Carta para minha filha

13 de maio de 2018 16 comentários


Quando eu morrer (e temo, realmente temo que isto aconteça antes de você poder me conhecer), quero que você saiba o quanto eu sonhei com você. Sonhei com você antes mesmo de a gerar. Para ser sincera, eu sempre amei você, acho que mesmo que antes que eu me desse por gente, eu já amava você, amava aquilo que você viria a ser um dia.


Amo você a cada minuto do dia. Amo seus olhos límpidos, suas mãos morenas, sua voz grave. Amo você.

A cada pedaço de chão que transponho penso e ganhá-lo, como um descobridor em busca de um tesouro perdido, para você. No ar que respiro existe você.

Depois que você surgiu, minha vida ficou cheia de alegrias e risos. É como se estivesse nua e, apesar do frio cortante, feliz, pois, minhas vestes, meu corpo, minha alma há muito eu dei a você.

Foi uma entrega tão boa, pois, a seu lado eu não me sinto envelhecer. Aos primeiros cabelos brancos que me surgem, que um dia eu tanto temi, ao seu lado eles não pesam como um dia sonhei que iriam pesar. Assim como não ardem na face as primeiras rugas que chegam e os anos que tanto temi que passassem. Hoje sou uma torcedora para o correr rápido dos anos para poder vê-la crescer.



Quando eu escrevi esta carta para minha filha ela não tinha completado um ano de idade e eu era apenas uma garota de 23 anos.

Eu criava minha filha sozinha, pois o pai dela não estava ao meu lado e tinha um medo imenso de não poder estar junto dela o tempo que ela precisasse de mim. Tinha aquele medo de que as mães têm de não cumprirem a sua tarefa, de não serem eternas, de não poderem se doar o suficiente.

Esta carta ficou perdida muito tempo (e não foi por falta de procura). Quando minha mãe faleceu eu doei as coisas dela e uma amiga, ficou com uma bolsinha social dourada, onde estava esta carta. Quando ela encontrou, me ligou emocionada e choramos juntas ao telefone.

O tempo passou e, bem ou mal, eu fiz a minha parte. Disto tudo o que sobrou foi um amor imenso que nunca deixou de crescer e até hoje está dentro do meu peito.

Filha, obrigada por me tornar sua mãe.




Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

16 comentários :

  1. Emocionante essa carta, bem coisa de mãe e o amor profundo que temos em nós! Que bom que a encontraste novamente! Adorei! FELIZ nosso dia! beijos, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Chica,
      Um feliz dia das mães para voc~e!
      Bjs

      Excluir
  2. Que lindo, Betty, fiquei emocionada. Amei a foto;)
    Bjs e feliz dia das mães!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada, Liduh. A foto estava manchada, então transformei em foto antiga. que bom que vc gostou.
      Beijos

      Excluir
  3. Como não se emocionar? Feliz todos os dias de mãe,querida amiga! Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Patricia,
      Feliz dia das Mães para vc também, como vc deve ter comemorado no domingo passado, pois na europa é um domingo antes, então vai poder comemorar novamente.
      Beijos

      Excluir
  4. Betty, muito emocionante ler sua carta. Parabéns para você, para sua filha (que já é mãe também ) !
    Parabéns para nós!!!
    Bjs e que hoje seja um dia inesquecível para vocês.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Feliz dia das Mães para a mãe mais arteira da internet!!!

      Excluir
  5. Uma carta de amor eterno e incondicional.
    Ser Mãe é amar para além de tudo e de todos.
    Feliz Dia para Todas as Mães.
    Beijinhos
    Maria
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria,
      Sei que o dia das Mães em Portugal foi na semana passada, mas aindaassim: Feliz Dias das Mães para você!

      Excluir
  6. Betty, a carta é linda, mas mais linda ainda foi a forma como vc a (re)encontrou. Amor de mãe, não tem igual. Beijos, feliz dia para vc!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que eu procurei por esta carta... Já me dava por vencida quando minha amiga a encontrou, e é uma amiga que eu considero como irmã.
      Feliz Dia das Mães, Val.

      Excluir
  7. Betty querida
    Muito linda sua carta, realmente emocionante. A foto é linda, vc está uma belezura.
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Notou o maço de cigarro no bolso? Outros tempos...
      Feliz Dia das Mães, cissa.

      Excluir
  8. Oi Betty... me emocionei com a carta, lindas palavras e sua filha deve ser linda também pela sua descrição apaixonada... antes da minha filha nascer o nosso médico pediu para que escrevêssemos uma carta pra ela, ela já leu as duas em seu aniversário de 10 anos e as guarda como se fosse tesouros!!!
    Beijos e um domingo das Mães abençoado♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jane,
      Nunca ninguém me deu essa ideia, nem sei bem pq escrevi, mas acho que precisa externar todo amor que sentia.
      Feliz Dia das Mães!
      Beijos

      Excluir



SUBIR