15 de abril de 2019

Vale a pena ter um blog em 2019?

Vale a pena ter um blog em 2019?

Se você me perguntasse isto há dois anos atrás eu diria que sim, mas hoje, com quase 10 anos de blog já não sei mais se vale a pena ter um blog.

Se você consultar no Google se vale a pena ter um blog vai encontrar zilhões de posts dizendo que sim, desde os mais piegas dizendo que blog é interação e amizade, até os mais voltados para o lado comercial dizendo que se você tiver um blog vai ganhar rios de dinheiro e trabalhar no horário que quiser e onde quiser. Vou dizer uma coisa sem medo de errar, as duas posições são mentirosas.

Vale a pena ter um blog em 2019?

Amizade e interação entre blogueiros


Quando comecei o blog em 2010 a interação entre blogueiros era enorme e também existia uma interação muito legal com os leitores, que comentavam e esperavam pelas respostas dos blogueiros. Hoje, interajo muito mais e de maneira mais rápida através do instagram do que aqui pelo blog. Muito mais gente me lê no blog hoje do que há nove anos atrás, e pouca gente comenta. Tem gente que comenta dizendo que sabe que eu não vou responder (normalmente eu respondo e quando a pessoa tem blog procuro ir conhecer). Tenho amigos e amigas que fiz através do blog, mas são todos amigos antigos e a maioria era de blogueiros, desses todos, apenas um continua blogando timidamente, os demais desistiram do blog.

Ganhar dinheiro com blog


Já ganhei dinheiro com blog, mas nunca foi uma forma de sustento. Me considero semiprofissional, pois cumpro os contratos que firmo, entrego meus serviços no prazo, dou recibo e declaro meus ganhos por serviços prestados no Imposto de Renda, mas meu blog não é uma empresa com CNPJ, como é o de algumas amigas blogueiras. Não tenho um fotógrafo profissional que trabalhe para mim e nem tenho uma empresa para produzir meus vídeos. Até outro dia trabalhava como funcionária do Estado, o que restringia muito minha atuação como blogueira, pois não podia ir a eventos e nem fechar contratos para comparecer em lançamentos de marcas ou desfiles, meu horário era bem limitado.

De todas as minhas amigas blogueiras profissionais, que vivem de blog, nenhuma delas se sustenta exclusivamente da blogagem. Algumas tem ajuda da família, outras trabalham paralelamente como web designers, outras escrevem textos para outros blogs e sites, como forma de completar a renda. Sei que tem gente que vive de blog, como é o caso da Thereza Chammas, do Fashionismo, mas ela é uma exceção à regra.

Vale a pena ter um blog em 2019?


Trabalhar na hora que quiser e onde quiser


Conseguindo ou não se sustentar com o blog, nenhuma blogueira em sã consciência diria que é um trabalho fácil, que você pode trabalhar na hora que quiser e onde quiser, pois não é verdade. Blogar é um trabalho estafante. Você tem que montar o post, o que demanda tempo e pesquisa, tem que aprender sobre SEO para que seu post ganhe visibilidade no Google, tem que divulgar seu post nas redes sociais para que ele seja visto por mais pessoas, tem que aprender os melhores horários e mecanismos de divulgação. Se você não tem um fotógrafo para produzir suas fotos, vai ter que comprar fotos ou trabalhar com fotos gratuitas disponíveis na internet, mas isto demanda um outro tipo de pesquisa. Você pode também criar suas próprias imagens, eu sou produtora de imagens e isto foi o que fez o blog se diferenciar dos demais durante um bom tempo, mas também não é um trabalho que você faça em uma hora, toma tempo, muito tempo.
Fico imaginando o tempo que gasta um blogueira de look do dia para se arrumar para uma sessão e a quantidade de fotos que precisam ser tiradas para selecionar as boas que serão colocadas on line.
Se você resolver ser blogueira, não vai trabalhar quando quiser, vai trabalhar sempre e muito. Não vai ter horário de trabalho fixo, pois toda hora é hora de trabalhar, e vai ter dias que você vai ter inveja de quem trabalha oito horas por dia e tem um salário fixo todo mês. Acredite, blogar toma bem mais do que oito horas do seu dia.
Blogar exige disciplina e continuidade. Não existe isso de fazer um post e deixar o blog juntando poeira a até ter vontade de colocar mais um post on line. Se você que ter leitores, eles precisam saber que você vai estar no blog sempre atualizando e trazendo assuntos novos.
Também não vai trabalhar onde quiser. Se você vê foto de um blogueiro num barzinho na praia, com um drink do lado do notebook, tenha em mente que, enquanto os outros estão de férias na praia, ele, mesmo de férias, está trabalhando. Blogueiro não tem férias, o blog não pode parar.

