Minha Obra Prima filme argentino com humor inteligente

 Minha Obra Prima filme argentino na Netflix

Quando assisti Minha Obra Prima, de 2018, do diretor Gastón Duprat, com roteiro de seu irmão Andrés Duprat, fiquei me perguntando a razão do Brasil não ter bons roteiristas como a Argentina. Os filmes argentinos não são filmes caros, mas sejam eles comédias, dramas, suspenses ou qualquer outro gênero, são filmes que valem a pena ver, pois os roteiros são bem elaborados, e isto acontece também com Minha Obra Prima, uma comédia inteligente, com um humor refinado.

Minha Obra Prima filme argentino na Netflix

Resenha

 

Arturo Silva (Guirllermo Francella) é marchand, dono de uma galeria de arte em Buenos Aires, e o seu principal artista é o pintor Renzo Nervi (Luis Brandoni), que também é seu amigo. Renzo fez muito sucesso nos anos 80, mas não consegue vender um único quadro há um bom tempo.

O temperamento de Renzo não ajuda em nada, pois ele é uma pessoa intratável, que não comparece na inauguração da própria exposição, não liga para o fato de que está para ser despejado da casa onde mora e tem uma namorada, Laura (Maria Soldi) que é sua aluna, a quem trata como um objeto.

Vivendo entre pinturas, vários cães e um gato, o futuro é negro para Renzo, mas ele parece não ligar para isso.

Um dia Renzo é atropelado e quando volta a si, está internado em uma clínica, paga pelo amigo Arturo, e com amnésia.

Conforme sua memória vai voltando, Renzo vai caindo em profunda depressão e tudo que deseja é morrer. É aí que Arturo começa a pensar em como lidar com aquela situação.

O filme Minha Obra Prima é cheio de reviravoltas e o final é inesperado.


Minha Obra Prima filme argentino na Netflix

Porque assistir

 

Minha Obra Prima tem um ótimo roteiro e em momento algum deixa de instigar, de criar expectativas.

Além do roteiro, as atuações de Guillermo Francella, Luis Brandoni e Raúl Arévalo (como fã de Renzo), são perfeitas.

O mundo das artes plásticas é mostrado com crueza, pois em um dia, alguém pode ser içado a ícone artístico do momento, sem que tenha nenhum valor artístico, para no dia seguinte ser esquecido. Ter talento parece ser o que menos importa.


Minha Obra Prima filme argentino na Netflix

Preste atenção

 

Se prepare para rir um bocado com o temperamento corrosivo de Renzo, mas a melhor cena fica por conta dos dois amigos, Arturo e Renzo, indo roubar um quadro de Renzo na casa de sua namorada Laura. A cena é tão bizarra que é impossível não rir com a mesma.

 

Curiosidade

 

Os quadros do filme atribuídos a Renzo Nervi, na verdade são do pintor argentino Carlos Gorriena, já falecido.


Minha Obra Prima filme argentino na Netflix

Cenários

 

Cada cenário e cada tomada de câmera foi trabalhada para que o filme todo se pareça com um quadro realista de uma galeria de arte ou museu.

As tomadas são muito boas e o cenário do final do filme, nas montanhas, é de uma beleza impar.


Minha Obra Prima filme argentino na Netflix

O filme Minha Obra Prima está disponível na Netflix, mas também dá para assistir online em outros lugares, basta pesquisar na internet.




Compartilhe

Betty Gaeta

Gosto Disto foi criado por Betty Gaeta, publicitária, advogada e blogueira, de Bauru - SP, para falar de moda, beleza, comportamento, viagens, decoração, filmes e tudo o que se refira ao universo feminino.

Um comentário:

  1. Jane Quintela de Carvalho27 de novembro de 2020 20:40

    Oi Betty... é verdade sobre os roteiros brasileiros, dá até raiva que um povo tão criativo não tenha roteiros bons que diferem de falar das favelas, nordeste e comédias de péssimo gosto.
    Assisti um filme argentino muito bom, eu que gosto de suspense amei "Desaparecida".
    Vou conferir esse filme aqui na minha convalescença de uma gripe horrível, rsrsrs
    Beijosss!!!

    ResponderExcluir

Blogs que valem uma visita