Casamento Às Cegas mesmo quem não gosta de reality vai amar

Casamento Às Cegas mesmo quem não gosta de reality vai amar

Eu não gosto de reality show e só me propus a assistir Casamento Às Cegas (Love Is Blind) porque não se fala em outra coisa nas redes sociais e eu iria acabar me sentindo out se não desse uma olhadinha. Ok, era uma olhadinha e cair fora depois de um ou dois episódios, mas acabei assistindo todo o experimento social (é assim que é chamado o reality show em questão) e me apaixonei.



Casamento Às Cegas mesmo quem não gosta de reality vai amar

Resenha


O experimento, Casamento Às cegas, reuniu vários homens e várias mulheres, que não se conheciam, com a proposta de que se conhecessem e começassem a se relacionar sem que pudessem ter contato visual.
Os rapazes ficavam separados das garotas e tinham contatos com elas em cabines fechadas através das quais não podiam se ver, mas podiam se ouvir e trocar informações.
O sistema era rotativo, então cada garota conhecia vários rapazes e cada rapaz conhecia várias garotas.
Conforme as conversas iam se desenrolado, os casais foram se formando sem se verem, até chegarem ao ponto de proporem casamento às cegas.
Se a garota aceitasse o pedido de casamento, só depois iria ver quem era o seu noivo.
Os casais tiveram 40 dias para se conhecerem, noivarem, se conhecerem visualmente, viajarem juntos numa prévia de lua de mel, conviverem em um condomínio se integrando na vida real e se casarem.

Até na hora do sim no altar, podiam desistir do seu parceiro ou parceira.

Casamento Às Cegas mesmo quem não gosta de reality vai amar

Porque assistir


Acredito que o programa não mostrou realmente tudo o que se passou, e que pode ter uma pitada de fake, de forçação de barra, mas ainda assim é muito interessante, pois as pessoas vão se revelando a medida que vão se conhecendo e essa revelação se intensifica depois que o primeiro contato visual é feito.
No experimento tem gente de todo tipo, gente descolada, gente travada, gente iludida, desconfiada, romântica, mentirosa, enfim, são seres humanos com todos os defeitos e qualidades dos seres humanos.

Mesmo antes que os casais estivessem formados, eu comecei a torcer para que Fulano ficasse com Sicrana e por aí adiante. Não dá para ficar isenta no relacionamento dos casais e de uma pessoa em especial não consegui gostar devido a sua insegurança e o seu jogo de ficar mantendo pé em duas canoas, tentando seduzir alguém mais além do seu noivo.

Casamento Às Cegas mesmo quem não gosta de reality vai amar

Preste atenção


Quando os casais vão conhecer as famílias dos noivos, fica bem claro os casais que têm mais chances de ficarem juntos e de dizerem sim no altar, mas ainda assim me enganei com um dos casais e acho que muita gente vai se enganar também.

Dá para sentir quem quer que o experimento dê certo, quem está ali por estar e quem entrou numa roubada ao tentar participar do Casamento Às Cegas.

Casamento Às Cegas mesmo quem não gosta de reality vai amar

Moda


Não sei se o programa forneceu as roupas para a garotas e rapazes. Inicialmente parecia que sim, mas depois fiquei em dúvida, vez que ela parecem ter arcado com os gatos com seus vestidos de noiva, mas todas usam looks muito legais. Aliás, tanto as garotas, quanto os rapazes, são muito bonitos, pareciam atores de comédia romântica.
Nenhuma delas tinha o estilo boho, todas usavam roupas muito ajustadas ao corpo e bem reveladoras.

Um dos casais que ficaram juntos (aí vai um pequeno spoiler), a Lauren e o Cameron, hoje são influenciadores digitais na área de moda e usam looks coordenados muito bacanas.

Casamento Às Cegas mesmo quem não gosta de reality vai amar


Eu sou o tipo de pessoa que chora em filme, chora de rir, chora em casamento e até em aniversário, então, como uma chorona profissional, chorei em alguns casamentos do reality show.
Para arrematar, a Netflix fez um último episódio, um ano depois do experimento, mostrando como os participantes estão hoje e foi muito legal ver que, entre mortos e feridos, salvaram-se todos.
Casamento às Cegas foi um sucesso e viralizou, então agora é só esperar pela segunda temporada, que já está sendo feito.




Compartilhe

Betty Gaeta

Gosto Disto foi criado por Betty Gaeta, publicitária, advogada e blogueira, de Bauru - SP, para falar de moda, beleza, comportamento, viagens, decoração, filmes e tudo o que se refira ao universo feminino.

3 comentários:

  1. Estou mesmo por fora, não havia ouvido falar! Mas deve ser legal e emocionante! Ainda mais em tempos de confinamento, precisamos nos divertir! bjs, te cuida! Ótimo OUTONO! chica

    ResponderExcluir
  2. Oi Betty... ainda não conferir, mas agora com tempo de sobra eu vou ver sim, rsrsrs
    Beijosss!!!

    ResponderExcluir
  3. Já me falaram e eu não consegui assistir ainda !!
    Mas agora vai !!! Vou seguir a tua dica !!

    ResponderExcluir

Blogs que valem uma visita