O canto de sereia das outras redes sociais


Quando surgiu o Facebook, muitos blogs correram para ele e fecharam suas portas, pois o Facebook é mais rápido, mais fácil e a interatividade era bem maior. Só tinha um probleminha, o Facebook é e sempre foi uma rede social fechada em si mesmo (o instagram tem este mesmo problema). O que você faz no Facebook fica lá dentro do Facebook e ele não permite que você pesquise. Se você quiser saber sobre “sapatos vermelhos”, por exemplo, pode usar a hashtag  #sapatosvermelhos  e você vai ver que não chega a lugar nenhum. Facebook não se presta para pesquisa e nem para textos longos, pois ninguém está lá para ler uma crônica ou um conto, ainda que seja um conto de Dostoievski.
Para as empresas que colocavam anúncios por lá, o resultado era bom, pois gastando pouco, você conseguia com que seu anúncio fosse visto por muitas pessoas, vez que tinha muita gente por lá.
Nem vou entrar no problema que está acontecendo no Facebook, pois já andei falando a respeito em Que***** está acontecendo com o Facebook?


O Facebook acabou, tem muitos usuários inscritos, mas poucas pessoas vão lá hoje, e as que vão não são pessoas muito interessantes, todo mundo debandou para o Instagram.

Vale a pena ter um blog em 2019?


Instagram


Eu adoro interagir com as pessoas no Instagram. Considero o Instagram o meu jardinzinho, onde planto fotos bonitas, tiradas por mim ou de outras pessoas (tenho sempre o cuidado de divulgar a fonte), mas tenho medo do Instagram, pois é uma rede social com o mesmo defeito do Facebook, é fechado em si mesmo, mas diferente do Facebook, o instagram permite que você pesquise por lá, e você pode encontrar tudo o que você deseja ou precisa, desde receitas de bolo até os tais sapatos vermelhos.
O Instagram está sendo fatal para os blogs, pois, diferente do Facebook, ele permite que você ganhe dinheiro por lá, que você venda materiais e serviços por lá, e se você se tornar uma instagramer bem sucedida, pode até mesmo se transformar numa garota propaganda de marcas e serviços em seu perfil.
Olhando para o meu perfil no instagram é que comecei a me perguntar se vale a pena continuar com o blog, pois os posts por lá são rápidos, dão bons resultados, a visibilidade é boa e o crescimento do perfil está começando a ganhar visibilidade (embora ainda não seja um perfil comercial).

O Google não ama mais os blogueiros


Eu pretendo continuar com o blog até onde tiver fôlego para tanto, mas me sinto nadando contra a correnteza e tem momentos que acho que o Google não ama os blogueiros e está praticando bullying conosco, pois muda as regras e o tal algoritmo quando a gente menos espera e é capaz de jogar um blog do topo do Olimpo para o mais negro ostracismo sem explicar a razão. As variações de visibilidade de um blog assustam e vi muita gente desistindo por causa deste humor bipolar do tal algoritmo do Google. O que é certo num dia, deixa de ser certo no outro, sem que ninguém avise você com antecedência.
Quando o Google quis emplacar a rede social chamada Google Plus (que era a pior rede social já inventada na internê), paparicou os blogueiros e acostumou a gente muito mal! Quando viu que a o tal Google Plus não tinha a mínima chance de virar, deu um pontapé no traseiro dos blogueiros sem se importar a mínima com o tamanho do problema que iria causar para os blogs e agora paparica os youtubers, estes sim viraram a bola da vez.

Conclusão


Se hoje você me perguntar se vale a pena ter um blog hoje, sou obrigada a dizer que NÃO.  Ainda que você esteja montando um blog sem visar o lado financeiro, só para interagir, não vale a pena, pois o instagram se presta bem mais para isto do que um blog.
Se você estiver pensando em ter um blog como profissão, então é bom combinar o seu blog com o Instagram e o Pinterest, pois hoje em dia não dá mais para ter um blog sem o apoio destas duas redes sociais, e não dá para confiar apenar no Instagram, pois essa é uma rede social do Zuckerberg e por ter o dono que tem, esteja certa que o único que vai lucrar com isso é ele e não você.


