Não levante da mesa até jogar a última carta - Gosto Disto!

30 de outubro de 2019

Não levante da mesa até jogar a última carta

Não levante da mesa até jogar a última carta


Este foi um dos melhores conselhos que já ouvi e ouvi de um dos melhores terapeutas que já tive. Mas afinal o que significa o “não levante da mesa até jogar a última carta”? Significa que em tudo que você fizer, faça todo o possível para dar certo, mas se não der, só abandone a sua meta quando já não tiver mais o que ser feito, só assim você vai ter certeza que não vai se arrepender.
Aja na vida como se estivesse num jogo de baralho, e faça tudo para ganhar, jogue até a sua última carta, não fique nem mesmo com carta na manga, mas depois que já jogou todas as cartas, levante-se e vá embora, pois continuar jogando só vai criar dívida que cresce à medida que se vai perdendo.
Na vida é preciso saber a hora que o jogo acabou e se levantar da mesa.
Senta que vem história...


Eu queria muito que meu casamento desse certo, pois já tinha sido casada antes e sentia uma culpa imensa por não ter dado certo. Posso dizer que levantei da mesa antes de jogar todas as cartas. Fui embora tendo muito jogo ainda para jogar e magoei pessoas com essa retirada prematura.
Depois me casei com a pessoa errada, ele era um ser do mau e usava do meu ex-casamento para me manipular. Era machista, ganancioso, interesseiro, trapaceiro, invejoso, mas acima de tudo era uma das pessoas mais mesquinhas que eu conheci na vida. De tanto me chamar de louca, achei melhor procurar por um psicanalista e me tratar. Azar o dele, pois acabei enxergando que minha única loucura era aguentar ele! Levantei da mesa na hora certa. Perdi muito dinheiro, pois quando se casa com um cafajeste, ou você de livra dele ou fica remoendo e cobrando e continua atada. Parecia propaganda de cartão de crédito, me libertar dele não tinha preço.
Ele quis conversar, quis voltar, mas para mim já não tinha nada, o jogo tinha acabado, se ele ainda tinha carta na manga, azar o dele!
Perdi muito monetariamente, mas não me arrependi em nenhum momento.
Este conselho de não levantar da mesa enquanto não jogar a última carta não serve apenas para relacionamentos amorosos, mas também para negócios. Vamos dizer que você montou uma empresa e em determinado ponto você não está contente com o rumo que as coisas estão tomando. Já vi muita gente vender uma empresa, depois vê-la prosperar nas mãos de outros e passar a vida reclamando que vendeu a preço de banana, que se aproveitaram dele ou dela, que estava numa fase de vida difícil e se fosse hoje não venderia. Vendeu porque quis, mas se arrependeu e se arrependeu porque saiu do jogo antes do tempo.
Se você montou um negócio, faça tudo para dar certo, vá até onde pode ir para não se arrepender depois, mas não insista além do ponto em que você vai ser ver endividada (o). Se você não está contente com o rumo que sua empresa está tomando, então talvez seja hora de vender ou de fechar, mas tenha em mente que tem uma hora certa para fazer isso sem se arrepender depois.
Uma vez li um pensamento do Mick Jagger que dizia mais ou menos assim: se você quer muito alguma coisa, insista, se quer mesmo, continue insistindo, mas se continuar não dando certo, pare, pois não vale a pena fazer o papel de idiota. Muito sábio este filosofo o Sr. Jagger!


Foto: Alessandro Bogliari via Unsplash

8 comentários:

  1. Perfeita essa frase. Fico feliz quando vejo pessoas que queriam muito fazer um determinado curso, não tinham condições, mas lutaram até o fim e conseguiram se formar, pessoas que têm habilidades na cozinha ou com artesanato e conseguem empreender, enfim, enquanto houver carta, o jogo não acabou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sempre brinco que gosto de gente birrenta, pois sou birrenta também. Quando quero uma cdoisa, vou e luto por ela, mas a gente tem que saber até quando lutar e qual é a hora de cair fora.
      Beijos

      Excluir
  2. Nem sempre perdemos,nem sempre ganhamos,maa o importante é n desistir de jogar. Sim,a vida é um jogo. Ainda bem que depois de 2 casamentos complicados,tu encontrou um bom companheiro! Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu me dou muito bem com meu marido, mas se tivesse ficado insistindo naquela barca furada, estaria infeliz até hoje. Se não fosse a terapia, é bem provavel que estivesse lá.
      Beijos

      Excluir
  3. Vou passar a seguir esse conselho para minha vida. Também perdi muito dinheiro em um casamento que insisti tanto até ver que realmente não ia dar certo. Tem vezes na vida que é frustante tentar tentar tentar mas se levantar da mesa antes, realmente pode levar a arrependimentos futuros. Adorei esse post ♥

    Um beijo,
    Quase Mineira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando a coisa não vai bem é melhor perder dinheiro do que a dignidade, só não levante da mesa por impulso, levante na hora certa.
      Beijos

      Excluir
  4. Oi Betty... sábio conselho, não dê por vencida uma batalha, mas também não dê murro em ponta de faca, já dizia minha finada avó.
    Beijosss!!!

    ResponderExcluir
  5. Ótima reflexão!
    Amadurecer e enxergar as situações sobre um novo prisma é muito importante
    Beijos
    Claudia

    ResponderExcluir

Copyright 2019 - Todos os direitos reservados - Desenvolvido com
POR LORY DESIGN