenção


Fique atenta para os atores secundários, pois eles dão mais vida a trama do que os protagonistas.
Rhys Ifans, está muito bem no papel de Monsieur Lhereux, o dono de uma loja de tecidos e decoração que leva Emma à falência. Talvez você se lembre dele como Spike, o melhor amigo de William Thacker (Hugh Grant), em Um Lugar Chamado Notting Hill.

Outro rosto muito familiar é o da criada Henriette, vivida por Laura Carmichael, que fez o papel de Lady Edith Crawley, em Downton Abbey, pena que em Madame Bovary tenha tido uma atuação pequena.


Madame Bovary filme de 2014 – razões para assistir e gostar


Porque assistir


Embora não seja um filmão, pois pecou um pouco por falta de emoção, e emoção tem e muita na obra de Gustav Flaubert, transmite bem a ideia de tédio e solidão na qual Emma está imersa.
Os cenários são lindos e refletem a vida rural francesa no século XIX com perfeição.
Se você não for muito exigente, vai gostar do filme, pois é um filme honesto, embora não seja feito de atuações marcantes.


Madame Bovary filme de 2014 – razões para assistir e gostar


Moda e figurino


O figurino é fiel às vestimentas do século XIX e em uma cena em que Emma é vestida pela criada para o seu casamento, dá para ver bem a complexidade das roupas de baixo usadas naquela época.
Note também os penteados de Emma Bovary, pois naquele tempo mulheres casadas não andavam com os cabelos soltos e os coques deixavam as mulheres com uma aparência muito séria, transformando em senhoras mesmo as mais novas.


Madame Bovary filme de 2014 – razões para assistir e gostar


Reserve 2 horas de eu final de semana para conhecer Emma Bovary, seu tempo e os costumes do século XIX. Ainda que o filme não seja entusiasmante, é um filme muito bonito.






22 de fevereiro de 2018

Xadrez Príncipe de Gales é a tendência mais chique de ano

Xadrez Príncipe de Gales é a tendência mais chique de ano


Xadrez Príncipe de Gales é um xadrez que nasceu originalmente de uma trama de lã a qual formava este tipo de padronagem com uma regularidade diferente e mais complexa do que a do xadrez Vichy, mas hoje  pode ser encontrado em tecidos de algodão e até mesmo malha, proporcionando que o xadrez Príncipe de Gales seja usado durante o ano todo e não apenas no inverno.

A origem deste xadrez é escocesa, mas ganhou fama e notoriedade através do Príncipe de Gales, Edward VII, que viveu no final do século XIX até o início do século XX.

Este tipo de xadrez nunca saiu ou sairá da moda, pois é um clássico, mas andou meio esquecido, até que ele invadiu as ruas do hemisfério norte, sendo usado por fashionistas e editoras de moda, desde o ano passado. Todos os tipos de xadrezes vão ser usados em 2018, xadrez está em alta, mas a padronagem mais top do momento é o Príncipe de Gales, então prepare-se para usá-lo.

Uma griffe que sempre antecipa tendências é a Amaro, então foi lá que fui buscar as roupas em xadrez Príncipe de Gales com as quais montei os looks deste post.

São looks urbanos, chiques, e, embora o xadrez Príncipe de Gales pareça uma padronagem séria, dá para montar looks de todos os tipos com ele, inclusive looks descolados.

4 looks com xadrez Príncipe de Gales para você copiar e usar já



Xadrez Príncipe de Gales é a tendência mais chique de ano
Camisa Xadrez com BotõesBrinco Pearl ShineCalça de Sarja SkinnyBolsa Mini de Suede com ArgolaScarpin Salto Gatinho com Lateral Vazada


Look estilo retrô com calça capri


Esta calça bem ajustada e um pouco mais curta lembra muito as calças que Audrey Hepburn usava, então foi nela que me inspirei para montar este look com um jeito de anos 60. Esta calça preta com abotoamento na frente faz parte da nova coleção de calças jeans da Amaro e caso você não morra de paixão por este modelo, vai encontrar outros modelos certos para seu corpo e seu estilo no site da griffe.

Eu fiquei apaixonada por esta camisa, pois o tecido é leve e dá para usar o xadrez Príncipe de Gales já, sem ter que esperar pelo inverno.

Camisas são peças muito versáteis, pois você não precisa comprar ou ter um look completo para criar um visual atualizado, basta uma camisa da moda que o resto do look vai harmonizar com ela.


Xadrez Príncipe de Gales é a tendência mais chique de ano
Blusa Canelada Ombro a OmbroChoker com PingenteSaia Midi Xadrez com AmarraçãoMochila com CorrentesScarpin Salto Fino com Fivela


Look sexy urbano com saia midi transpassada


Este look lembra um pouco as roupas das mulheres dos cabarés franceses dos anos 50. Embora a saia seja midi, ela não é nada comportada e junto com a blusa com decote ombro a ombro, cria um visual sexy e ousado, porém chique.


