Detox digital – 15 dias sem Instagram

Detox digital – 15 dias sem Instagram

Meu marido passou por uma cirurgia de coluna com um pós operatório de assustar. Ele gritava de dor, e ao ver o desespero dele fiz uma promessa de ficar 15 longe do Instagram com o intuito de vê-lo melhor. Foi um verdadeiro detox digital, pois estava gastando mais tempo no Instagram do que no Blog ou qualquer outra rede social.
Neste 15 dias de detox digital do Instagram deu para perceber várias coisas que resolvi compartilhar com você.


1. Senti saudade de algumas pessoas com as quais falava todos os dias no Instagram. Tenho por hábito dar bom dia a todos no Instagram pela manhã, então quando acordo, faço o café e começo o meu dia real e virtual dando bom dia no Instagram. Sem Instagram para dar bom dia, senti falta das pessoas que respondiam ao meu bom dia.

2. Fiquei com mais tempo para mim e para o meu marido, o que foi ótimo pois o pós operatório dele o tornou muito dependente de mim.
Descobri que o Instagram toma muito tempo! Muito mais do que deveria tomar. Não digo que sobrou tempo no meu dia, pois dando uma de enfermeira não sobrou tempo para nada, mas se tivesse mais o Instagram, eu iria entrar num parafuso, então a promessa de detox digital acabou ajudando nessa fase corrida.

3. Perdi algumas notícias que gostaria de ter sabido no momento que aconteceram. Notícia ruim a gente sabe fácil, mas notícias boas só mesmo no Instagram. É pelo Instagram que eu sei de filmes, desfiles de moda, fatos sobre celebridades, dou uma espiada nas famílias reais pelo mundo, enfim meu mundo bonito e colorido está lá no Instagram. No Instagram não tem alta do dolar, queda da bolsa, troca de ministro, não tem nem Gilmar Mendes de tão bom que aquele cantinho virtual é.
Ficando longe do Instagram, perdi o aniversário da Zoe, filhinha da Sabrina Sato, que tenho acompanhado bem de perto desde que nasceu. Vi algumas coisinhas em um blog aqui, outro ali, mas nada que me fizesse sentir como convidada para o aniversário da Zoe, como eu me sentiria se estivesse presente no Instagram na data em que a festa aconteceu.

4. Tive dificuldades em montar posts, pois grande parte das fotos e links estão no Instagram. Eu tenho usado o Instagram como fonte inicial de pesquisa. Digo inicial porque o Instagram é raso, não dá para você montar um post por ele, mas, por exemplo, se caço uma tendência de moda no Instagram, vou pesquisar no Google se a tal tendência realmente existe, e daí passeio pelas principais revistas antes de montar um post. Tenho usado muitas fotos do Instagram como referência para posts de moda, sem Instagram, tive que me virar para montar posts com o que eu tinha nas mãos, ou seja, revistas impressas, revistas on line e pesquisas no Google.

Tenho que reconhecer que o Instagram facilita muito as pesquisas nessa área.

Detox digital – 15 dias sem Instagram


5. Os amigos reais reclamaram da minha ausência, pois se acostumaram com os meus posts. Eu nem posto tantas coisas da minha vida pessoal, mas de vez em quando eu mostro o Juanito (meu chihuahua), meus gatos, fotografo encontrinhos com amigas, almoços e outras coisinhas mais. Evito transformar o meu perfil no Instagram num reality show, mas mostro um pouco de mim e de minha vida por lá.
No meu detox digital eu sumi do Instagram e quando encontrei uns amigos em um almoço, se mostraram preocupados com o meu sumiço.
O Instagram já faz parte do meu mundo real, de tanto que se entrelaçou com ele.

6. Não pude acompanhar viagens dos amigos e outros eventos que acompanhava pelo Instagram, o que me deixou um pouco triste. Quando os amigos viajam, eu vou junto através das fotos que postam. Se nasce uma criança em uma família, lá estou eu desejando toda felicidade do mundo para o novo membro. Se alguém casa, quase me sinto acompanhando a noiva até o altar e durante a festa, pelas fotos. De certa maneira vivo os momentos bons dos amigos através das fotos deles.
Durante o meu detox digital uma de minhas melhores amigas viajou para o Marrocos e eu não pude acompanhar. Estava doida para ver, mas promessa é promessa e eu não podia quebrar.