Fotos via Unsplash, dos seguintes fotógrafos: Nicole Honeywill, John Schnobrich, Andrew Nell, Le Buzz

28 comentários:

  1. Bem colocadas tuas palavras! Acredito que é bom, se estivermos gostando de fazer o blog, não nos importando com o número de visitas e comentários que despencam.. Adoro os blogs e interagir. O Instagram, gosto, mas é tudo muito rápido... beijos, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas até quem faz por amor está se decepcionando, pois a interatividade está indo para o ralo! Não sei até quando fico por aqui, como digo, sou blogueira por teimosia.

      Excluir
  2. Fico com o Instagram por ser mais prático, só com fotos e com visibilidade abrangente. Até que surja outra ferramenta continuo só no Instagram. ��

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá todo mundo lá. eu estou cada vez mais lá, só não quero ficar presa só ao Instagram para não ter a decepção que já tive com o Facebook.

      Excluir
  3. Adorei o post! Ando refletindo muito sobre isso...
    Ótima semana!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cris,
      eu ainda não tenho uma opinião totalmente formada sobre isso, mas que está difícil está. Mudou muito!
      Bjs

      Excluir
  4. Oi Betty concordo em muito com tuas colocações. Não é fácil manter um blog, e somos vitoriosas por estar até agora neste mercado onde muitas abandonaram o barco no primeiro semestre. Gosto muito da produção de conteúdo e nunca me importei com rentabilidade, interação e parcerias. Tudo aconteceu de uma maneira natural, com muito fruto de meu trabalho e dedicação. Não me sustento com o que faço, porém tenho algumas parcerias e permutas que ainda me são vantajosas. Também não é fácil manter posts quase que diários (atualizo de domingo a quinta) e muitas vezes já pensei em parar. Ainda continuo pelo prazer da escrita. O Instagram não é uma plataforma apenas de conteúdo e a imagem muitas vezes vale mais que mil palavras,.Mas é da palavra que eu gosto. Vou mantendo o blog enquanto ainda tenho vontade, mas quando deixar de acontecer, ficarei no Instagram como mera leitora e não muito participativa, só com meras postagens pessoais de um lugar bacana ou de uma viagem. Porque o Instagram não substitui um blog e lá eu não encontro a satisfação que blogar me dá. Mas reconheço tudo o que você escreveu e , sobretudo, não é um trabalho reconhecido.
    Beijos
    www.janeisatomas.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Janeisa,
      Me entristece ver que os blogs estão sendo abandonados, e são blogs bons, com conteúdo, mas realmente eu não sei até quando vou aguentar, pois a interatividade do instagram está muito boa e aqui é muito pequena.
      Beijos

      Excluir
  5. Betty, bem isso...concordo em tudo, sou muito apaixonada pelo instagram! Mas o blog é meu xodó hahaha Vamos levando até onde dê.
    Mil beijos,
    Sheyla.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem assim... levando até onde der, mas tem horas que eu acho que o Google está tentando eliminar os blogts, principalmente aquele que não são blogs comerciási como os nossos. Será que vão sobrar apenas os blogs atrelados a alguma marca ou empresa?
      Beijos

      Excluir
  6. Ei Betty
    Nem vou falar no meu falecido bloguito; na verdade, nunca tive intenção de ganhar dinheiro ou que tivesse muita visibilidade, comecei brincando, acabei gostando e fui ficando. Até que tive aqueles problemas de síndrome do pânico, acabei me afastando das redes sociais, durante um período. Voltei, mas não quis mais saber de blogar.
    Agora o seu blog é de verdade, super bem-feito, bonito,você entende realmente do negócio. Pena que ele esteja meio à mingua, poucos comentários. Mas é o que você falou- o Instagram é mais ágil, tem mais retorno.
    Vamos aguardar o que vem por aí.
    Beijo, querida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fico com pena de fechar as portas e deixar tudo pra lá, mas tem horas que vai cansando... Vem bastante gente, mas poucas pessoas comentam e as demais blogueiras cairam fora.
      Beijos

      Excluir
  7. Oi, Betty!

