O melhor conselho profissional que já recebi

20 de junho de 2018 8 comentários

O melhor conselho profissional que já recebi



Você já teve um conselho que veio em boa hora e fez sua vida profissional mudar para melhor? Eu já tive e foi um conselho ao contrário... Eu explico.

Uma amiga estava criticando uma funcionária de nível elementar dizendo que ela detestava fazer as tarefas que competiam a ela, mas que se você pedisse para ela fazer algo que era superior ao cargo que ela ocupava, ela fazia rapidinho. Ela estava falando da garota do cafezinho, aquela auxiliar de copa que julga merecer um cargo melhor do que o que tem e faz o seu serviço por obrigação, mas não por prazer.

Quantas e quantas vezes você não achou que merecia um cargo melhor? Que a empresa não estava explorando todo o seu potencial profissionalmente?

Acho que todo mundo já se sentiu assim um dia e quis mais no campo profissional, sem ter muita chance imediata de conseguir.

Essa minha amiga disse: Todo mundo quer fazer mais do que o seu cargo exige, mas fazer o menos ninguém quer!

Foi daí que veio o melhor conselho profissional que eu já recebi, só que ao contrário. Já que todo mundo se oferece para fazer o serviço de maior importância, vou me oferecer para fazer aquele serviço que ninguém quer, o de menor importância.

Eu era estagiária de promotoria e no dia em que faltou o office boy, eu me ofereci para tirar copias de um processo enorme. Não era meu serviço, nenhum outro estagiário tinha feito isso antes. Quando os juízes e promotores me viram na sala de xerox foram perguntar para o promotor, com quem eu estagiava, se aquilo estava certo, e ele explicou que eu tinha me oferecido.

Na semana seguinte os promotores estavam disputando o meu passe para ver em que gabinete de promotoria eu iria ficar, todos queriam uma estagiária como eu.

Depois de formada, precisavam de alguém para um cargo de direção e, como eu tinha currículo, me chamaram, pois todos se lembravam que eu não tinha frescura, era “pau para toda obra”.


O melhor conselho profissional que já recebi


Anos mais tarde eu estava em outro emprego e tinha voltado para um cargo inferior, mas ainda assim um cargo de advogada, por ter sido exonerada por questões políticas. Voltei e senti que minha adaptação não ia ser fácil, pois antes eu que tinha uma sala só minha e fui para um escritório dividido com dezenas de funcionários, em uma mesinha que estava caindo aos pedaços. Para piorar, o lugar não via faxina há mais de ano.

Eu é que não ia ficar naquela sujeira! Tratei de arrumar vassoura, balde e produtos de limpeza e dei uma de Cinderella. Deixei a sala brilhando! Quando o diretor chegou queria saber quem fez aquilo, e todos os funcionários me apontaram assustados com o furacão jurídico que tinha entrado pra turma.

No dia que este diretor foi chamado para um cargo melhor, ele me ofereceu o cargo dele, pois sabia que eu daria conta, afinal eu era “pau para toda obra”.

Então deixo aqui o meu conselho que pode alavancar sua carreira: faça o menos, pois o mais todos querem fazer.

Ofereça-se para limpar as lixeiras do escritório, mesmo que você seja PHD em direito internacional, garanto que seus dedinhos não vão cair por causa disso. Transforme-se na garota do cafezinho, quando ela faltar. Varra a sua sala e dos seus colegas quando não tiver faxineira.

Esteja certa que vão notar, pois quem faz o menos sempre está pronta para fazer o mais.

Usei as imagens do filme O Diabo Veste Prada para ilustrar porque quem assistiu sabe que Andrea Sachs subiu na carreira e conquistou Miranda Priestly por ser “pau para toda obra”.




Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

8 comentários :

  1. Sabias palavras, sábio conselho.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  2. É isso Betty! Sempre me ofereci para fazer de tudo nos meus empregos e tive grandes oportunidades...é por aí. Bjs

    ResponderExcluir
  3. Olá Betty, a flexibilidade é uma característica muito importante. Se a pessoa é total flex, é com certeza notada. beijos.

    ResponderExcluir
  4. Oi Betty, esse conselho (ao contrário) foi realmente maravilhoso. Existe má vontade de sobra no mundo corporativo, é fácil se destacar sendo prestativo. Beijo, beijo :*

    ResponderExcluir
  5. Genial! Nunca tinha pensado por este lado! E se for ver, este conselho serve para todas as áreas da vida! Muito bom!

    Beijos!
    jenifercruuz.com

    ResponderExcluir
  6. Eu sou como você querida Betty, “pau para toda obra”
    Quem não mete a mão e escolhe serviço não cresce na vida.
    Amei a história do escritório sujo, parece filme. Rs

    Beijinhos no seu ♥

    ResponderExcluir
  7. Oi, Betty.
    Tem duas coisas que você disse e que me marcaram sobre o tema: este conselho, lembro de vc ja ter falado um pouco sobre isso, e a cena do consultorio , sobre o uso de salto.
    é pra levar pra vida!

    beijos,
    Greyce

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredite, dá muito certo!
      Beijos, comadre.

      Excluir



SUBIR