Como fazer amigos na vida adulta

1 de fevereiro de 2018 20 comentários

Como fazer amigos na vida adulta


Quando a gente é criança faz amigos com muita facilidade, mas na vida adulta vamos nos isolando e quando vemos estamos sozinhos. Eu já passei por mais de uma separação e nem sempre herdei os amigos do casal, o que me fez ficar sozinha duplamente: sem marido e sem amigos. Tive que aprender na raça a fazer amigos e eu não sou a pessoa mais sociável do mundo.


Se você está se sentindo sozinha, separei 10 dicas de como fazer amigos na vida adulta



1. Procure grupos que tenham o mesmo interesse que você


Tenho uma amiga que passou por uma fase muito difícil no casamento, e ela, embora seja uma querida, mora em outra cidade, então não pude estar junto dela o tempo todo. Ela começou a frequentar grupos de orações de uma igreja, e estas orações, além de acalmá-la, abriram caminho para novas amizades.

Se você não é muito dada a rezas, então procure outros grupos de pessoas que tenham o mesmo interesse que você. Por exemplo, sou vegetariana e por um tempo me reuni com um grupo de vegetarianos para trocar receitas e experiências. O grupo se desfez, mas até hoje mantenho contato com algumas pessoas deste grupo.

Se você gosta de ler, veja se tem algum clube de leitura na sua cidade (infelizmente na minha cidade não tem).

Pense também em voluntariado, pois além de estar ajudando alguém, você terá oportunidade de conhecer pessoas que têm os mesmos interesses que você.

 


2. Use os velhos amigos para conseguir novos


Quando me separei, pedi para uma amiga me chamar quando fosse sair em grupo, pois eu estava socialmente deslocada e isso poderia me ajudar. Infelizmente ela não fez, mas uma outra amiga, vendo que eu estava sozinha, passou a me chamar para sair e conhecer os amigos dela que eu ainda não conhecia. Isto ajudou muito.

Ainda que uma amiga não a acolha e a leve para conhecer novos amigos, certamente outra fara isso por você, então pegue o telefone e diga que gostaria de conhecer novos amigos. Coloque-se a disposição dos antigos amigos.


Como fazer amigos na vida adulta

3. Redes sociais


Eu fiz amizade com várias pessoas através das redes sociais, e isso foi muito antes de ser blogueira. Contatos virtuais acabaram por se transformar em contatos reais.

O número de pessoas que conhecemos on line é muito maior do que o número de pessoas que conhecemos no dia a dia, e sempre existem pessoas que se parecem mais com a gente, que têm mais afinidade. Estreite estes laços de amizade, chame para um café, combine um encontro.

Do outro lado da tela, tem gente real, como você, também querendo conhecer pessoas legais.

4. Faça um curso


Fazer um curso é um modo muito bom de conhecer pessoas. Eu fiz um curso de costura (descobri que não sou boa nisso) no qual fiz amizades com as quais me relaciono até hoje.

Se você gosta de cozinhar, um curso de culinária pode levar você até pessoas interessantes que gostem da mesma coisa que você.

Vale a pena investir naquilo que você gosta, que tem interesse, pois vai encontrar pessoas que gostam da mesma coisa que você.

5. Mantenha contato


Nós conhecemos muitas pessoas, mas mantemos contato com poucas. Aumente a sua rede de amigos, aumentando o contato com as pessoas. Vamos dizer que você sempre encontra uma pessoa na padaria e sempre troca algumas palavrinhas com ela. Pergunte o nome, procure nas redes sociais e adicione esta pessoa. É na continuidade dos contatos que nasce a amizade.

Eu sou meio tímida para manter contato, mas fiz amizade com uma pessoa maravilhosa no ano passado, devido ao esforço dela. Ela pediu que eu tirasse uma foto dela com a professora de Pilates, na academia que frequento. Embora não fizéssemos aulas juntas, eu a conhecia de vista. Logo ela me puxou para a foto também e pediu meu whatsapp para mandar a foto para mim.

Quando cheguei em casa vi que ela tinha me adicionado como amiga em uma rede social e, em menos de uma semana, ela entrou em contato, pelo in box, para me convidar para a festa de aniversário dela.

Se você gosta de uma pessoa, acha que ela pode ser sua amiga, por que não se aproximar? Ser afável não magoa ninguém.




6. Tenha interesse


Mostre que você tem interesse na pessoa. Seja uma boa ouvinte. Não se imponha à pessoa jogando milhões de informações sobre você, mas procure saber mais sobre ela. Se você descobrir pontos em comum com essa pessoa, reforce-os.