    Pois é... Já pensei nestas questões... Também continuo com o meu blog, tenho carinho por ele. Mas se fosse para começar hoje, provavelmente não iria...

    Abraços, Cris

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu comecei muito sem perspectiva alguma, então tudo era surpresa, encantamento e em menos de um ano o blog já dava um dinheirinho aqui e ali, mas a intenção nunca foi monetária. Agora eu vejo todos os blogs fechando e tenho medo que eu vá no rolo também.

      Excluir
  8. Betty concordo plenamente com tudo que você escreveu.
    Eu própria me questiono, com demasiada frequência, se devo continuar investindo o meu tempo e energia no blog , que já fez 8 anos.
    Acho que é apenas uma questão de tempo e que acabarei pondo o definitivo ponto final. Com pena.
    Beijo .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nina,
      São muitos blogs fechando e a gente perde a motivação... Tem horas que me sinto como se estivesse no meio de um deserto da internet. Tudo acabando e as blogueiras indo embora sem dizer adeus.
      Beijos

      Excluir
  9. Olá Betty, suas questões estão muito bem colocadas. Se eu um dia deixar meu blog, não ficarei no instagram. Não curto postagens de instagram e não acho que as pessoas percam muito tempo por lá, a não ser que tenham algum negócio cujas vendas sejam feitas por lá, aí sim, se dedicam. No meu caso particular, não almejo fazer dinheiro no blog e gosto de ler outros para aprender e colher inspirações. No instagram noto que tenho ficado cada vez mesmo. Já nem menciono o facebook, pois é plataforma onde nunca me interessou ter perfil. Gosto de fotografar, de escrever e de mostrar meus trabalhos. Acho que vou continuar por muito tempo, mesmo quando os comentários desaparecerem. beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema é a ausência da maioria das blogueiras e alguns blogs grandes estão sendo deixados de lado. Eu tenho gasto um bom tempo no instagram e vejo que vou deixando de lado o blog, embora goste mais de blog do que de instagram.
      Beijos

      Excluir
  10. corrigindo: No instagram noto que tenho ficado cada vez menos.

    ResponderExcluir
  11. Oi Betty, concordo com o que vc escreveu, embora eu nunca tenha tido muitas intenções com os meus blogs e nem sei por que tenho dois, rsrsrs
    Estou levando, mas se achar que não vale a pena mais coloco um ponto final. Gosto de blogar mas nunca fui apegada a nada material.
    Beijosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tô sentindo que os blogs estão caminhando como caminhou o orkut... de repente eu me dei conta que não entrava no orkut fazia um bom tempo e quando entrei encontrei tudo em ruínas, daí me dei conta que aquilo estava acabando.
      Fico me perguntanto se os blogs não estão no fim da linha também e eu ainda não notei...

      Excluir
  12. Amei a sua sinceridade Betty. Realmente pra quem acha que criar um blog é sinônimo de dinheiro está enganado. Hoje em dia as pessoas tem preguiça de ler - vejo isso por posts que escrevo e comentários mal e porcamente redigidos- e preferem informações rápidas como youtube e instagram.
    Só não desisto do meu, porque tenho algumas parcerias que preferem post pago no blog do que em redes sociais e posso chamar de meu o blog.
    Já as redes sociais nunca são totalmente nossas, veja o caso do orkut e do Google Plus, por exemplo.
    Big beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tenho medo das redes sociais e já tive uma péssima experiência no facebook. O blog tem esta vantagem de ser nosso, mas eles estão passando por uma mudança e não é para melhor.
      Beijos

      Excluir
  13. mt bacana seu post, acho que hoje em dia só com o blog é dificil se manter, quem está aqui está por mt amor... entao tudo depende do objetivo da pessoa

