Ted Bundy: A Irresistível Face do Mal – serial killer sedutor - Gosto Disto!

20 de dezembro de 2019

Ted Bundy: A Irresistível Face do Mal – serial killer sedutor

Ted Bundy: A Irresistível Face do Mal filme

Se tem uma história que me intriga é a de Ted Bundy, daí eu ter ficado ansiosa para assistir ao filme “Ted Bundy: A Irresistível Face do Mal”. Ted Bundy foi um serial killer americano que tinha tudo para ser uma pessoa de bem, mas era um psicopata e matou, comprovadamente, mais de 30 mulheres, mas as autoridades policiais acreditam que o número pode ter sido bem maior chegando a 100 vítimas. Ele tinha uma vida dupla e para algumas pessoas era uma pessoa normal, simpática e equilibrada, mas o lado mau de Ted Bundy estuprava e matava de forma cruel.
Ted Bundy ganhou uma legião de fãs femininas durante a sua prisão e julgamento, pois ele era um homem bonito e muito bem articulado. O nome secundário do filme, “A Irresístivel Face do Mal”, faz jus ao criminoso americano, pois ele era um sedutor.

O filme é muito bom e Zac Efron está perfeito no papel.



Ted Bundy: A Irresistível Face do Mal filme

Resenha


O filme é baseado no livro O Príncipe Fantasma: Minha Vida Com Ted Bundy, escrito por Liz, Kloepfer, sob o pseudônimo de Elizabeth Kendall (Lily Collins) que foi namorada de Ted e viveu com ele durante alguns anos.
Alguns críticos estão reclamando do fato do filme Ted Bundy: A Irresistível Face do Mal focar pouco nos crimes de Ted Bundy, pois somente no final do filme é que se vê a encenação de um dos crimes do serial killer, mas a verdade é que o filme é focado no livro escrito por Liz, e ela não vivenciou os crimes, na visão dela ela vivia com um homem supostamente normal. É certo que o roteiro do filme tomou algumas liberdades, pois nem tudo foram flores no casamento de Liz e Ted Bundy e ela descreve alguns episódios de violência psicológica e até mesmo física da parte dele, no livro, mas na maior parte do tempo ele era um sujeito normal.
Em alguns momentos, se você não tiver ideia do que Ted Bundy realmente fez, vai simpatizar com ele.
Ted Bundy: A Irresistível Face do Mal mostra que Liz o entregou devido a um retrato falado do criminoso que se parecia muito com Ted Bundy, mas na verdade ela tinha mais evidências do que o retrato falado quando ela entregou o nome dele para a polícia, como alguns souvenirs que ela encontrou em sua casa, como calcinhas e outros objetos, que ele colecionava de suas vítimas.

O filme mostra do momento em que Ted e Liz se conheceram até a sua execução.

Ted Bundy: A Irresistível Face do Mal filme

Porque assistir


Embora seja um filme sobre um serial killer, você não vai ver um banho de sangue na tela, mas um homem tentando se defender de acusações que ele jura serem infundadas, e também tentando reconquistar a mulher que ele amava, Liz, muito embora ele tenha se tornado amante de Carole Ann (Kaya Scodelario), quando se encontrava preso e ter tido um filha com ela antes de morrer na cadeira elétrica (não é spoiler, pois a história de Ted Bundy é amplamente conhecida).
É fácil entender a paixão de Liz por Ted Bundy, pois ela o conheceu como um homem apaixonado e normal, que assumiu a filha dela do seu primeiro casamento e era um bom pai, mas é impossível aceitar a posição de Carole Ann, pois ela se envolve com Ted Bundy quando já estava provado que ele era um serial killer perigoso.

Ao assistir eu fique me indagando a razão de tantas mulheres se apaixonarem por assassinos, pois aqui no Brasil o Maníaco do Parque tem fãs e até mesmo uma noiva.

Ted Bundy: A Irresistível Face do Mal filme

Preste atenção


A semelhança de Zac Efron com Ted Bundy é espantosa. Ele está perfeito no papel, ou mais do que isto, ele incorporou Ted Bundy e não apenas o representou.

Se você tiver oportunidade de assistir as entrevistas feitas com Ted Bundy (Conversando Com Um Assassino: Ted Bundy – disponível na Netflix) quando ele já estava preso, vai ver que o verdadeiro Ted Bundy era mais bonito do que Zac Efron e tinha um sorriso bem mais cativante, mas ainda assim Zac Efron se saiu maravilhosamente bem no papel.

Ted Bundy: A Irresistível Face do Mal filme

Moda e Figurino


O filme se passa nos anos 70 e a caracterização de época é muito boa, principalmente no que se refere ao figurino de Ted Bundy.
Algumas roupas que Ted Bundy – Zac Efron usou durante o julgamento são cópias fieis das roupas originais sem nenhuma alteração.

Ted Bundy: A Irresistível Face do Mal filme

Curiosidades


No filme, Liz é apoiada por um colega de serviço, Jerry, que é apaixonado por ela. Jerry é representado por Haley Joel Osment, o garotinho que “via gente morta” no filme Sexto Sentido.

O Promotor Larry Simpson, responsável pela acusação de Ted Bundy, foi protagonizado por Jim Parsons, ou seja, o Sheldon Cooper, do seriado The Big Bang Theory (adoro!).

Ted Bundy: A Irresistível Face do Mal filme


O que fascina no filme Ted Bundy: A Irresistível Face Do Mal é que mostra que Ted Bundy era um sujeito normal, com tudo para se dar bem na vida. O juiz que pronunciou a sentença diz que era uma pena ele ter seguido pelo caminho errado, pois se fosse diferente, ele daria um ótimo advogado. Esse fato é verdadeiro, existe a gravação do julgamento em que o juiz sente a perda de uma vida que poderia ter sido produtiva e normal.
Não é um filme ameno, mas é o mais brando dos filmes sobre um serial killer.




3 comentários:

  1. Oi Betty!
    Desejo a você e sua família, um Natal e ano novo maravilhoso!
    Beijo carinhoso!

    ResponderExcluir
  2. Já ouvi falar sobre esse filme.
    O blog entrará em recesso de 24 de dezembro a 5 de janeiro.
    Feliz Natal e um 2020 incrível para você.
    Big Beijos,
    Lulu on the sky

    ResponderExcluir
  3. Oi Betty... já está na minha lista para assistir.
    Eu gosto muito de filmes e séries com esse tema. Assisti uma
    série incrível chamada "MindHunter", eu recomendo!
    Beijosss

    ResponderExcluir

Copyright 2019 - Todos os direitos reservados - Desenvolvido com
POR LORY DESIGN