7. Academia e prática de esportes


Frequentar uma academia ou praticar algum esporte vai fazer com que você conheça pessoas legais. Eu tenho várias amigas cuja amizade começou em uma academia, troquei de academia e a amizade continuou.

Geralmente em academias ou ambientes esportivos o papo é mais informal, mais light, então fica bem fácil manter contato com novas pessoas, com o tempo você vai descobrindo que tem outros interesses, além de malhar, com alguns colegas de academia.



8. Seja você mesma


Não adianta forçar e tentar ser o que não é. Já andei falando sobre a diferença entre falar e fazer, pois é muito fácil ver quando uma pessoa está mentindo ou tem um descompasso entre quem ela realmente é e quem ela quer ser, isso pode ser irritante.

Você não precisa ser rica, nem bonita, nem bem vestida, para ter amigos, mas precisa se amar e ser feliz com aquilo que você é. Ser você mesma é muito atraente, sabia?

9. Passeie com o seu cão


Como eu disse no início do post, quando eu me separei fiquei sem marido e sem amigos mas tinha uma cadela São Bernardo lindíssima, chamada Carmela. A Carmela era eu e eu era a Carmela. Ela foi muito bem adestrada, o que a transformou em uma lady. Passear com a Carmela era um sucesso. Não tinha quem não parasse para ver e brincar com ela. Fiz muitas amizades por causa da Carmela e ela me ajudou até a me casar novamente, mas essa é uma outra história.

Se você tem um cão, então tem um bom motivo para passear e fazer amigos. Cães são simpáticos e quem gosta de animais sempre olha com simpatia para a dona de um lindo cãozinho.

10. Frequente lugares que se pareçam com você


Se você não sabe jogar tênis, então é melhor não se meter a besta numa quadra, trate de encontrar lugares que se pareçam com você.

Se você gosta de ler, então bibliotecas, livrarias e feiras de livros, são ótimos lugares para conhecer pessoas que também gostem de ler.

Minha avó sempre dizia, no sentido pejorativo, que “tatu não anda com porco”, e ela estava certa. No ambiente certo, você vai conhecer as pessoas certas para você, no ambiente errado você vai virar tatu no meio de porcos.

💙💙💙

Você tem mais alguma dica para fazer novas amizades? Qual?




Fotos: 1_Priscilla Du Prezz e 4- Sam Manns via Unsplash, 2- StockSnap, 3- Pixabay
Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

20 comentários :

  1. Gostei das dicas e as amizades estão cada vez em menor número...Falo dos amigos de verdade... Esses são poucos,mas sempre presentes. mas eu sou muito bicho do mato e programas com amigos não estão nos nossos planos:viagens juntos, grandes noitadas,etc... Domos de receber em casa e cada vez menos tempo tenho e confesso, vontade também me falta. Nas oportunidades, preferimos sair de casa, viajar em família e nos lugares, também não nos envolvemos muito pra não ter rabichos,rs... preferimos a nossa paz,tão merecida! bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Chica,
      Isso é o que eu chamo de preguiça social e já escrevi um post sobre isso aqui. Não é bem que não goste de sair, mas entre a balada e o conforto, a gente vai ficando com o conforto .😙

      Excluir
  2. É sempre mais difícil manter um círculo grande de amizades depois de adulto, mas alguns poucos é necessário!

    O Blog da Fênix agora é Cobaia Amiga! Para comemorar a mudança estou sorteando um presentinho para uma leitora lá no blog: http://www.cobaiaamiga.com/2018/01/sorteio-kit-cabelos.html

    ResponderExcluir
  3. Betty, as dicas são excelentes! Agora o passeio com o cão, depende do cão...rs....
    Dia desses, fui caminhar com meu Rottweiller (ele está com sobrepeso) e as pessoas saíam de perto assustadas. Nunca mais o levei para passear. Só meu marido o leva quando está de folga.
    Sansão é um cão dócil, mas o estigma de cão antissocial é fogo!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tadinho do Sansão! Aqui na minha cidade uns bandidos roubaram um chacara e levaram várias coisas, e também levaram o rottweiller, de tão bravo que ele era, encheu os bandidos de carinho! 😀

      Excluir
  4. isso é msm bem dificil, acho que no trabalho, cursos e lugares que vc frequenta até rola, e depois tem que encontrar esses amigos e manter a amizade