Xadrez Príncipe de Gales é a tendência mais chique de ano
Camiseta Listrada ViscoLycraÓculos de Sol Black D-FrameBlazer de Alfaiataria com LapelasCalça Slim de Alfaiataria com CintoBolsa Transversal com Alça de MetalScarpin Bico Quadrado e Salto Grosso


Calça de alfaiataria com blazer


Este é o típico look corporativo, mas não é porque você vai trabalhar que precisar ir com um visual boring. Para deixar o look mais cool jogue com um mix de estampas. A camiseta listrada ganha ares de escritório quando usada com a calça de alfaiataria em xadrez Príncipe de Gales e o blazer nude de corte amplo, que deve ser usado aberto.


Xadrez Príncipe de Gales é a tendência mais chique de ano
Chemise de Algodão XadrezBrinco Pequeno RoundCorset VinilBolsa Saddle com TachasBota de Verniz com Cano Curto


Look modernoso com vestido camisa e bota branca


A bota branca contínua a andar pelos lugares mais badalados do planeta, então, se você ainda não tem uma, trate de comprar.

Qualquer look usado com bota branca fica jovem e atual, então abuse dela e jogue com vestidos mais curtos ou midis.

Para deixar o look ainda mais bacanoso, use um corset branco como cinto.

💲💲💲

Agora uma notícia boa: se você baixar o aplicativo da Amaro no seu celular ou tablet, ganha 15% de desconto na primeira compra que fizer pelo aplicativo. Este é o maior desconto que eu vi on line até hoje, portanto, aproveite.



Fotos em ordem alfabética: @walkingcanucks e Leo Faria para a Elle BR

21 de fevereiro de 2018

10 perfis vintage do instagram com fotos e imagens antigas para seguir

10 perfis vintage do instagram com fotos e imagens antigas para seguir


No instagram você encontra todos os tipos de fotos e imagens, inclusive fotos vintage, não somente aquelas estilo vintage, mas aquelas fotos e imagens que são realmente antigas.
Nem todas as fotos vintage do instagram são de artistas do passado, embora elas sejam a maioria, mas você pode encontrar fotos inocentes, glamourosas e até mesmo bizarras, mostrando uma época que deixou saudade e não vai mais voltar.

Para matar a saudade de um tempo que a gente não viveu...

Separei os 10 melhores perfis vintage do instagram com fotos e imagens antigas para seguir


10 perfis vintage do instagram com fotos e imagens antigas para seguir

Vintage Vogue


Se você gosta de moda vai amar este perfil, pois ele tem fotos dos arquivos das Revistas Vogue antigas.



10 perfis vintage do instagram com fotos e imagens antigas para seguir

Vintage Daily



Perfil mais voltado para fotos antigas de artista e celebridades. Bonito e bem organizado.


10 perfis vintage do instagram com fotos e imagens antigas para seguir

Vintage



Perfil mais voltado para fotos de celebridades, mas também inclui anúncios de época e fotos de eventos importantes do passado.


10 perfis vintage do instagram com fotos e imagens antigas para seguir


This Was Fashion



Perfil do instagram voltado para moda do passado, com muitas fotos e muitos vídeos. Os vídeos são fofos!


10 perfis vintage do instagram com fotos e imagens antigas para seguir


Old Paris Photos



Fotos da cidade de Paris de um tempo antigo, às vezes muito antigo, às vezes um pouco menos, mas Paris é Paris em qualquer tempo e vale a pena seguir este perfil.


10 perfis vintage do instagram com fotos e imagens antigas para seguir


Old Hollywood my Love


Perfil do instagram com fotos e vídeos das estrelas antigas e muitos vídeos. os vídeos são sensacionais.



10 perfis vintage do instagram com fotos e imagens antigas para seguir


Old Hollywood Daily


Perfil lotado de fotos de estrelas de cinema do passado e fotos de filmes.



10 perfis vintage do instagram com fotos e imagens antigas para seguir


Victorian Darlings



Fotos fantásticas da Era Vitoriana, ou seja, tem muita coisa dos primórdios da fotografia. Fotos do século XIX e XX.


10 perfis vintage do instagram com fotos e imagens antigas para seguir


History Daily



Fotos históricas, incluindo fatos, esportes, shows, filmes. Um arquivo precioso dos acontecimentos mundiais.


10 perfis vintage do instagram com fotos e imagens antigas para seguir



Vintage Cheese


Inclui todos os tipos de imagens, algumas bizarras, outras sexies e tem imagens engraçadas. Passei por todas as épocas e é diversão garantida seguir este perfil.



💙💙💙

Você já conhecia algum destes perfis do instagram? Qual ou quais? Conhece mais algum que eu tenha deixado de fora?



Este post só está aqui porque eu sou muito teimosa. Em todos os posts anteriores referentes ao instagram eu coloquei imagens incorporadas no post, o que não é muito fácil, mas bastava clicar na imagem incorporada para ir até o instagram de origem e também dava para seguir o perfil sem ter que entrar no instagram. Desta vez tentei fazer da mesma forma, mas entravam bem só as três primeiras imagens, as demais embaralhavam foto com texto. 

Para não perder a ideia do post, coloquei as imagens e inseri o link dos perfis no título de cada uma. Não é o ideal, mas foi o que deu para fazer.


Copyright 2019 - Todos os direitos reservados - Desenvolvido com
POR LORY DESIGN