7. Enfrentei situação de fechar contrato com empresa sem saber com quem realmente estava lidando. Quando uma empresa ou agência me contrata para um trabalho, primeiro vou ver o site ou loja virtual para saber com quem ou o que estou lidando, mas a minha segunda fonte de referência é o Instagram. Pelo Instagram é que vejo a imagem que o cliente está passando.
Fique perdida quando duas agências diferentes entraram em contato comigo, pois tive que confiar apenas nos sites das empresas para as quais devia elaborar trabalhos digitais, sem xeretear no Instagram.
Como fonte de pesquisa para fechar contrato o Instagram tem lá sua utilidade.

8. Li mais. Enquanto meu marido esteve hospitalizado eu gastei boa parte do meu tempo vendo fotos e notícias breves pelo Instagram, depois da promessa de não entrar no Instagram por 15 dias, me vi obrigada a preencher o meu tempo ocioso no hospital, salas de espera dos consultórios e outros lugares entediantes, com livros. Passei a ler mais, muito mais. Acho que este foi o ponto mais positivo do meu detox digital.

9. Não me adapto mais ao Facebook. Eu tentei acompanhar os amigos e as notícias pelo Facebook, mas não consegui. O Facebook me pareceu como aquele ex feio que durante um tempo da vida a gente valoriza e vê como bonito e inteligente, mas com o término da relação dá uma vergonha de ter se apaixonado por aquilo um dia.
O formato me pareceu antigo, os memes de gatinhos e orações me pareceram piegas. A falta de notícias de empresas e revistas sérias pesaram.
Realmente, o Facebook só presta pela agenda dos aniversários dos amigos, tirando isto é feio, fraco e fedido.
Por mais que eu tenha me esforçado, o Facebook não é mais o meu número.

10. O blog não depende do instagram para ranquear bem. Blogs e sites dependem de redes sociais para serem divulgados, para que as pessoas os encontrem e virem leitoras, mas tanto o Facebook, como o Instagram, são muito fechados em si mesmos para que sirvam para divulgar um blog. Hoje em dia um blog ou site depende muito do tráfico que vem das consultas do Google e do Pinterest, mas dificilmente vai se fazer visível pelo Instagram e Facebook.
Adoro o Instagram, ele é meu jardinzinho a parte no mundo virtual, mas não espero que quem me siga por lá venha até o blog, pois a rede social tende a aprisionar os seus usuários dentro dela mesmo impedindo que saiam, ou ao menos não facilitando nem um pouco esta saída.
Em 15 dia de detox digital o blog não sofreu nenhuma queda devido á minha ausência do instagram.

Se você está pensando em fazer um detox digital, espero que os prós e contras desta lista ajudem você a decidir.

Fotos: Georgia de Lotz via Unsplash e Pexels

Compartilhe

Betty Gaeta

Gosto Disto foi criado por Betty Gaeta, publicitária, advogada e blogueira, de Bauru - SP, para falar de moda, beleza, comportamento, viagens, decoração, filmes e tudo o que se refira ao universo feminino.

7 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. mt legal essa experiencia de detox digital, o bom é ter mais tempo pra outras coisas como ler, mas ruim perder algumas noticias e mesmo se sentir longe de amigos proximos

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  3. Oi Betty... sem querer ando fazendo um detox de tudo, por falta de tempo mesmo, rsrsrs
    Só agora sentei na frente do computador para visitar os blog amigos e postar alguma coisa. Vou para Bauru na semana que vem e depois praia, aí faço detox mesmo, rsrsrs
    E gosto muito!!!
    Beijosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por aqui tb anda corrido, mas eu tinha fechado vários negócios e não podia jogar tudo para o ar. Na semana que vem eu também viajo.
      Beijos

      Excluir
  4. Oi, Betty. Espero que seu marido esteja melhor.

    Como tenho pouco hábito de redes sociais, posso e consigo ficar longe dessas praguinhas por muito tempo. Eu precisei fazer um detox forçado, assim como você Betty, quando meu marido se acidentou. Sabe qual a única rede que as pessoas perguntaram sobre mim, meu sumiço, e a saúde do meu marido? Twitter. É a única que eu olho quase todos os dias.
    Dou a maior força a quem deseja fazer detox eletrônico.
    Beijos mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paula,
      Praticamente não uso o twitter.Por falar em acidente, bati com a cara no chão... mas é uma longa história e vou contar na segunda-feira.
      Beijos

      Excluir

Blogs que valem uma visita