Lulu Nua E Crua uma comédia francesa feminina e feminista

Lulu Nua E Crua uma comédia francesa feminina e feminista

Lulu Nua E Crua é uma comédia francesa que foge dos clichês e consegue prender o espectador desde os primeiros minutos do filme. Eu descobri esta comédia num site denominado Festival Varilux em Casa (no final deixarei o link para você) onde numa iniciativa solidária a Embaixada Francesa no Brasil disponibilizou 50 filmes franceses para amenizar a quarentena.

Eu não tinha nenhuma indicação deste filme e foi uma agradável surpresa descobrir esta pérola. Sim, a comédia é ótima!



Lulu Nua E Crua uma comédia francesa feminina e feminista

Resenha


Lulu Nua E Crua conta a história de uma mulher na casa dos quarenta que está presa a um casamento fracassado, com um marido grosseiro, Serge (Patrick Ligardes) e três filhos, numa cidadezinha perdida no interior da França.
Um dia Lulu (Karin Viard) vai para uma entrevista de emprego, em uma cidade vizinha, e se dá muito mal, na hora de voltar para casa descobre que só tem trem no dia seguinte e se hospeda em um hotelzinho modesto. Este é o primeiro passo para uma liberdade desconhecida por Lulu e ela vai prolongando a sua estada na cidade, mesmo se dando conta que o seu marido bloqueou o cartão de crédito no banco, sob o argumento de que ele tinha sido roubado.
Lulu se vê sem dinheiro, mas também sem vontade de voltar para a sua antiga vidinha.
Nesta jornada de dez dias ela conhece Charles Castanaud (Bouli Lanners), um ex-presidiário que mora com seus dois irmãos, Richard (Pascal Demolon) e Jean-Marie (Philippe Rebbot), num acampamento de trailers. Charles a acolhe em seu trailer e Lulu acaba se apegando a ele. Com Charles ela vai descobrir o prazer de viver novamente.
Uma noite, ao voltar para o trailer de Charles, ela vê que sua irmã Cécile (Marie Payen) e sua filha Morgane (Solène Rigot) estão a sua procura e ela foge para não ser encontrada.
Numa nova cidade ela conhece Marthe (Claude Gensac), uma senhora idosa da qual Lulu tenta roubar a bolsa, sem nenhum sucesso.

Lulu vai fazendo a sua viagem e tecendo a sua nova vida conhecendo pessoas especiais, mas nem todas boas, pois também conhece a dona de um café (Corinne Masiero) que passa a frequentar, que trata a funcionária Virginie (Nina Meurisse) como se fosse uma escrava.

Lulu Nua E Crua uma comédia francesa feminina e feminista

Porque assistir


O filme Lulu Nua E Crua tem um toque sutil de feminismo, mas não é um feminismo panfletário e em algumas cenas beira o non sense, o que dá um colorido delicioso ao enredo.

É um filme libertador para todas as mulheres, em especial para aquelas que se sentem oprimidas e esqueceram o prazer de viver.

Lulu Nua E Crua uma comédia francesa feminina e feminista

Preste atenção


O filme é cheio de simbolismos, mas você não precisa decifrá-los, eles só estão lá, se você conseguir vê-los, ótimo, se não os enxergar não vai perder o sabor desta comédia por isso.
Por exemplo, Charles, simboliza a libertação de Lulu, enquanto Serge, o marido são as algemas, mas a libertação também vai estar na oprimida Virginie em seu subemprego escravista.
A insegurança de Lulu é sensível já na primeira cena, e a solidão, a medida em que vai se libertando, é sua amiga e não inimiga, mas esta mesma solidão se faz presente na idosa Marthe, e é uma solidão dolorosa, pois é uma solidão de dependência devido ao declínio físico.

Falando assim dá a impressão que o filme é amargo, mas não é, é uma comédia e, na maior parte do tempo uma comédia bem leve.

Lulu Nua E Crua uma comédia francesa feminina e feminista

O Festival Varilux em casa tem filmes ótimos, além deste é claro, mas é preciso se cadastrar para poder assistir. Não é um cadastro suspeito, pois não pede nada além do seu e-mail e uma senha, sem CPF ou nada que comprometa. Aproveite, pois esta seleção gratuita de filme tem um tempo limitado.

Lulu Nua E Crua uma comédia francesa feminina e feminista


Para assistir Lulu Nua E Crua clique aqui


Compartilhe

Betty Gaeta

Gosto Disto foi criado por Betty Gaeta, publicitária, advogada e blogueira, de Bauru - SP, para falar de moda, beleza, comportamento, viagens, decoração, filmes e tudo o que se refira ao universo feminino.

12 comentários:

  1. Oi Betty, mais um que vai para a minha lista... assisti com meu marido "Um banho de vida", que você indicou aqui, e morremos de rir, muito bom mesmo... e já indiquei para várias amigas!!!
    Beijosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tanto aquele, como este filme, são sobre superação, e nós estamos precisando de filmes que melhorem o astral nestes tempos de corona.
      Beijos

      Excluir
  2. Adorei o post! Vou lá me cadastrar pra Assistir!
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Beleza! São tantos filmes nessa quarentena, que bom.
    Vou lá.
    blogjoturquezzamundial
    Beijpos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos aproveitar! E estes são de graça e de qualidade.
      Beijos

      Excluir
  4. Gostei da dica desse filme. Ainda não assisti.
    Big Beijos,
    Lulu on the sky

    ResponderExcluir
  5. Oi Betty, eu assisti a esse filme no Varilux em casa e adorei. Muito bom! Assisti "Um Amor Impossível" e também achei ótimo. Fiz um post sobre ele.
    Estou aproveitando muito os filmes que eles disponibilizaram. Acho que já assisti a todos que me interessavam, mas nessa semana vou dar mais uma verificada lá.
    beijos
    Chris


    Inventando com a Mamãe / Instagram  / Facebook / Pinterest


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou procurar. Estou adorando as suas indicações.
      Beijos

      Excluir
  6. Pense num lixo com X maiúsculo, não perca seu tempo....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Respeito sua posição, mas vc tem certeza que assitiu realmente a este filme?

      Excluir

Blogs que valem uma visita