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  5. Olá Betty, eu sou uma pessoa bem pouco social também (fiquei surpresa pois li os outros comentários e vejo que não estou sozinha nesse aspeto) e me revejo nas suas dicas 4 e 7. Tenho boas amigas que conheci nos cursos de costura e restauro de móveis e na academia. Não serão aquelas amigas de uma vida (dessas devo ter umas duas só) mas dá para sair, jantar, sentindo que falamos a mesma língua. O blog também tem me permitido desvirtualizar certas amizades e tem sido sempre uma grata surpresa. Ainda há 15 dias fui a Bruxelas e conheci a Patrícia (é, sou eu na foto com ela, eu depois de um dia debaixo de chuva e frio, como teve ela coragem de me colocar assim no blog dela???!!??? hahaha). Beijos e bom resto de semana.

    ResponderExcluir
  6. Eu sempre tive dificuldades em fazer amizade, desde criança haha. Dentre as dicas que você citou, frequentar lugares que se pareçam com a gente é uma boa. E também participo de grupos, com pessoas que gostem do mesmo assunto.

    Beijos
    http://orangelily.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Betty
    Preciso fazer novas amizades por aqui em Barcelona ahahaha Vou seguir todas suas dicas ahahah Aqui estou me sentindo muito sozinha.
    Beijos,
    DMulheresInstagramFanpage

    ResponderExcluir
  8. Inteligentes e sábias dicas.
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderExcluir
  9. Oi Betty... tenho amigas de muito tempo e de pouco tempo, mas tenho uma
    antena muito forte para pessoas falsas, então são poucas as que eu considero
    como amigas realmente!!!
    Beijosss

    ResponderExcluir
  10. Oi Betty
    Sou uma bichinho do mato, fico muito na minha, com a família, minhas irmãs.
    Sou péssima pra fazer amizades, contudo, acho que sou boa ouvinte, já escutei casos e fatos íntimos de pessoas que estava me encontrando pela primeira vez.
    Quando frequentava academia, isto há mais de um ano, consegui fazer amizade com duas companheiras, mais ou menos da minha idade e foi muito bom, saí de lá e o contato ficou só virtual.
    Beijo, querida.

    ResponderExcluir
  11. Gostei das dicas Betty, eu adoro fazer novas amizades.
    big beijos,
    Lulu
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  12. Eu acho relativo isso de fazer amigos, Betty...
    Eu não tenho dificuldade em iniciar uma conversa, pegar um contato e falar de vez em quando com alguém. Amigos tenho poucos. Conto nos dedos de uma mão. Isso porque não sei manter o laço que crio com eles.

    Não sei se seria essa a palavra, mas é complicado pra mim assumir um compromisso. Isso porque amigo pra mim tem que ter compromisso um com o outro. Eu me dedico aos amigos, ainda que não tenha tempo para visitar na casa deles, tento me fazer presente do meu jeito. Mas as suas dicas são ótimas!

    Nem por isso evito conhecer pessoas, mas meu círculo de amigos não fica muito restrito não. Colegas tenho muitos!

    :**

    ResponderExcluir
  13. Ah! Depois quero saber como a Carmela ajudou você a casar de novo^^
    Deve ter uma linda história aí!

    :*

    ResponderExcluir
  14. oi Betty, também sou super difícil de fazer amizade, sou tímida e isso, ás vezes, é confundido com "metidez". Mas outro dia me peguei pensando: como é bom sair da caixinha! Estou fazendo fisioterapia há alguns meses e tenho conhecido várias pessoas, a grande maioria idosa; pessoas bem diferentes de mim e do meu círculo de amizade e a convivência diária com estas pessoas tem me ensinado bastante coisa.
    bjk
    PS. acho que vou te avisar quando passar por Bauru, sempre paro no Alameda pra tomar um cafezinho.

    ResponderExcluir
  15. Oi, Betty!

    Adorei as dicas! De fato, muito úteis...

    Abraços, Cris

    ResponderExcluir
  16. Oi Betty, bem legal este post! A dica do Cluce de Leitura é ótima e eu tenho o eu mini-grupo e já lá vamos para o quarto ano. Tenho muitas conhecidas mas poucas amigas e achei muito bana suas dicas. Vou levar para a Festa dos Links. Beijos!
    www.janeisatomas.com.br

    ResponderExcluir
  17. Adorei as dicas, realmente a solidão é um grande problemas nos dias atuais.
    Betty, agora vi que mudou sua foto do perfil. Está ainda mais bonita.
    Bjs

    ResponderExcluir



SUBIR