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  14. Olá Betty, como vai? Já nos conhecemos de outros tempos, mas muito provavelmente você não irá se lembrar. Eu fui uma das que deixei meu blog para interagir no Facebook, depois Instagram e tal. Não gosto do Instagram e muito menos do Facebook para interagir. Facebook se transformou num horror, onde postam qualquer coisa pedindo pelo amor para curtirem. Sabe? Curtidas a qualquer custo, é o que digo. Fiquei um bom tempo no Facebook e pouco tempo no Instagram. Vi de tudo por lá. Eu decidi voltar a blogar, criei um outro blog. Não tenho absolutamente nenhum objetivo de ganho. Gosto de escrever e mesclar textos com fotos e Facebook não permite isso. Gosto de "textão", como dizem por aí. Mas aí a gente se depara com a seguinte questão: cada vez menos pessoas estão interessadas em ir além da superfície em qualquer assunto hoje em dia; querem imagens, imagens, imagens. Querem a rapidez das palavras mutiladas pela linguagem das redes sociais. Quase ninguém mais abre blog, Facebook, Instagram e tal no PC. É tudo no celular e nem todo celular é apropriado para abrir blog. Ai, é um tormento... As pessoas estão cada vez mais com preguiça de ir a blogs, porque colocaram na cabeça delas que blog é coisa ultrapassada. Bem, pensar isso é maluquice. Costumo dizer: Facebook e Instagram são fast food; blog é comida gourmet. Mas ninguém quer saber. Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju,
      As redes sociais estão mais rápidas, mais dinâmicas, por causa dos celulares. Hoje, a maioria das visualizações do meu blog vem de celulares e em celular fica difícil ler textão, mas me dá uma tristeza imensa ver os blogs acabando, muitos pararam e esta superficialidade tomando conta de tudo.
      Agora é continuar tocando o barco e aguarda para ver para que lado as redes sociais vão navegar, ou mesmo se vão afundar.
      Beijos

      Excluir
  15. Oi, Betty
    Seu post me deu vários informações que eu desconhecia sobre blogs e Google. Eu, que já andava desanimada com meu blog, agora fiquei mais ainda. Meio que você endossou meu desânimo. rsrsrs
    Acho que o mundo atual está sempre em transformações e as redes sociais são o grande setor do momento. Facebbok já era; agora é a vez do Instagram. Eu adoro o Instagram mas concordo 100% com você quando diz que ele não é nosso. Aliás, desde que o trio Instagram/Face/Whatsapp sofreu aquele bug, o IG nunca mais foi o mesmo. Está instável, congela toda hora e dá erro direto na comunicação via direct.
    Acho que o grande desafio é ficarmos sempre atualizadas com os app e recursos. Por exemplo, o IG apostou no IGTV e parece que está flopando. Mas a gente tem meio que ir atrás do que ele lança porque senão ficamos no limbo. Tenho certeza que ganhei muitas seguidoras reais e orgânicas usando o IGTV e, antes disso, os Stories. Agora, já tenho outro desafio pela frente: fazer vídeos com looks para o feed. Muitas blogueiras estão fazendo e eu não posso ficar atrás. Eu sinto o mundo das redes sociais assim: sempre surgindo novidades, sempre vídeos com recursos variados, sempre tudo mais rápido, menos texto, enfim, a vida está assim. Percebo que muita seguidora não lê a legenda, mas fazer o quê? Me conformo e sigo procurando fazer boas legendas.
    Eu não tenho mais vontade de ler blog algum. Não me atrai, não tem a variedade de um instagram. O único que leio é o seu, que sempre foi muito bom. Vou mantendo o meu blog só para ter um espaço meu na internet mas invisto zero nele. Até porque o próprio Blogger criou zero atualização para o espaço. Nenhum avanço tecnológico, nenhum design atual, nenhum recurso novo, zero inovação.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Denise,
      Eu estou meio limitada no instagram, pois praticamente perdi a voz na cirurgia de tireoide, então não tenho como fazer vídeos! Adoro o instagram, mas fiquei com ele brecado quando meu perfil foi eliminado no FB, pois os dois estavam vinculados. Praticamente comecei meu instagram em março de 2018, que foi quando consegui desvincular as contas e vincular com o meu perfil atual do FB. Invisto zero no perfil e na página do FB, mas o instagram carrega automaticamente os dados para lá, então vejo que aquela rede social está sobrevivendo devido a simbiose criada artificialmente entre FB e IG.
      Eu visito e sigo vários blogs, ou seja, os que estão no meu blogroll são os blogs que eu visito, pois são blogs que ainda estão sendo atualizados, mas alguns já precisam ser eliminados da lista, como o Just Lia, pois a Lia Camargo já desistiu da empreitada e tudo indica que não vai mais voltar.
      Boa sorte para nós blogueiras e vamos ficar atentas para o que virá...
      Beijos

      Excluir

Copyright 2019 - Todos os direitos reservados - Desenvolvido com
POR LORY DESIGN