Doctor Foster - a fúria de uma mulher traída

12 de abril de 2018 10 comentários

Doutora Foster - Dra Foster



Quando encontrei a série Doctor Foster na Netflix me interessei por ser uma série com foco em uma mulher e a Netflix, no últimos tempos tem focado mais em séries policiais e de mistério. Outro ponto que me chamou a atenção foi o fato da série ser britânica e como tal ter um enfoque diferente das séries americanas que estamos acostumadas a ver.


Doutora Foster - Dra Foster


Breve resenha


Gemma Foster (Suranne Jones) é médica numa cidade do interior da Inglaterra, profissionalmente bem sucedida, casada com um marido bonito e apaixonado, tem um filho de 11 anos (Tom Foster – Tom Taylor) e uma casa confortável. Tudo parece maravilhoso em sua vida até o dia em que encontra um fio de cabelo loiro no cachecol do seu marido.

O marido, Simon Foster (Bertie Carvel), se mostra tão apaixonado por ela que inicialmente se tem a impressão que Gemma está procurando pelo em ovo, mas a série vai num crescendo mostrando que suas suspeitas são verdadeiras.

A Doutora Foster vai alternando entre a fúria de se sentir traída e a passividade de querer salvar o seu casamento, quase ignorando aquilo que está evidente.


Doutora Foster - Dra Foster


Porque assistir


A série é um drama psicológico que mergulha no universo de uma mulher traída e vai além deste drama, pois dá para acompanhar o desenrolar da investigação feita por Doctor Foster até concluir que está perdendo tudo, mas tudo mesmo, não apenas o marido.

Não espere que a série tenha o ritmo agitado das séries americanas, mas o fato de ser mais light faz com que o lado psicológico seja mais intenso.


Doutora Foster - Dra Foster


Preste atenção


O desenrolar da série, na primeira temporada (estou maratonando a segunda temporada no momento) me lembrou o Bolero de Ravel, onde os instrumentos vão entrando aos poucos e ganhando grandiosidade. Assim é o drama de Doctor Foster que acredita que o marido está tendo um caso passageiro, até ver que as coisas são maiores do que pensa.

Preste atenção nos sentimentos pra lá de humanos que Gemma Foster sente ao se sentir traída, sentimentos estes que poderiam ser sentidos por mim, por você ou pela sua melhor amiga.


Doutora Foster - Dra Foster


Moda e Figurino


O figurino da série é bem neutro, afinal é uma série britânica e segue um enfoque diferente das séries americanas. É um figurino honesto, porém não chega a chamar a atenção.

💙💙💙

Eu achei que a primeira temporada se fechou em si mesmo e que seria desnecessária uma segunda temporada, mas estou dando continuidade.

Se você foi traída (eu fui) ou conhece alguma mulher traída, vai se identificar com alguns pontos mostrados na série e sentir vontade de fazer um pouco do que Gemma Foster fez.







Todas as fotos são de divulgação da série
Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

10 comentários :

  1. Olá Betty! Eu gostaria de ter tempo para ver filmes e ver as tantas série do Netflix. Mas infelizmente,passo 12 horas por dia fora de casa. O tempo que resta tenho q administrar bem. Grata pela dica,beijinhos!

    ResponderExcluir
  2. Hi Betty .
    Fiquei super interessada .Afinal quem não foi traída de alguma forma ,trabalho ,estudos /funcionários etc .O sentimento da traição é terrível .Pensamos que o mundo vai acabar .
    Vou tentar ver .Gosto de filmes com o acento britânico .Obrigado pela dica .
    Abbraccio

    ResponderExcluir
  3. Menina, não tinha visto ninguém falando dessa série, mas já achei incrível!! Não sei porque ela me lembrou Pequenas Grandes Mentiras... Talvez por causa do drama psicológico.
    Dica super anotada! =D

    ResponderExcluir
  4. Oi Betty... eu dei uma parada nas séries pois estou cheia de trabalho da Escola, mas já está anotada, eu amo as séries britânicas!!!
    Beijosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. *** Betty, a camiseta do Snoopy eu comprei na Musa, aí de Bauru... foi amor a primeira vista, rsrsrs!!!

      Excluir
  5. Parece bom, mas o meu amor é La Casa de Papel. Não sei se vou sobreviver sem a série.
    big beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Betty, achei bem interessante, além de que fiquei curiosa para ver a reação emocional dela diante da traição, se me identifico, rsrs...obrigada pela dica!
    Bjo e ótima sexta feira!

    ResponderExcluir
  7. Betty, tá na minha lista.
    Eu gosto muito de séries britânicas, assisto sempre que aparece uma nova, o sotaque é delicioso, o ritmo é outro...
    Li esses dias que Murilo Benício adquiriu os direitos para produzir a série no Brasil, e já adiantou que a atriz que ele quer no papel é a mulher dele.
    Será que a Globo topará? Sim, porque como ambos são contratados, só podem se envolver se a emissora liberar e/ou exibir. Eu ia achar interessante... será? rsrsrs
    beijossss

    ResponderExcluir
  8. Eu assisti à primeira temporada e, assim como você, achei que dispensava uma segunda. Não a esperava e ainda não pude assisti-la, mas com certeza o farei. Abraço!
    P.S.: Não sei a razão de você não estar conseguindo comentar por lá... mas não se preocupe... vamos nos falando...

    ResponderExcluir



SUBIR