Inacreditável - pior do que o estupro é o descrédito - Gosto Disto!

27 de setembro de 2019

Inacreditável - pior do que o estupro é o descrédito

Inacreditável série da netflix

Inacreditável é uma série da Netflix, baseada em fatos reais, que mostra o horror de ser desacreditada por todos depois de ter sido estuprada.

Se você é mulher vai se sentir chocada com a história de Marie Adler (Kaitlyn Dever), que foi estuprada ao 18 anos e desacreditada pela sua família e policiais sobre o seu estupro. Se você não é mulher, mas tem mãe, irmã, namorada, esposa, filha, também vai se sentir chocado. Só não se comove com o que aconteceu com Marie Adler quem nasceu de chocadeira e não tem alma.



Inacreditável série da netflix

Resenha


Em 2008, na cidade de Washington, Marie Adler teve sua casa invadida e foi estuprada por horas por um pervertido que não deixou nenhum rastro. Quando ela foi procurar a polícia, os policiais que a atenderam, embora fossem policiais experientes em diversos tipos de crime, nunca tinham lidado com um caso de estupro e começaram a duvidar da história dela devido às inconsistências. Sua família adotiva também não acreditou nela.
Ela foi praticamente obrigada a confessar que tinha mentido e acabou sendo processada por denunciação caluniosa.

Ela foi o primeiro caso de estupro de um serial killer, Marc O’Leary. Os crimes continuaram acontecendo em diversas partes dos EUA e duas detetives Karen Duvall (Merritt Wever) e Gace Rasmussen (Toni Collette), começaram a investigar separadamente os crimes, até que elas deram conta que estavam lidando com o mesmo tipo de criminoso e que ele era a mesma pessoa.

Inacreditável série da netflix

Porque assistir



Quando você é vítima de um furto, ninguém diz que você está mentindo ou duvida de você, se você é vítima de uma agressão física, não precisa provar que está dizendo a verdade, mas se você é mulher e foi vítima de um estupro pode ter problemas com a polícia, pois podem duvidar de você, você pode ser vítima do estuprador e da descrença das pessoas. Inacreditável trata da falta de credibilidade de Marie diante dos policiais, pois ela era uma adolescente que tinha enfrentado problemas desde pequena, rodando por vários lares adotivos e já tinha sofrido violência doméstica e também sexual desde muito nova.

Inacreditável série da netflix

Preste atenção


A série Inacreditável segue por dois caminhos, sendo que um deles é a história de Marie e todo o seu drama psicológico e moral, e o outro caminho é de uma série policial normal, quando os estupros são investigados pelas detetives, criando um certo suspense.
Um detalhe muito importante da série é que ela mostra muito bem que qualquer mulher pode ser estuprada, seja ela jovem, bonita, feia, magra, gorda, pouco importa, o estupro em si não é um concurso de sensualidade e nem de beleza, pois o estuprador quer humilhar a sua vítima e para isso não precisa de um tipo físico específico e nem que ela esteja vestida de uma forma provocadora.

No momento em que o estuprador é preso e vai a julgamento, uma das vítimas, que era uma senhora com jeito de avó, pergunta para ele em juízo: por que eu? 

Inacreditável série da netflix


Não quero adiantar o final por causa de spoiler, pois embora seja uma série baseada em fatos reais, muita gente não sabe o desenrolar do fatos, eu mesma não sabia, mas depois de assistir fiquei curiosa para saber o que aconteceu com Marie (que é um nome fictício), e descobri que ela está bem e hoje é caminhoneira. Ela tem como meta não se atemorizar com o que aconteceu com ela e a cada dia que passa está melhor e mais forte.





9 comentários:

  1. Meu Deus! Inacreditável mesmo! E pensar que isso é tão real. Pior é ainda ter que ouvir algumas pessoas dizerem que é exagero.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fiquei chocada com o tratamento que deram a garota! O pior é que isto não é raro, é bem comum.
      Beijos

      Excluir
  2. Oi Betty, eu já estava SUPER interessada em ler o livro, agora quero assistir a série também. Essa história é realmente "inacreditável". Beijo, beijo :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostaria de ler o livro também. a série e praticamente obrigatória.
      Beijos

      Excluir
  3. Oi Betty... vi nas atualizações da Netflix mas não consegui nem ver do que se tratava, ando em uma correria terrível. Mas vou conferir com certeza!
    Beijosss

    ResponderExcluir
  4. Olá Betty, assisti, gostei mas achei muito comprido. Só não desisti porque tinha lido sua resenha aqui. Com metade dos episódios se contaria a mesma história que sim, é interessante, atual e faz-nos refletir. Beijo, bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  5. É muito triste ! E pensar que acontece sempre. Eu trabalho em uma escola do governo para adolescentes especiais. De 12 anos à 21 anos. E muitos que estão lá,nasceram normais. Mas à vida não foi justa com eles. Eles se desabafam muito comigo. Chorei muito esta semana com a história de um menino de 17 anos que foi estuprado na infância por seu meio irmão na infância. Um dia li está frase no Instagram de um amigo psicólogo: "Nada do que é humano me é estranho!". Bom Domingo por ai amiga! Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. A série é envolvente do início ao fim, no início cheguei a pensar que ela estava inventando todo o acontecimento, sobretudo depois de a ex-madrasta contar algumas situações sobre seu comportamento. Porém, à medida que acontece a mesma situação com a outra garota, percebi que o que ela tinha vivido era real. Marie é uma garota resiliente e a cena mais tocante para mim foi quando ela, finalmente, consegue tirar sua carta de condução e pede para um rapaz tirar uma fotografia dela segurando o documento. O trabalho incansável das investigadoras foi a grande salvação de Marie. A cena do telefonema que ela faz para a investigadora e seu agradecimento foi muito tocante também.
    Beijos!

    ResponderExcluir

Copyright 2019 - Todos os direitos reservados - Desenvolvido com
POR LORY DESIGN