O que eu sei da vida na visão de um chihuahua - Gosto Disto!

5 de fevereiro de 2020

O que eu sei da vida na visão de um chihuahua

O que eu sei da vida na visão de um chihuahua


Eu e meu marido fomos ao shopping e levamos o Juanito conosco. Se você não sabe, Juanito é o nosso chihuahua de 3 anos de idade. Esse shopping que vamos passou a ser nosso favorito por ser pet friendly e disponibilizar carrinhos para os cães, água fresca, locais onde podemos almoçar e ter o nosso pequeno ao nosso lado e saquinhos cata-caca. Juanito adora estes passeios.


Quando meu marido foi fazer seu prato, eu fiquei com o Juanito na área onde é permitida para cães, e ele fica mega ansioso quando o meu marido vai para longe dele, pois para ele o paipai dele (uma amiga foi quem definiu o que o meu marido era para o Juanito) é meu marido e não eu. Eu sou um ser secundário na matilha a qual pertence o Juanito.
Enquanto eu tentava distrair o Juanito, fui olhando as suas reações e comecei a pensar naquilo que o Juanito acredita piamente, muito diferente de nós humanos que estamos sempre questionando as coisas.
Passo agora a falar pelo Juanito, um chihuahua de 3 anos e 2,500 quilos.

Eu sou o Juanito e, como um cachorro, não tenho a mínima ideia da finitude das coisas. Não sei de morte ou nada parecido, sei do momento presente e de alguns momentos passados. Não tenho ideia se meus donos são ricos ou pobres, se são bonitos ou feios, altos ou baixos, velhos ou novos, mas sei que me protegem e me amam e eu amo meu paipai acima de todas as coisas, vá lá, eu também gosto da mãemãe, mas ela tem lá as esquisitices dela.
Eu fiquei 8 meses em um canil e em um pet shop até ser comprado, por impulso, pelos meus donos e dei um trabalhão para eles, pois eu não convivia com humanos, só com cães. Até hoje acredito que todos os cães são amigáveis e faço a maior festa quando encontro um cachorro em meu caminho. Sou capaz de ouvir um latido há uma boa distância e começar a abanar o rabo diante da possibilidade de encontrar um companheiro. Este ficou sendo o meu vínculo com o meu passado e pelo jeito terei sempre este lado amigável para com os amigos de quatro patas, até mesmo com os gatos da minha casa eu me dou bem, me dei bem desde o começo.
Eu acostumei com os humanos e convivo bem com eles agora, mas por favor, não é porque eu sou pequenininho que estou disposto a ir no colo de todo mundo. Paipai e mãemãe tudo bem, mas se você não é do meu restrito círculo familiar, por favor, não me assedie, não se faça de tão íntimo ou íntima (as mulheres são piores, elas pensam que eu sou muito fofo).
Meu paipai me dá tudo o que eu preciso e quando digo que mãemãe é meio esquisita é porque é ela que briga comigo quando eu faço xixi no pé da mesa de jantar, também é ela que inventa que eu tenho que tomar banho e que me leva para tomar vacina. Meu paipai é muito mais confiável, pois ele nunca faz essas coisas chatas comigo, ele sempre me dá um pedacinho da comida de seu prato. Eu não tenho a mínima ideia que aquela comida que ele me dá é a mesma que me dá dor de barriga e daí vem a mãemãe com um tal de probiótico e me enfia goela abaixo. Também não tenho ideia que é o tal do probiótico que faz passar a minha dor de barriga, mas tenho gravado que quem me dá aquela coisa ruim é a mãemãe. Papai só me dá coisas boas, como queijos temperados e batinhas do McDonald’s.
Eu não tenho ideia do mundo fora de minha casa, só saio com coleira e guia, mas já fugi algumas vezes. Saio correndo pela rua e adoro soltar minhas pernas. Sei que estou seguro porque o paipai ou a mãemãe estão correndo atrás de mim, então não estou sozinho. Eu não tenho ideia que carros atropelam cachorrinhos e posso passar na frente deles sem medo nenhum.
Meu mundo e minha vida é o meu dia e eu tenho tudo que preciso, casa, comida, paipai e muito carinho.
Humanos são muito bonzinhos, mas são muito complicados, não acha?

8 comentários:

  1. Ficou um amor esse relato desse olhar, a visão dele sobre a vida e os humanos e suas complicações...Gostei! bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Chica,
      Escrevi com o coração, mas achei que as pessoas não iriam ler. Que bom que vc gostou.
      Beijos

      Excluir
  2. Amei o Juanito❤️❤️ é lindo.
    O shopping está de parabéns 👏 pelo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse shopping é uma delícia, dá para ficar com ele em vários lugares, só não pode ir ao cinema... ainda.
      Beijos

      Excluir
  3. Juanito é muito fofo amiga e que cama gostosa essa!
    Amei o texto, um relato para todos nós refletimos.
    Se todos os shoppings fossem assim, poderíamos levar nossos pets!

    Beijinhos ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu praticamente mudei de Shopping por causa dele. É muito gostoso sair com ele, pois ele curti tudo na volta dela e cada vez é uma nova descoberta.
      Beijos

      Excluir
  4. Oi Betty... O Juanito é um fofo e a visão dele é bem parecida
    com a que acontece na minha casa com meus filhos, rsrsrs
    Beijosss!!!

    ResponderExcluir

Copyright 2019 - Todos os direitos reservados - Desenvolvido com
POR LORY DESIGN